De Quem é A Responsabilidade Da Sua Vida? | Assim Está Escrito

"Os acontecimentos que nos sobrevém são exatamente para nos embaraçar, nos causar dificuldades, mas vamos usar as adversidades para nos fortalecer {...]".

Olá, que Deus abençoe a cada um de vocês!

Desde o tempo em que somos concebidos no ventre de nossas mães, dependemos de cuidados, passando pela fase lactante, infância… e mesmo na adolescência ainda dependemos de muitos cuidados, porém, chega um tempo em nossas vidas que precisamos compreender que nós somos responsáveis pelas nossas próprias ações e decisões, e é sobre esse entendimento que quero tratar hoje em nossa meditação.

Em muitas oportunidades vemos pessoas reclamando e dizendo: “Ah!, eu desanimei de ir à igreja porque as pessoas não tem amor, não ajudam a gente em nada.”. E de certo modo essa pessoa tem razão no que está dizendo, realmente devemos ter amor uns pelos outros. Mas analisemos um ponto: quem é responsável por suas ações? Quem terá que dar conta de suas próprias palavras? É você mesmo ou outra pessoa qualquer? -Responda a si mesmo!

Analisemos a escritura de São Mateus 12:33 ao 37:

33 Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore.

34 Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.

35 O homem bom tira boas coisas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más.

36 Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.

37 Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado”

Ora, se nós somos responsáveis por nossas próprias palavras, por nossas próprias ações, pois daremos conta delas, então não devemos nos importar com o que as pessoas falem ou façam conosco, mas devemos sim, caminhar olhando para o nosso alvo como o Apóstolo Paulo diz em Hebreus 12:1 ao 4. 

1 Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,

2 Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.

3 Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.

4 Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado.”

Os acontecimentos que nos sobrevém são exatamente para nos embaraçar, nos causar dificuldades, mas vamos usar as adversidades para nos fortalecer e entender que já não somos mais meninos na fé, que não precisamos de cuidados especiais, que temos sido fortalecidos pelo alimento espiritual que recebemos e como o profeta William Branham fala na mensagem ‘Poder de Transformação’, parágrafos 115 e 117.

“115 Assim é hoje com nossos cristãos. Temos tantos que temos de bajular, de suplicar-lhes, dar-lhes cargos, fazer deles diáconos na igreja, dar-lhes palmadinhas no ombro, e coloca-los em alguma posição de destaque na igreja. Oh, se não se faz, ora, ele não – ele não vem, se não se deixa este fazer isto, e este fazer aquilo. Isto é mimar.

116 Poderia você imaginar cristãos genuínos sendo isso assim? Eles eram resistentes. Eles eram robustos. Poderia você imaginar São Paulo sendo esse tipo de cristão, poderia você imaginar São Pedro: “Sendo agora – agora, se não me tornarem superintendente geral, bem, não sei, talvez me uma a tal e tal”? Eles eram homens resistentes. Eles eram homens de fé. Eles viviam com Deus. Eles caminhavam com Deus. Eles eram homens de poucas palavras. Eles serviam a Deus, dia e noite, constantemente. Não se tinha de pulverizá-los e mima-los, e oferecer-lhes isto, aquilo, ou aquilo mais. Eles eram homens, rudes! Eles eram sementes genuínas, não híbridas em denominações.

117 “Se vocês, metodistas, não me tratarem direito, irei aos batistas. Se os batistas não me tratarem direito, irei aos pentecostais. Se eles não me tratarem direito, retornarei aos católicos, ou o que mais seja”. Veja, eles, são híbridos, tem de mantê-los pulverizados: “Sim, Doutor Reverendo irmão Fulano-de-Tal”. Isso não é cristianismo.”

Meus preciosos irmãos e irmãs, não nos desfaleçamos devido às adversidades, perseguições ou críticas, mas sejamos maduros para caminharmos mesmo que seja “só” com Jesus Cristo. Que tu sejas fortalecido e enriquecido com a força que a Palavra nos traz. Shalom!

Min. Adelson Santos

Min. Adelson Santos

No ano de 2003 foi chamado para integrar o corpo de diáconos o qual serviu com uma dedicação digna de ser mencionada, cumprindo com responsabilidade, disponibilidade e sempre com muita determinação para com o ministério que a ele foi outorgado até o dia 3 de janeiro de 2016; Quando foi convidado pelo pastor Wanderley Lemos, a fazer parte do corpo ministerial no qual de igual forma tem empenhado-se para contribuir com o crescimento da igreja; passando então a ministrar no Tabernáculo, nas congregações, auxiliando em visitas hospitalares e residenciais, realizando os batismos dos novos convertidos que o Senhor tem acrescentado a esta casa e recentemente passou a cuidar da congregação que está situada em São Sebastião da Barra, a 340 km de Belo Horizonte.


4 comentários

  • Avatar
    Luciano Vieira Silva

    09/03/2021 as 10:23

    Amem graças a Deus.

    Comentar

  • Avatar
    Eliane Alves

    09/03/2021 as 10:47

    Amém! Que Deus me fortaleça. 🙌

    Comentar

  • Avatar
    Raquel Aline

    11/03/2021 as 13:34

    Muito edificante.

    Comentar

  • Avatar
    Marisa de oliveira costa Melo

    16/03/2021 as 16:15

    Amém! Graças a Deus.
    Bom alimento para nós.
    Obrigado, irmão Adelson, por essa pérola.
    Que Deus continue abençoando o irmão e família.

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657