A Visão de Patmos

Deus sempre usou um homem da Era para ser o mensageiro para aquela Era, por isso há Sete Eras e sete mensageiros. E um dos objetivos do mensageiro da Era, era fazer com que a igreja se personalizasse em João, em suas características originais. João estava aprisionado em Patmos, porém, satanás não sabia/sabe que Patmos é o lugar que o crente mais serve a Deus. João foi preso por sustentar a Verdade absoluta. E assim como João, quando nós virmos a Verdade nós iremos adquirir o Amor Divino.

Leitura Bíblica: João 21:21-24
Ao lermos São João capítulo 21, a partir do verso 21 vemos que dentre os doze discípulos, relevantemente, João foi o discípulo mais importante; foi ele quem revelou o Amor Divino. Os outros discípulos falaram sobre o Amor Divino, mas João O viu e viveu.

Quando esteve em Patmos, João viu tudo (o arrebatamento, a apostasia, o falso profeta, a vinda do Senhor e o que sucederia desde a fundação do mundo até o Juízo final) o que iria acontecer através do livro de Apocalipse. Com isso ele poderia se vangloriar por ser o maior e ter visto o que os demais não viram. Porém, quando ele saiu de Patmos e subiu ao púlpito pela primeira vez sua mensagem foi: “Amai-vos uns aos outros”. Assim, a igreja verdadeira foi/é inundada pelo amor de Deus.

Deus sempre usou um homem da Era para ser o mensageiro para aquela Era, por isso há Sete Eras e sete mensageiros. E um dos objetivos do mensageiro da Era, era fazer com que a igreja se personalizasse em João, em suas características originais. João estava aprisionado em Patmos, porém, satanás não sabia/sabe que Patmos é o lugar que o crente mais serve a Deus. João foi preso por sustentar a Verdade absoluta. E assim como João, quando nós virmos a Verdade nós iremos adquirir o Amor Divino.

Em Apocalipse 5:2, podemos ver que nem mesmo os personagens bíblicos como Abraão (pai da fé) e Paulo eram dignos de abrir o Livro, pois eles tinham dignidade humana (nascimento por via sexual). Porém, Deus exigiu alguém que tivesse nascido de forma sobrenatural. Ao tomarmos Abraão (um tipo da igreja) como exemplo, iremos ver que quando Abraão foi sacrificar Isaque, o Anjo segurou sua mão para impedir que o menino fosse sacrificado, pois ele não era digno. Isaque havia nascido por via sexual. Assim Deus proveu um cordeiro. E com isso, Deus estava querendo mostrar para Abraão que quem deveria morrer não era um homem qualquer, mas sim, um digno.

Nos primeiros anos de João em Patmos, de maneira histórica ele conseguiu ver todas as Eras: “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”. João ouviu apenas uma Voz, e não duas. De igual forma a igreja ouviu apenas uma Voz. E essa mesma Voz manifestou-se para a igreja em
todas as vezes. Vemos que quando João ouviu a Voz ele não foi arrebatado em corpo físico, mas em espírito. E através disso Deus nos mostrou que conosco, a igreja, será da mesma maneira: iremos ser arrebatados e não passaremos pela grande tribulação.

Pr. Wanderley Lemos

Pr. Wanderley Lemos

Um ministério aprovado e vindicado por Deus. Está na presidência do Ministério Assim Está Escrito, trazendo com todo temor e tremor à totalidade da Palavra Aberta. Dando segurança e tranquilidade ao seu povo para que digam: “Nisto nós estamos confiados!”


Um comentário

  • Avatar
    Tonyanna Rose

    31/10/2019 as 10:59

    Culto Sobrenatural onde Deus claramente têm falado aos seus filhos a PALAVRA EM SUA ESSÊNCIA. Graças a Deus por isto!

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias