O Tempo Da Soltura Dos Três Espíritos Imundos

As Trombetas e as Taças são o juízo de Deus sobre aqueles que rejeitaram a Graça em seu tempo. Portanto, as trombetas estão ligadas as Taças. Mas, não compreendendo isso muitos ao obterem esse conhecimento podem questionar: "Se ambas são correspondentes, por que são citadas separadamente?"

Tema: O Tempo Da Soltura Dos Três Espíritos Imundos
Leitura Bíblica: Apocalipse 9:13-16 e Apocalipse 16:12-16
Mensagens Citadas: O Deus Desta Era Maligna; Os Ungidos Dos Últimos Dias; Desesperos; O Arrebatamento

Ao caminharmos pela Palavra iremos ver, que em muitas escrituras a Bíblia relata em detalhes a obra de satanás e de seus feitos, como vemos descrito em Apocalipse, capítulo 18, falando acerca da grande Babilônia. E como cristãos devemos ter a consciência de que Deus não está nos mostrando isso apenas para relatar o que satanás fez/faz com seus intentos e propósitos, que foram carregados por ele em seu coração como bagagem desde que a Bíblia descreveu que achou-se maldade em seu coração. Mas para também nos mostrar que ele sempre quis alcançar seu objetivo: ser adorado e de ter seu próprio reino.

Em Apocalipse 9:13-16, diz que entre a sexta e a sétima Trombeta foram soltos quatro anjos, que seguiram acompanhados por duzentos milhões demônios, que a Bíblia especifica como sendo gafanhotos. Esses demônios receberam permissão para atuar neste tempo. Quando o inferno foi aberto eles saíram para possuir as mentes das pessoas que se encontram no mundo natural, político e religioso.

Ao analisarmos a escritura de Apocalipse 16:12-16, veremos que, a Palavra de Deus afirma que entre a sexta e a sétima Taça saíram três espíritos imundos de rãs. Se notarmos iremos ver que em ambas as escrituras (Apocalipse 9:13-16 e Apocalipse 16:12-16) acontecem as mesmas coisas, porém, uma escritura fala de uma ótica política, apontando para as trombetas que são seguidas por guerras e distúrbios; e a outra aponta para as Taças, que aborda um prisma do mundo religioso, fazendo referência a espíritos de engano que fazem muitos prodígios. Quando compreendemos isso, fica explícito que satanás uniu as forças da besta da terra e besta do mar para unir-se aos poderes político e religioso, ungido com uma unção demoníaca do mais profundo do inferno, para cumprir seu intento de estabelecer seu Éden na terra. E seu intento tem sido alcançado, pois hoje, ele é chamado de o deus desta era maligna.

Na mensagem ‘Os Ungidos dos Últimos Dias’, no parágrafo 238, o profeta William Branham diz que os três espíritos de rãs são uma trindade. E por serem tipificados como rãs, possuem uma péssima característica: sempre caminhar olhando para trás, para sua origem. Não seria esse um tipo perfeito da igreja romana atual, que caminha olhando para a sua origem no Concílio de Nicéia, a Roma antiga? Com certeza! Ela está tipificando a trindade de satanás, que teve sua origem expressamente declarada em Roma, no Concílio de Nicéia. E em outras citações o profeta diz que, os espíritos de rãs que saíram da boca do falso profeta não surpreenderam a Deus ao se manifestarem; pois, por mais que eles tenham sido soltos para reunir um povo para ser congregado no Armagedom, Deus desceu com alarido: uma mensagem que saiu para reunir um povo em Sua própria Palavra.

As Trombetas e as Taças são o juízo de Deus sobre aqueles que rejeitaram a Graça em seu tempo. Portanto, as trombetas estão ligadas as Taças. Mas, não compreendendo isso muitos ao obterem esse conhecimento podem questionar: “Se ambas são correspondentes, por que são citadas separadamente?” Porque a Palavra explica que as Trombetas atingem apenas a terça parte da terra, dos homens e do mar. Já as Taças são esses mesmos julgamentos em forma de plenitude, que será plenamente manifestado quando os que receberam a Mensagem da Hora tiverem saído da terra.

Ao ouvirem falar acerca do juízo muitos pensam que Deus é injusto de derramar as Taças sobre a terra, porém, Deus não leva o homem ao julgamento sem antes adverti-lo. É por isso que Deus adverte a cada homem e cada mulher, dando-lhes a oportunidade de conhecer a Verdade. E essa oportunidade é manifestada através de Seu único Plano que é manifestar Sua Palavra em cada tempo. E quando recebemos Sua Palavra em seu tempo obtemos Graça e Redenção. Mas quando A rejeitamos uma intensa expectação do juízo cai sobre nós.

Nos dias em que estamos vivendo, as pessoas têm rejeitado receber a Palavra em Seu tempo de graça, e isso faz com que satanás tenha liberdade para estabelecer seu reino em suas vidas, a tal ponto que chegará o momento em que ele descerá como pedra de coroa para coroá-las. Pessoas que são consideradas até como boas pessoas, mas, que por rejeitarem a Verdade foram cegadas pelo engano de satanás. E sendo assim, no juízo tais pessoas não serão julgadas por suas obras, mas sim, por terem rejeitado a Verdade após ouvi-La.

A Bíblia diz que, nos dias de Noé a maldade crescia continuamente no coração dos homens a tal ponto que Deus precisou vir e sondar seus corações. Porém, quando sondou o coração de Noé não encontrou nada. De igual forma acontece conosco. Em meio a tantas pessoas maldosas Deus sondou nossos corações e nos encontrou sendo sinceros e reconhecendo Sua Palavra.

Portanto, é necessário que tenhamos muito cuidado, pois, mesmo que estejamos recebendo a Palavra, satanás está trabalhando arduamente para nos enganar. Enquanto Deus está liberando a verdade para Seu povo, satanás está liberando um espírito imundo de rã, que tem como objetivo estudar todas as maneiras para nos derrubar com a Palavra. Todavia, é impossível satanás enganar Seus escolhidos. Graças a Deus por isso!

Pr. Samuel Roldão

Pr. Samuel Roldão


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias