O Desvelar Da Obra-Prima Identificada | Assim Está Escrito

Atentemo-nos para isto: Não há Obra Prima sem a Palavra plena! Quando o profeta William Branham pregou sobre os Sete Selos, nós, a Igreja, ao receber a Palavra (a revelação completa), nos encontramos em um estágio de maturidade plena na Palavra para irmos no rapto. Assim sendo, podemos ver a obra perfeita: O segundo Adão (Jesus Cristo) e a segunda Eva (a Noiva) prontos para o jardim: o milênio de volta à terra restaurada.

Leitura Bíblica: Apocalipse 22:10-13; Gênesis 24:07
Mensagens Citadas: Cristo é o Mistério de Deus Revelado; A Obra Prima

Na mensagem ‘Cristo é o Mistério de Deus Revelado’, no parágrafo 233, o profeta diz: “Cristo em você O Faz o centro de Vida da revelação. Vêem? A Vida de Cristo em você O faz o centro da revelação. Cristo, na Bíblia, faz a Bíblia a revelação completa de Cristo. Cristo em você o faz a revelação completa da coisa toda.”. Ao dizer essas palavras, o sétimo anjo estava colocando todo o foco em cada um de nós. Não em qualquer indivíduo, mas naqueles que são a verdadeira morada de Jesus Cristo. E como verdadeiras moradas de Cristo, ao nos identificar nessa posição, o profeta nos coloca em um patamar muito glorioso. E nisso, cabe a nós, principalmente, compreendermos o que Deus está fazendo em nossas vidas nessa hora.

Mas, afinal, por que nós temos que entender que Jesus Cristo está em nós? Porque quando entendemos que Jesus Cristo está em nós, isso faz com que seja tirado de cena qualquer humanidade que porventura venha a atrapalhar a Divindade do Senhor Jesus Cristo de se manifestar através de nós. E por que esta Divindade teria que ser derramada em nós? A resposta se encontra no livro de Gênesis, onde vemos que Adão e Eva eram a Obra Prima perfeita de Cristo, ambos o ápice da obra plena d’Ele. Porém, por permissão de Deus, Satanás se infiltrou no Éden e fez com que aquele casal perfeito pecasse, e assim, tornaram-se caídos diante de Seu criador.

A Palavra de Deus tinha que ser cumprida. E para cumpri-La, Adão e Eva tiveram que sair do Paraíso por causa do pecado, mas antes de sair, Deus os envolveu em peles cobertas de sangue. Esse sangue projetava o amor d’Ele para com Seus filhos. Esse amor é o que fez com que um dia Seus filhos pudessem retornar ao Éden restaurado, onde Satanás jamais conseguirá entrar para derrubá-los.

Para reerguer Sua Obra Prima perfeita, Deus a iniciou fundamentando-a através de Abraão, um tipo da fé. E com Abraão foi feito um pacto incondicional, o qual mostrava que sua posteridade seria cuidada, pessoalmente, em cada detalhe, e teria grande êxito ao ser concluída. Logo após, Ele criou Isaque, um tipo do amor, o qual mostrou Sua personalidade. Então veio Jacó, um tipo da graça. Um homem que era considerado um enganador, porém, aos olhos de Deus ele foi o que entendeu o real significado da primogenitura, captou a visão e foi transformado em um Israel.

A descendência de Abraão, Isaque e Jacó foi José. Portanto, sobre esse ‘tripé’ de Sua Obra Prima estava a perfeição: José, um tipo perfeito de Cristo. No entanto, Ele ainda não havia concluído Sua obra. E para dar continuidade a ela, veio os profetas: Moisés, Josué, Elias, Zacarias, Malaquias… Cada profeta que veio, foi uma parte da Sua Obra Prima. E cada um deles ao profetizar, estava anunciando o final dela.

O tempo passou e então veio Jesus, a obra perfeita de Deus. Ele não tinha pecado e foi o cumprimento exato do Pai. No entanto, para mostrar que Ele era a obra perfeita, Ele teve que ser ferido no Calvário, consumando tudo. Através de Sua morte, Jesus Cristo cumpriu todas as Escrituras do Velho Testamento. E a partir de então, outra Obra Prima entrou em processo: A Noiva de Cristo, Aquela à qual somente Ela pode cumprir as Escrituras do Novo Testamento. Portanto, é em nós, Noiva de Cristo, que irá se cumprir a perfeita Palavra de Deus. E a perfeita Palavra de Deus só pode ser cumprida quando vem a Obra Perfeita.

A história de Isaque e Rebeca se repete em nossas vidas. O único que pôde tirar o véu de Rebeca foi seu noivo, Isaque. Ao tirar o véu de sua noiva, Isaque pôde ver o rosto de Rebeca. Ali, Eliezer cumpriu A Palavra, porque ele entregou para Isaque o que lhe havia sido ordenado: a Obra Prima, Rebeca. Olhando para esse quadro vemos que essa é a nossa história. O método de Deus é imutável, então irá se cumprir da mesma maneira conosco.

Assim como Eliezer apresentou Rebeca para Isaque, o profeta William Branham é quem nos apresenta para Cristo, como uma Noiva perfeita e sem mácula. Em breve estaremos retornando ao Éden perfeito novamente. A restauração de tudo aquilo que Satanás tentou roubar está sendo feita e devolvida aos filhos de Deus. Ele está cumprindo esta restauração em Sua Noiva, Sua Obra Prima perfeita.

Atentemo-nos para isto: Não há Obra Prima sem a Palavra plena! Quando o profeta William Branham pregou sobre os Sete Selos, nós, a Igreja, ao receber a Palavra (a revelação completa), nos encontramos em um estágio de maturidade plena na Palavra para irmos no rapto. Assim sendo, podemos ver a obra perfeita: O segundo Adão (Jesus Cristo) e a segunda Eva (a Noiva) prontos para o jardim: o milênio de volta à terra restaurada.

Min. Fernando Alves

Min. Fernando Alves

Criado nesta Mensagem por seus pais desde a infância, sob os cuidados do Pastor Wanderley Lemos, o irmão Fernando Alves, desde a juventude, participou de trabalhos evangelísticos e cooperou junto à mocidade do Tabernáculo em Belo Horizonte ao lado do pastor Wanderley Vilaça que na época era o líder. Em 2012, foi chamado a ajudar na pregação da Palavra, inicialmente em assistência às congregações do Ministério Assim Está Escrito na região metropolitana de Belo Horizonte, até que, em maio de 2017, durante uma pregação de escola dominical, foi convocado a auxiliar diretamente no Ministério.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias