Abrindo O Livro E Revelando O Mistério Que Envolve As Nossas Vidas | Assim Está Escrito

Precisamos vencer os temores para alcançarmos nossos êxitos. No dia em que a Noiva souber quem Ela é, Ela se torna um exército invencível; começa a marchar de maneira diferente, com uma postura real. É como aquele exemplo do escravo que na verdade era filho de um rei. Mesmo estando fora de sua terra, ele se portava como um filho de rei, como se estivesse em sua própria terra. Assim é a Igreja quando entende quem Ela é, quando compreende de onde veio e para onde vai. Ela não pertence a nenhuma igreja, Ela simplesmente é a Igreja.

Leitura Bíblica: São Lucas 4:16

Lendo o livro de São Lucas, no capítulo 4, verso 16, vemos que após ler o pergaminho, O Senhor Jesus Cristo o devolveu ao ministro daquela sinagoga. Como aquela era uma Escritura da hora, isso atraiu olhares, pois o povo queria entender mais acerca do que Ele havia acabado de ler. Isto porque, Ele não apenas leu, como também começou a explicar, a dizer sobre Sua vida (Ministério). Como todos ali conheciam o que realmente era a referência do Messias, eles se assustaram por ter ouvido de uma pessoa que, de um ponto de vista comum, era filho de José, o carpinteiro, e Maria. Mas ali, naquele momento, se cumpria a Escritura para aquela hora.

O Livro testificava de Cristo, assim como os discípulos testificavam de Seus feitos, com Ele mesmo, no caminho de Emaús. Em determinado momento Ele apareceu e interrogou os caminhantes. Ele começou a dar algumas “aulas” a eles, no caminho, e eles descobriram quem Ele era quando seus olhos foram abertos. Jesus só pôde fazer tudo aquilo que fez, porque Ele teve a Revelação clara de quem Ele era.

Moisés era um homem inconstante. Após tirar a vida de um egípcio, fugiu apressadamente para o deserto. Mas ele já entendia que seu nascimento era diferente. Moisés sabia que o que ocorrera consigo não era em vão. Entretanto, ele agia com medo. Mas, um dia ele se encontrou com a Sarça ardente e, ali, tudo mudou.

Moisés só entendeu o propósito de tudo aquilo ter acontecido em sua vida, a partir de seu encontro com Deus. Tudo mudou para ele após esse encontro. Deus desatou cada selo que envolvia sua vida e com mais de oitenta anos de idade, sem condição de andar firme, com apenas um pedaço de pau em sua mão, ali estava um homem invadindo a maior nação do mundo.

Com isso, entendemos que muitas coisas não são manifestas nas nossas vidas por causa do medo. Diante de desafios ouvimos duas vozes, uma de posição, outra de dúvidas. E muitas vezes nos encontramos não desacreditando de Deus, mas questionando se é conosco aquela determinada experiência, o que dificulta nossa fé, ou a eficácia dela.

Precisamos vencer os temores para alcançarmos nossos êxitos. No dia em que a Noiva souber quem Ela é, Ela se torna um exército invencível; começa a marchar de maneira diferente, com uma postura real. É como aquele exemplo do escravo que na verdade era filho de um rei. Mesmo estando fora de sua terra, ele se portava como um filho de rei, como se estivesse em sua própria terra. Assim é a Igreja quando entende quem Ela é, quando compreende de onde veio e para onde vai. Ela não pertence a nenhuma igreja, Ela simplesmente é a Igreja.

Não é suficiente apenas saber quem é Jesus Cristo, também é necessário saber quem somos. Por isso o Livro precisava ser aberto, para mostrar quem é o Senhor Jesus, e nos mostrar quem somos.

Quando João viu o Livro aberto e viu seu nome, tudo foi diferente! Quando o Livro se abre e conhecemos a nossa história, não há demônios suficientes para nos tirar de nosso lugar, de nossa posição. Sendo assim, ‘mil podem cair ao nosso lado e dez mil à nossa direita, mas não seremos atingidos.’

Sabe aquelas pessoas que não possuem conhecimento de onde vieram e para onde irão? São aquelas que não possuem nenhuma ligação com o Céu. Um cristão possui um lastro, sabe de sua história. O Livro foi aberto para isso!

O apóstolo São Paulo sabia de sua história e, portanto, mesmo diante das adversidades escrevia cartas expondo sua posição, carregando em seu corpo o resto das aflições de Cristo. Ele entendia. Quando compreendemos o que se passa conosco, nós não nos preocupamos com o que acontece ao nosso redor; sabemos quem somos!

A cada dia que passa o certo e o errado ficam cada vez mais parecidos, mas o que diferencia é o local onde se está, a atmosfera em que se vive. A mulher samaritana ouviu as mesmas palavras que os fariseus ouviram. Ela teve um impacto, os fariseu tiveram outro.

A Revelação tira o medo, as dúvidas e nos posiciona. Ela nos permite saber de onde pertencemos.

Pr. Samuel Alves

Pr. Samuel Alves


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias