Novo Nascimento: Retiro da Mocidade AEE

Menu

Culto Online Web Rádio

Novo Nascimento: Retiro da Mocidade AEE


Dias e mais dias de incansáveis e árduos trabalhos. Noites sem dormir. Finais de semana sem nenhum tempo livre. Uma imensa e constante preocupação. Será que vai dar tudo certo?! Essa foi a rotina que precedeu a ida da Mocidade AEE para o Sítio Canaã; onde aconteceria nosso Retiro de Consagração.

Mesmo nas primeiras horas que antecediam nossa saída para o sítio já sabíamos que Deus tinha para nós uma grande benção, pois a saída foi difícil. Aconteceram vários imprevistos e nossa partida que devia ter acontecido às 17h foi adiada para 20h, quando quatro ônibus saíram do Tabernáculo Belo Horizonte com destino à Ravena. Chegamos sem problemas e sem acidentes, sem trânsito pela estrada, com um único incidente de desvio de um ônibus que saíra da cidade de Ouro Branco. Porém, pouco importavam as circunstâncias, pois após uma oração de consagração e um belo lanche, e não mais que meia noite, todos já estavam acomodados e se preparando para dormir; pois o dia seguinte, sábado, seria um dia repleto de atividades e dinâmicas.

No sábado, dia 14, todos já em pé às 6h da manhã, tivemos um culto doméstico no qual foi abordado um pouco do tema do encontro: Novo Nascimento. O irmão Efraim trouxe a Palavra e nos explicou um pouco sobre as três etapas do Novo Nascimento. Depois do culto e do café da manhã, começaram as atividades. Os organizadores do retiro juntamente com o líder da mocidade preparam uma surpresa: seria feita uma dinâmica, cujo nome era “Sejamos Um”. Nessa atividade, nossa principal missão seria ganhar palavras, que mais tarde formariam uma frase.

A maneira para ganhar palavras foi dividindo a mocidade em 4 grupos que, primeiramente procurariam pergaminhos escondidos em todo o sítio! Desde o portão até a última cerca nos limites da propriedade estavam escondidos ao todo 20 pergaminhos que continham perguntas que, após serem respondidas, cada uma dava ao grupo uma palavra. Depois do almoço, na segunda parte da dinâmica, juntamos todas as palavras ganhadas, formando a frase quase toda proposta, pois, faltava apenas mais uma palavra para tê-la completa. Porém, ela só seria revelada se houvesse uma força tarefa de toda a mocidade: teríamos que evangelizar pessoas se quiséssemos conseguir aquela última palavra!

Novamente fomos divididos em grupos que tiveram que evangelizar três tipos diferentes de personagens, encenados pelos organizadores do trabalho. Esses personagens foram:
1- Mike: Um mundano viciado nos prazeres terrestres, que pensava que não existia mais saída para sua vida imersa em pecado.
2- Aristóteles: Um renomado professor de universidade que acreditava que o mundo fora criado através do Big Bang e teorias científicas.
3- Rufino: Um denominacional que mudava constantemente de igreja e se dizia crente em toda a Palavra de Deus.

Essa parte da dinâmica provou que no evangelismo das almas, precisa-se ter não somente um bom conhecimento da Palavra, mas também; amor, perdão, sabedoria, e principalmente sobriedade para saber se manter firme em sua posição e não perder o controle por achar certas coisas cômicas, outras desesperadoras, tristes, ou considerar certas causas perdidas. Após converter esses 3 personagens a mocidade ganhou sua última palavra, que juntamente com as outras formaram a seguinte frase:

“Somos os jovens Messias predestinados para viver na Última Hora, enfrentando 200 milhões de demônios, somos embaixadores da eternidade. Tememos a Deus e não o mal pois fomos revestidos de toda a armadura do Rei. Nossas almas estão blindadas e nada pode nos atingir.”


Na noite de sábado, o pastor Wanderley Vilaça trouxe uma palavra baseada na escritura de II Reis 13: 14. Quando Eliseu, o profeta do Senhor estava perto de morrer, Joás – Rei de Israel vai até ele e diz a seguinte frase: “Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros!”

Com essa frase Joás estava honrando o profeta, dizendo que ele valia muito mais do que todo o exército de Israel. Por causa desse posicionamento Eliseu lhe ensinou a atirar flechas, e ordenou que ele ferisse a terra (que mais tarde significaria que ele exterminaria os Sírios da face da terra), porém, a falta de ânimo do rei, que feriu a terra 3 vezes, deu-lhe a oportunidade de vencer os sírios somente por 3 vezes. Se tratando dos nossos dias, nos indagamos se nós, como filhos e filhas de Deus, temos reconhecido e honrado a Deus através das pessoas que Ele coloca em nossas vidas, ou, temos sido descuidados, tratando nossos irmãos com indiferença e com descaso? Muitas vezes quando conseguimos certos privilégios da parte de Deus, não temos a persistência o suficiente para “atirar muitas flechas” em nosso objetivo. Ou seja, nos desviamos e nos desanimamos facilmente daquilo que Deus nos daria se fôssemos mais fortes em nossas posições e contínuos na oração. O Novo Nascimento só será confirmado em nossas vidas quando deixarmos nossa natureza humana morrer.

Depois do maravilhoso tempo que tivemos durante o culto só nos restou dormir com a seguinte reflexão: Tenho eu honrado a Deus suficientemente para merecer dele algum privilégio?

No domingo pela manhã acordamos em jejum e tivemos uma palestra. As moças ouviram o pastor Wanderley Vilaça e os rapazes ouviram o pastor Samuel Alves. Os assuntos tratados nessas reuniões foram em sua maioria esclarecimento de dúvidas e situações vivenciadas pelos jovens no dia a dia. Depois de entregar nosso jejum, tivemos um almoço maravilhoso, que foi feito com muito amor e dedicação de nossas queridas irmãs voluntárias que estão sempre nos ajudando. Depois disso partimos de volta para a igreja de BH, rumo a uma Santa Ceia precedida de muita consagração e envolvimento espiritual.

Cremos que a alegria exposta na face de cada um que esteve presente no sítio era mais expressiva do que qualquer palavra que pudéssemos escrever! Mesmo assim, deixamos aqui, nosso reconhecimento e alegria a todos quantos tornaram este companheirismo possível e agradável.

Primeiramente a Deus, pois é sempre Ele que nos concede a oportunidade de nos reunirmos com a certeza de que Ele está em nosso meio. Também deixamos nossos agradecimentos ao Efraim e Luíz, que trabalharam incansavelmente para que tudo desse certo e fosse o melhor retiro que já tivemos. Agradecemos aos pastores Wanderley Vilaça e Samuel Alves, por terem desprendido tempo para estar em companheirismo conosco, trazendo a Palavra de forma grandiosa. Também às nossas irmãs da cozinha que estão sempre nos apoiando e preparando para nós maravilhosas refeições, e, finalmente a toda equipe de organizadores que se esforçaram para que pudéssemos ter atividades tão edificantes.

Novo nascimento, retirados ao canto longe da civilização estávamos, jovens amados dos Senhor Jesus e sustentados por Sua graça.


Meu relato sobre o retiro é que por mais que se escreva em palavras nunca conseguiremos descrever o que Deus fez por nós ali, momentos sobrenaturais, mas que de uma forma sóbria nos levou a um grande crescimento espiritual, chegamos de uma forma mas saímos diferentes e convictos de que Deus nos ama, pois Ele diz na Bíblia “Eu corrigi a todos quanto amo”, fomos corrigidos pela Palavra e instruídos de como devemos andar, minha gratidão a Deus pelo Seu grande amor e a todos que dispuseram do seu tempo para estar ali naquele lugar com um só objetivo: ouvir de Deus. Que cada jovem possa remoer e aplicar o que foi nos falado. Deus abençoe cada jovem.

Efraim Moreira 


Por vezes passam-se os dias e às horas e nós não encontramos tempo e oportunidades, ou mesmo não nos lembramos de agradecer por toda dedicação, porém, aproveitamos esse texto para dizer: Obrigado por tudo! Certamente Deus abençoará e recompensará a cada um que se fez voluntário para essa obra, multiplicando o tempo, as forças e a saúde de cada um. Estamos muito felizes por ser parte dessa maravilhosa família!

”Não tente ter nenhuma sensação ou nada para tirar o lugar do Espírito Santo. Quando o novo nascimento chega, você é mudado. Você não precisa fazer nada para provar isto, a sua vida prova isto. Como seus passos, seu amor, paz, benignidade, bondade, mansidão, paciência, é isto que você é. E o mundo inteiro vê o reflexo de Jesus Cristo em você”.
HEBREUS, CAPÍTULO 5 E 6 – 1ª PARTE, P. 138

REDAÇÃO ASSIM ESTÁ ESCRITO

Fotos aqui

  • Leonardo Paixao

    Deus esteja sempre cuidando desta mocidade que tem se desprendido de tudo por amor À Palavra.

  • Jônatas Elias

    É verdade! Sobrenatural, foi um grande momento de companheirismo em torno da Palavra.
    Agradeço a Deus pela vida de cada um nesta Mocidade Gloriosa! 😀