Deus Requer Plena Consagração

O zelo do Espírito Santo para essa hora é preparar uma Igreja santa, sem mácula, e que permanecerá limpa por meio de Sua Palavra.

Tema: Deus Requer Uma Plena Consagração
Leitura Bíblica: II Coríntios 11:1- 3
Mensagens Citadas: O Sétimo Selo; A União Invisível Da Noiva; A Palavra De Deus Chama Para Uma Total Separação Da Incredulidade

Todo ministério que Deus levantou dentro do quíntuplo de Efésios tinha/tem como objetivo trazer uma preparação para aperfeiçoamento da Sua Noiva. Através das palavras de Paulo em II Coríntios 11:1-3, podemos ver a tamanha “loucura” da parte de Deus para com essa preparação. E essa preocupação tem por origem um zelo extremo de Deus para nos elevar a uma posição onde iremos agradaremos o nosso Esposo.

Após Vasti ter rejeitado entrar na presença do rei, Hegai, o chefe dos eunucos, estava preparando as virgens para uma delas casar-se com Assuero. Muitas moças foram recolhidas e levadas para serem preparadas, e dentre elas estava Ester. Quando Hegai conheceu Ester houve uma identificação entre eles, e esta identificação fez com que o ensinamento de Hegai entrasse no coração de Ester. Assim, o acolhimento dos ensinamentos de Hegai resultou no casamento de Assuero e Ester. E isto não foi por coincidência, pois, Ester se humilhou e ouviu o homem que conhecia os gostos do rei. E com Cristo não seria diferente. Ele também teria uma Esposa para ser aprontada. Mas qual delas seria? Tendo em vista que muitas igrejas desejariam a posição de Esposa, seria necessário que Deus enviasse um mensageiro que conhecesse Seu gosto para orientar a Ester (Noiva) de hoje.

O zelo do Espírito Santo para essa hora é preparar uma Igreja santa, sem mácula, e que permanecerá limpa por meio de Sua Palavra. E esse foi o teor da mensagem do profeta William Branham. É por esse motivo que o irmão Branham combatia a hibridização. Pois, a única forma do inimigo avançar era/é se misturando no meio do povo de Deus, no entanto, não pode haver comunhão entre Deus e o mundo. Por isso há separação entre fé e incredulidade. Portanto, quem se faz amigo do mundo se faz inimigo de Deus. Assim sendo, Deus exige separação.

No livro de Números, capítulo 6, Moisés colocou um fundamento em três características do que um nazireu devia ou não fazer. Primeira: abster de bebida forte, pois Deus precisava de um homem sóbrio para falar Sua Palavra; segunda: o cabelo não poderia ser cortado, porque isso indicava que ele estava sob o domínio da Palavra, e terceira: não podia se aproximar de coisas mortas, pois eram consideradas impuras.

Sansão nasceu sob a lei do nazireado e debaixo de uma promessa: libertar Israel. Em seu físico ele era um homem fraco, mas possuía uma força extraordinária quando Deus o tomava. Enquanto estava debaixo do voto do seu chamado, Sansão triunfava. Porém, quando começou a flertar com uma filisteia ele misturou sua semente. E Sansão contou a ela qual era o segredo de sua força, e como consequência disso foi preso, teve seus olhos cegados e foi colocado para moer trigo para os filisteus. Por estar cego Sansão não tinha olhos para olhar para filisteia, e isso o fazia estar mais perto de seu chamado. Muitos zombaram de Sansão, todavia ele era um tipo da igreja que iria ser restaurada, diz o profeta. E mesmo que aparentemente sua situação fosse ruim, ali, naquele lugar, Sansão estava na posição que Deus queria. Pois, ele tinha que fazer morrer a si mesmo para nascer um novo homem. E de forma acontece conosco. Nós também nascemos debaixo de uma lei de consagração, e Deus não irá nos aceitar de qualquer maneira.

Nós tínhamos um marido (o mundo) e estávamos debaixo da sua lei. Mas Deus matou esse velho marido e está agora mesmo tendo comunhão conosco. Não estamos debaixo de um jugo, e em nossos corações há um desejo constante de agradar o Esposo, pois encontramos graça aos Seus olhos!

Min. Fernando Alves

Min. Fernando Alves

Criado nesta Mensagem por seus pais desde a infância, sob os cuidados do Pastor Wanderley Lemos, o irmão Fernando Alves, desde a juventude, participou de trabalhos evangelísticos e cooperou junto à mocidade do Tabernáculo em Belo Horizonte ao lado do pastor Wanderley Vilaça que na época era o líder. Em 2012, foi chamado a ajudar na pregação da Palavra, inicialmente em assistência às congregações do Ministério Assim Está Escrito na região metropolitana de Belo Horizonte, até que, em maio de 2017, durante uma pregação de escola dominical, foi convocado a auxiliar diretamente no Ministério.


Um comentário

  • Avatar
    Alessandra Policarpo Marques Zebral

    31/10/2019 as 23:53

    Graças a Deus por esse ministério maravilhoso irmão e ministro Fernando

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias