Vá, Adore-O e Creia Nele!

Menu

Culto Online Web Rádio

Vá, Adore-O e Creia Nele!


Uma peculiaridade essencial do autêntico cristão é o seu porte, seus hábitos de vida que apontam para um verdadeiro testemunho de vida. Conhecemos uma árvore pelo fruto que ela oferece. Para aqueles que ainda não conheceram ou mesmo ainda não conhecem a Cristo, se faz necessário a espontaneidade de comportarem com dignidade perante o Senhor, onde assim, conhecendo a vide, conhece-se sua intenção, seu desejo, a árvore. Tem sido esta observação para alcançar um viver diferente: Postura!

Postura: atitude, posição, prontidão de atuar com intensidade, conhecer e apropriar seu desejo de querer possuir uma verdadeiramente vida desafiante, cristã e atuante, permanentemente procurando ser diferente de outrora, buscando em recorrente constância a vida digna do evangelho, sinônimo de atitudes proativas, exemplares, legítimas, como Cristo, nosso maior exemplo.

Nas reuniões do profeta William Branham, o profeta da sétima era, nos momentos de orações por aqueles que foram constatar Cristo em carne humana, este Olho de Deus terreno sempre buscou encontrar esse tipo de posicionamento na terra. Procura achar, ao passo que buscar ofertar também esta maneira de se achegar ao Senhor! Maneira de se posicionar diante do Senhor Deus, criador dos céus e da terra.

‘…você está incomodada com a epilepsia. Isso está certo? Epilepsia? Tenha fé em Deus. Ele vai te curar, e Ele pode te deixar completamente sã. Você crê nisto com todo seu coração? Vá, adore-O e creia Nele.’ Mensagem Quem é Deus?, 1211.

Havia e, todavia, há um sentido para que este posicionamento, esta forma de se comportar fosse identificada, reverenciada, vivenciada e crida por todos aqueles que se aproximam Dele! É um modo de viver diferente, que é ofertado, que é recebido, que é experimentado, que é vivido!

A certeza do profeta desta atitude era tão grande que em toda oportunidade de falar da Palavra do Senhor, orar pelos enfermos ou mesmo em uma agradável conversa, repetitivamente, expressava seus vocábulos no tempo imperativo. Por quê? Porque o primeiro-grão tão somente se esmerou no comportamento de Cristo.

Havia uma mulher pecadora que cirandava pela cidade onde Cristo realizava Suas obras. Conhecendo Sua estadia na casa de um fariseu, logo adquiriu um vaso de alabastro com unguento: ‘e estando por detrás, aos seus pés, chorando, regava-os com suas lágrimas. Então os enxugava com os próprios cabelos, beijava-os e os ungia com unguento’ (São Lucas 7, 38). Maria movida pelo ato de ir, começou seu firme posicionamento de desejar ser diferente a partir daquele memorável encontro. Chorou nos pés Dele, adorando-O. Após uma aplicação de parábola ao anfitrião da casa, o Senhor Jesus Cristo despede a mulher, e ensinando a todos que estavam presentes, inclusive Simão, o comportamento de fé exercido por Maria, sempre lembrada pelo seu porte de firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem, nunca mais foi a mesma: ‘Então Jesus disse à mulher: os teus pecados te são perdoados’ e ‘Jesus disse à mulher: A tua fé te salvou, vai-te em paz’ (São Lucas 7, 48 e 50).

Um respeitável homem que exercia sua autoridade policial em Cafarnaum, atribulado em seu coração em conviver com seu criado jazendo em casa com um terrível sofrimento de paralisia, se posiciona: procura o Senhor Jesus que acabara de adentrar na cidade. Procura e encontra-O! Um homem com destacada posição entre cem soldados, reconhece sua oportunidade de reverenciá-Lo: ‘Pois eu também sou um homem sob autoridade, tenho soldados às minhas ordens. Digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem. Digo ao meu criado: Faze isto, e ele o faz’ (São Mateus 8, 9). Cristo identifica as atitudes do centurião de buscá-Lo, de reverenciá-Lo e ao mesmo tempo de exercer tamanha fé, ao ponto de não ser achado este feito no país de Israel, despede-o no mesmo tempo de cura de seu criado: ‘Então disse Jesus ao centurião: Vai! E seja feito conforme a tua fé. Naquela mesma hora o seu criado ficou são’ (São Mateus 8, 13).

Aquele que se posiciona, que procura a verdadeira fonte de vida eterna, que vai, que adora-O e que creia Nele nunca retorna de mãos vazias, de botijas desocupadas, de uma vida vacuá, espiritualmente falando. O rei Davi, escrevendo os Salmos, registra: ‘Provai e vede que o Senhor é bom; bem aventurado o homem que nele confia’ (34,8).

Uma mulher apanhada em adultério, levada por escribas e fariseus teve a oportunidade, ainda que compulsoriamente, de provar e vê que o Senhor é bom, seguindo o posicionamento enfatizado pelo profeta. Após identificado o próprio ato desonroso, e com comportamento do reconhecimento de suas ações em viver uma vida vaga até aquele momento, demonstrou perfilhar o Mestre, responde-O: ‘Ninguém, Senhor’ (São João 8,10). Libertando esta nova mulher, onde nunca mais se ouviu sua história pregressa, nas reais bases de um poderoso ‘Nem eu também te condeno…’ jamais retornou um viver desequilibrado. Sua fé foi um dos principais motivos de ir adiante naquele novo posicionamento adquirido confiando nas afáveis e transformadoras palavras do Senhor Jesus Cristo: ‘Vai, e não peques mais’ (São João 8.11).

1. Vá: posicionamento ativo: conhecer sua atual convivência, desejo de mudança, de caminhar a partir dali para uma diferente postura de vida, de hábito, de um viver distinto desde então.

2. Adore-O: posicionamento de reverência: Reconhecer o Único e Imutável Deus, o único digno de nossa adoração, de uma genuína rendição ao Altíssimo. A total dependência do Senhor em nossas vidas! Identificar-se com Romanos 11, 36: ‘Porque Dele, e por Ele, e para Ele são todas as coisas; glória, pois a Ele eternamente. Amém!

3. Creia Nele: posicionamento de fé. Persistir no patamar de uma vida de gratidão, vivendo como as coisas que não são com já fossem. Posicionar-se antes mesmo de receber algum benefício! Ainda que tudo esteja se apresentando ao contrário: creia Nele! Posicionar-se recebendo uma correção, suportando provações: Creiamos Nele! Nas palavras do profeta irmão Branham, com propriedade nos mostra: ‘E quando a fé está ancorada, está encerrado; você já está tão feliz como se já estivesse pulando e gritando, porque tudo já passou. Você tem isto. É algo que você tem. Nada pode mover isto. Você nunca procura por alguma evidência ou algo mais; você simplesmente sabe que você possui2

Vá, Adore-O e Creia Nele! Depende de como você chega a Ele: Faça a sua parte, usufrua sua filiação, regozije em sua eleição: Vá, Adore-O e Creia Nele!

Notas:

Mensagem Quem é Deus?, parágrafo 112. Terça-feira, 15 de agosto de 1950 – Cleveland, OH – EUA. Crentes da Bíblia do Brasil.

Mensagem Fé Testada Pelo Tempo. Sexta-feira, 30 de maio de 1958 – Nova Iorque, NY – EUA. Crentes da Bíblia do Brasil.

Redação Assim Está Escrito

  • Jônatas Elias

    ação, reverencia e humildade!