A Palavra De Deus: Uma Espada De Dois Fios | Assim Está Escrito

Muitas vezes estamos julgando nossos irmãos por seus erros, cometendo o erro de julgar sem olhar para os nossos próprios erros, que frequentemente são os mesmos cometidos por eles. Como esperamos ser perdoados por Deus agindo dessa forma? Não julguemos uns aos outros. Nosso papel aqui na terra é ser o Sangue e a Misericórdia e não juízes, pois a Escritura diz: “Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.” (I Coríntios 1:31-32).

Leitura Bíblica: Apocalipse 1:10-17; Hebreus 04:12; Apocalipse 19:11-16; Romanos 2: 1-16

Mensagens Citadas: Uma Exposição Das Sete Eras Da Igreja: A Visão de Patmos

Em Apocalipse 1:16 (“E ele tinha na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois fios; e o seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece.)”, em conexão com Hebreus 4:12 “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.”, nos mostra que nada pode ficar escondido de Deus. Ele sabe até o que pensamos e o que desejamos no íntimo de nosso ser.

A Palavra de Deus percorre toda a terra, está em todos os lugares e sabe sobre todas as coisas. A Palavra guia todas as coisas, por isso ninguém na terra não pode dizer algo, a não ser que Ela permita. Assim sendo, ao ouvirmos rumores de guerras nós devemos estar descansados e guardados na Palavra, pois nada pode suceder enquanto Ela não sair da boca do Senhor Jesus, é a Palavra que governa o mundo.

A Palavra do Senhor é a Sua arma. O Senhor Jesus Cristo não necessita ferir ou bater em alguém, Ele tem Sua Palavra. E hoje Ele tem colocado essa Palavra em nossas mãos, levando-nos a vencer nossas batalhas sem lutá-las, mas agindo apenas com sabedoria, assim como Salomão, discernindo a intenção dos corações de todos.

Na mensagem ‘A Visão de Patmos’, o profeta diz: “Ali está. Quando Ele vier, aquela Palavra virá contra toda nação e todos os homens; e nenhum poderá suster-se contra ela. Revelará o que há em cada coração como fez com Natanael. A Palavra de Deus mostrará quem fez a vontade de Deus e quem não a fez. Dará a conhecer as obras secretas de cada homem, e porque as fez. Separará. Por isso é que diz em Romanos 2:3: E tu, ó homem, que julgas os que fazem tais coisas, cuidas que, fazendo-as tu, escaparás ao juízo de Deus?” Deus sabe de todos os pensamentos dos corações, assim como soube que Sara riu em seu coração quando estava detrás d’Ele na tenda. Sendo assim, Ele sabe porque erramos e se temos a intenção correta nas obras que fazemos, pois, do contrário, nossas obras não serão levadas em consideração.

Tenhamos cuidado para que o que fazemos de errado não passe despercebido perante Deus. Sabemos que quando erramos nosso corpo transmite um sinal de alerta, ou seja, quando erramos ele nos denuncia. E se nosso corpo reage dessa forma, quanto mais a Palavra de Deus. Deus sabe até o porquê de tomarmos determinadas atitudes. Nós vemos as obras dos homens, mas Deus sabe o porquê e a intenção pela qual elas foram feitas. Por isso, sejamos sempre cristãos genuínos e autênticos, pois não haverá desculpas perante o trono de Deus.

Como está escrito em Romanos 2 (Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados.”), não haverá desculpas para ninguém naquele dia (julgamento), pois Deus nos tem dado a  oportunidade de arrepender, exigindo que nós mesmos avaliemos nossas vidas.

Muitas vezes estamos julgando nossos irmãos por seus erros, cometendo o erro de julgar sem olhar para os nossos próprios erros, que frequentemente são os mesmos cometidos por eles. Como esperamos ser perdoados por Deus agindo dessa forma? Não julguemos uns aos outros. Nosso papel aqui na terra é ser o Sangue e a Misericórdia e não juízes, pois a Escritura diz: “Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.” (I Coríntios 1:31-32).

 

Pr. Wanderley Vilaça

Pr. Wanderley Vilaça

Aos 21 anos se tornou líder dos jovens e também começou a pregar em praças públicas o que lhe trouxe muita experiência e amor por almas; posteriormente começou a prestar assistência às nossas congregações; em 2002 foi chamado pelo pastor Wanderley Lemos para integrar o corpo de ministros; no ano de 2011 foi consagrado a pastor; logo em seguida assumiu a igreja de Ouro Branco e desde então a vice-presidência do Tabernáculo Belo Horizonte.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias