Deus Mandou Eu Te Chamar, Vem! | Assim Está Escrito

Atentemo-nos, existem cultos e mensagens rejeitadas que nunca mais poderão ser ouvidas novamente. Portanto, rejeitar o Espírito Santo é receber a marca da besta. O Espírito Santo não é para nos fazer melhores cidadãos apenas, Ele permite isso, mas foi enviado, principalmente, para nos elevar daqui. Ele nos transformará antes de sairmos daqui.

Leitura Bíblica: São Lucas 14:15-24
Mensagem Citada: É Sua Vida Digna do Evangelho?

O profeta William Branham faz uso da Escritura de São Lucas 14:15-24 para pregar a mensagem ‘É Sua Vida Digna do Evangelho?’. E tomando o título dessa mensagem podemos também tirar alguns minutos do nosso tempo para fazer-nos essa mesma pergunta: “É minha vida digna do Evangelho?”. Já paramos para pensar sobre quantos habitantes há no mundo? Se sim, ou não, saibamos que em meio a todo esse povo nós fomos escolhidos.

Há muitas mensagens e o Evangelho está sendo pregado com bastantes benefícios. Porém, além de alcançar benefícios, há um Grande Casamento, onde não seremos os convidados, mas a Noiva.

Em Lucas 14:15-24, o profeta William Branham nos mostra que há três puxadas. Tratando-se da primeira puxada, vemos que ela é o convite sendo feito aos mais próximos (amigos) para a grande ceia. E essas mesmas pessoas que foram convidadas começaram a se escusar do convite. Olhando para esse quadro, podemos tomá-lo como exemplo e ficarmos atentos para o que utilizamos como desculpas e justificativas para não aceitarmos o convite de Deus; pois muitas vezes temos motivos que podem até mesmo ser verdadeiros. E ainda há situações que chamamos tais motivos de ‘bênçãos de Deus’, porém, eles nos tiram de Sua presença.

Lendo essa passagem, percebemos que as pessoas que foram convidadas já sabiam do convite e podemos dizer que, no momento, até confirmaram o compromisso. Porém, entre o dia do compromisso até o dia da festa surgiu uma ‘bênção’. Não algo errado, mas surgiu um benefício. E através disso, podemos ver quantas ações as pessoas fazem para não estarem na presença de Deus.

Cada mensagem que ouvimos é um convite, estamos sendo convidados continuamente. E para todos os convites de Deus há resultados, assim como para toda vez que recusamos há uma consequência. Compreendamos que quando recusamos um convite de Deus, por exemplo, Deus não nos amaldiçoa, mas a maldição já é o próprio resultado da nossa recusa. Portanto, muitas vezes, rejeitar a Palavra já traz um mal resultado. Sendo assim, sabíamos que um ‘alerta’ é um grande benefício quando ouvimos a orientação do Pai.

Quando pensarmos que o pecado está a caminho, preparemo-nos! Muitas vezes, “morremos” por não nos defender antecipadamente. Um exemplo que podemos tomar é o dos pais: eles não obrigam e nem brigam com os filhos quando vão orientá-los, apenas dizem o que devem fazer, e, se eles não ouvirem os pais, as consequências vêm. De igual forma, quando não damos ouvidos à Palavra, Deus não faz nada além de permitir que ocorram situações consequentes de um ‘alerta’ não acatado.

Quantos de nós viemos enfermos ao culto? Há momentos em que o convite de Deus é para nos trazer a cura daquela enfermidade. Por mais que alguém não tenha interesse pelo Reino de Deus e é convidado para um culto de cura e é curado, muitas vezes, há uma mudança de vida. A Escritura diz: “…força-os a entrar…”. Assim, o propósito da cura é convidar para algo maior!

A igreja não pode parar de pregar o Evangelho. Vemos que o mundo não apenas dá seu alimento terreal como também força as pessoas a iniquidade. E a igreja, está recuando? Qual foi o último visitante que nós trouxemos? Vamos trazer alguém, mesmo que seja doente. Que os forcemo-los a entrar no Reino de Deus. A Palavra nos orienta a pregar o Evangelho a toda criatura! Pois, se o último eleito estivesse aqui já teríamos ido embora.

Quantas não são às vezes em que os pregadores gritam contra o diabo que está forçando as ações do mundo entrar em nossas casas? Saibamos que Satanás está trabalhando continuamente para segurar as pessoas.

O profeta irmão Branham diz que foram as escusas/rejeição da Palavra que mataram os profetas. Às vezes, nós também rejeitamos um conselho ministerial por achar que são intromissões em nossas vidas. No entanto, essa ajuda é um convite de Deus para a Festa, e mesmo assim, desprezamos suas palavras. Saibamos que os servos que nos convidam para a grande Festa são os pregadores.

Vemos pessoas que passaram a ouvir influências externas à Palavra e ficaram atolados em problemas por terem recusado a ‘intromissão’ enviada por Deus. E não receberam os dons que lhes foram enviados e isto lhes “matou” e está “matando”, impedindo-os de ir à verdadeira Festa. E muitas vezes, as homenagens feitas aos pastores são sepulcros polidos, pois as pessoas fazem homenagens e “matam” suas mensagens não dando ouvidos a elas, e ainda oferecem desculpas usando a própria Palavra para não obedecer. Compreendamos que os pregadores não precisam de homenagens e sepulcros enfeitados.

Em cada culto um convite é feito para nos aproximarmos mais de Deus; está tudo preparado! Deus tem enviado mensageiros para nos guiar pelas mãos. E eles estão nos orientando a seguir o caminho correto, evitando que tropecemos em Seu caminho até chegarmos do Outro Lado.

O convite foi feito para os amigos e eles rejeitaram. Então Deus enviou seus servos para buscar os pobres, aleijados, cegos, ruins… E aplicando isso hoje, sabemos que nós somos tais pessoas. Em nosso meio havia pessoas de má fama, desprezíveis, insociáveis, mas um dia alguém se aproximou delas e deram a elas a oportunidade de aceitarem o convite do Senhor.

Quando Deus vier e anunciar o livramento de um problema, aceitemos! Não nos importemos se estamos passando ou não por problemas. Creiamos, recebamos e guardemos a Palavra. Não sejamos marcados por não ter aceitado a libertação (o convite).

Atentemo-nos, existem cultos e mensagens rejeitadas que nunca mais poderão ser ouvidas novamente. Portanto, rejeitar o Espírito Santo é receber a marca da besta. O Espírito Santo não é para nos fazer melhores cidadãos apenas, Ele permite isso, mas foi enviado, principalmente, para nos elevar daqui. Ele nos transformará antes de sairmos daqui.

O jubileu de Deus acontece todos os dias, e hoje é Jubileu! Jubileu é quando o descanso vem. É quando haverá uma Grande Festa; uma mudança de habitação!

Fomos chamados para a festa da expiação. Tivemos nossos pecados expiados e nunca mais serão trazidos à cena. Estamos nos aproximando para mais perto de Deus e sendo preparados para ir embora.

Deus está fazendo o convite, não o deixemos passar por alto de nossas cabeças. Ele está nos separando do mundo e nos desejando com exclusividade, pois tudo já está preparado. O fogo já está acesso e os bolos estão assados. Está tudo no ponto!

Pr. Wanderley Vilaça

Pr. Wanderley Vilaça

Aos 21 anos se tornou líder dos jovens e também começou a pregar em praças públicas o que lhe trouxe muita experiência e amor por almas; posteriormente começou a prestar assistência às nossas congregações; em 2002 foi chamado pelo pastor Wanderley Lemos para integrar o corpo de ministros; no ano de 2011 foi consagrado a pastor; logo em seguida assumiu a igreja de Ouro Branco e desde então a vice-presidência do Tabernáculo Belo Horizonte.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657