Na escritura citada podemos ver como o próprio Deus ficou, diante do comportamento ingrato de um povo que não lhe era estranho. Era um povo pelo qual Deus fazia grandes coisas como livramentos, provisões, cuidados e etc.

Que O Senhor Jesus abençoe a cada um!

Salmos 95:10

Durante quarenta anos fiquei irado contra aquela geração e disse: “Eles são um povo de coração ingrato; não reconheceram os meus caminhos”.

Somos todos sabedores de que a ingratidão é um dos sentimentos que mais causa decepção nas pessoas, afinal este sentimento não vem apenas por parte das pessoas que são estranhas ao nosso convívio. E é exatamente nesse ponto, quando a ingratidão vem através daqueles que estão próximos a nós, que a decepção se torna maior.

Na escritura citada podemos ver como o próprio Deus ficou, diante do comportamento ingrato de um povo que não lhe era estranho. Era um povo pelo qual Deus fazia grandes coisas como livramentos, provisões, cuidados e etc. E então este povo deixa de lado a tamanha obra de seu Deus e começa a reclamar e a se lembrar do pior momento de suas vidas (o tempo de escravidão), como se fosse um bom momento. E ISSO É ALGO TERRIVEL!

Números 11:4-6

“Um bando de estrangeiros que havia no meio deles encheu-se de gula, e até os próprios israelitas tornaram a queixar-se e diziam: “Ah, se tivéssemos carne para comer! Nós nos lembramos dos peixes que comíamos de graça no Egito, e também dos pepinos, das melancias, dos alhos-porós, das cebolas e dos alhos. Mas agora perdemos o apetite; nunca vemos nada, a não ser este maná!”

Na Mensagem Um Super Sinal o Profeta William Branham nos conta:

118. Poucos anos atrás, tinha uma certa moça que foi para a universidade, e, com muitas amigas suas ali, ela se tornou muito espertinha, dos velhos ensinamentos da sua terra que ela obteve da mãe num lar do interior. E certo dia ela decidiu, uns dois anos mais tarde, visitar a sua mãe outra vez. Ela lhe escreveu um telegrama e lhe disse que ela chegaria em tal e tal trem, para encontrar-se e lhe disse que ela chegaria em tal e tal trem, para encontrar-se com ela na estação. Contudo, ela trouxe outra coleguinha espertinha consigo. E ela havia se tornado uma espertinha, ela mesma. E ela trouxe outra consigo, era uma daquelas sofisticadas dos dias modernos, que sabem de tudo, uma adolescente que se julga a tal.

119. E quando ela chegou na estação, quando ela começou a sair do trem, ela olhou. E ali estava a sua mãe, fazendo tudo para enxergar, para ver onde a sua filha estava. E quando a menina que estava com ela, mãe… a viu com sua face toda cheia de cicatrizes, e suas mãos todas queimadas, e ela tinha uma aparência terrível, velha, e se via horrível. E a menina que estava com a pequena Maria, disse para ela: “Eu gostaria de saber quem é aquela velha coisa de aparência lamentável?”

120. E a menina estava com vergonha de sua mãe. Ela disse: “Eu não sei. Eu não sei quem é ela”.

121. E sua mãe, quando ela viu a sua filha, correu até ela e lançou seus braços ao redor dela, e começou a beija-la.

122. Ela a empurrou, disse: “Eu não lhe conheço. Você se enganou de pessoa”, porque ela não queria estar afiliada com tal pessoa que alguém riria e zombaria dela.

 123. Aconteceu de haver um homem, um condutor do trem, ali perto. Ele agarrou aquela mocinha pelo ombro. Ele disse: “Que vergonha, sua miserável! Eu lembro muito bem do que aconteceu”.

124. E as pessoas se reuniram para ouvir o que havia acontecido. Ele segurou a moça assim, e disse: “Esta mocinha, quando ela não tinha nem seis meses de idade, estava em seu bercinho nos quartos em cima. E sua preciosa mãe, era a mulher mais linda que eu já vi”, disse o velho condutor. Disse: “A casa pegou fogo enquanto sua mãe estendia roupas. E todos os vizinhos correram, gritando, eles tinham visto aquilo. A mãe não tinha notado aquilo. Foi no lado da varanda da casa. E as labaredas haviam tomado conta, e subiam para o ar”.

125. E disse: “Eles não puderam segurar aquela mãe fora de si. O seu bebê estava lá em cima!” E disse: “Todos gritaram: ‘Você não pode penetrar naquelas chamas!’ Mas ela agarrou o lençol que estava em sua mão, que estava pendurando, e era um lençol molhado. E ela o jogou ao redor de si, e através das chamas ela foi, e subiu as escadas, não pensando em seu próprio perigo. Então quando ela chegou ali, ela sabia que não podia enrolar o lençol em si mesma para voltar. Mas, para salvar a beleza da sua filha que a seguiria, ela enrolou o neném no lençol, e correu através das chamas, com sua face e mãos e braços descobertos. E aquilo queimou a carne do seu corpo, e contraiu o rosto até os ossos, e a desfigurou, queimou o seu cabelo, e o – o …tudo até chegar aos ossos de seus dedos”.

126. Disse: “Ela ficou feia, para que você pudesse ficar bonita. Ela foi privada da sua beleza, ela foi privada de tudo que ela tinha, para poder salvar você. E então você fica aí e se envergonha desta preciosa mãe?”

Veja, esta moça esqueceu-se de toda a sua história, por sentir vergonha do que a amiga poderia pensar. Há momentos em que devemos defender a nossa história, mesmo que a aparência dela não seja das mais belas para as pessoas. Porém, devemos lembrar que se chegamos até aqui foi devido ao que Deus fez por nós através de pessoas.

Então queridos irmãos e irmãs, nunca nos esqueçamos daquilo que alguém nos fez ao longo de nossas vidas; digo isso no natural, mas sobretudo, no espiritual.

Que nós não estejamos inseridos, no espírito, citado em 2º Timóteo 3 que opera e domina nessa hora final:

1. Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.

2. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,

3. Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,

4.Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,

5.Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

 

Que Deus nos ajude a abençoe a cada um!

Min. Adelson Santos

Min. Adelson Santos

No ano de 2003 foi chamado para integrar o corpo de diáconos o qual serviu com uma dedicação digna de ser mencionada, cumprindo com responsabilidade, disponibilidade e sempre com muita determinação para com o ministério que a ele foi outorgado até o dia 3 de janeiro de 2016; Quando foi convidado pelo pastor Wanderley Lemos, a fazer parte do corpo ministerial no qual de igual forma tem empenhado-se para contribuir com o crescimento da igreja; passando então a ministrar no Tabernáculo, nas congregações, auxiliando em visitas hospitalares e residenciais, realizando os batismos dos novos convertidos que o Senhor tem acrescentado a esta casa e recentemente passou a cuidar da congregação que está situada em São Sebastião da Barra, a 340 km de Belo Horizonte.


5 comentários

  • Avatar
    Wanderley vilaça

    08/09/2020 as 18:16

    Deus abençoe nosso querido irmão Adelson ,

    Comentar

  • Avatar
    Rosimeire do Carmo Cunha Santos

    09/09/2020 as 10:16

    Glória a Deus ..Deus abençoe ir.Adelson…que valorizemos tudo que Deus tem nos dado atravéz deste corpo ministerial… Sou grata a Deus por fazer parte desse ministério.Tenho orgulho deste ministério ….e quero spre lembra de todas as dores e privações que nosso amado Pastor passou e infrentou por amor a nós suas ovelhas 🙌🙌🙌🙌

    Comentar

  • Avatar
    Marisa de oliveira costa Melo

    10/09/2020 as 07:35

    Palavra maravilhosa.
    Que Deus nos ajuda a estar sempre meditando e colocando em prática tudo que temos aprendido.
    Deus continue abençoando o irmão Adelson , que tem se dedicado a nos trazer o alimento espiritual.
    Que Deus continue abençoando a todo ministério, temos sido agraciado com os ensinamentos. Obrigado a todos os irmãos.

    Comentar

  • Avatar
    Alessandra Policarpo

    11/09/2020 as 16:09

    Amém,Ministro Adelson. Eu nunca quero me encontrar nesta escrito 2°Timóteo capítulo 3. Deus nos livre. 👐👐👐

    Comentar

  • Avatar
    Lucas Sales

    29/09/2020 as 22:14

    Muito bom irmão Adelson. Li para meus filhos na hora de dormir. Foi uma benção.

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias