O Equilíbrio Entre A Pomba E A Serpente | Assim Está Escrito

O equilíbrio entre as duas naturezas faz com que o cristão viva em meio ao mundo (ovelhas em meio aos lobos). Capaz de amar, mas não sendo leviano ao ponto de se deixar levar por qualquer coisa. Neste equilíbrio está a fórmula da sua vitória contra as adversidades do mundo.

Certo é que o cristão deve ser prudente como uma serpente, mas ao mesmo tempo não malicioso como uma pomba, conforme as escrituras sagradas, no livro de Mateus 10:16. Estes dois extremos do reino animal, pomba e serpente, quando usados como exemplos para as atitudes e ações que devemos ter, nos levam a refletir sobre o ‘equilíbrio’.

Pensemos: Até que ponto estamos tendendo a um dos extremos e perdendo o equilíbrio em nossas ações e convívio uns com os outros?

Em todos os aspectos do mundo podemos ver claramente o desequilíbrio. As pessoas tendem ao extremismo e perdem com facilidade o senso da avaliação que nada mais é que a capacidade racional de definir com base lógica, ética e humana, quais são as melhores medidas a serem tomadas, levando em consideração o benefício comum (bem de todos).

Em nossas relações temos, por vezes, o hábito de desconfiar das pessoas simplesmente por não se encaixarem nos padrões criados pelos nossos próprios conceitos. Em contrapartida, podemos nos abrir completamente para uma pessoa que parece perfeita ao nosso padrão. Com isso vemos que mesmo que seja repetitivo, a aparência ainda é fator predominante em nossos pré-julgamentos pessoais. Dentro do processo da atração, é no aspecto visual que tudo começa; pois quando os olhos encontram algo que lhes agrada é instintivo procurar por uma aproximação com aquilo.

Apesar de todos os instintos humanos fazerem parte da composição de Deus em sua mais importante criação (o ser humano), é exatamente a capacidade de não agir por instinto que nos difere dos demais animais. Somente do ser humano pode ser exigido comportamentos simultâneos de dois animais com instintos tão diferentes: pomba e serpente. Isso porque só a obra prima de Deus é dotada com o equilíbrio.

A prudência da serpente nos faz prever e evitar o perigo. Ser prudente é ter a virtude da excelência. Uma serpente não ataca sem a certeza da vulnerabilidade da preza. Isso é agir com cautela e paciência. A serpente não tem e jamais terá mansidão, ela tem cautela/astúcia. Dentre todos os animais, a serpente é o único que nunca pode ser domesticado. Enquanto outros animais aprendem a confiar em seus donos e até os consideram como parte de sua espécie, a serpente somente é capaz de entender que precisa do dono para ser alimentada. Ou seja, ela aprende a suportar o dono. Não é incomum casos de criadores de cobras serem atacados depois de anos cuidando do animal; é aí que está a malícia.

Agora, na pomba está a mansidão, a ação sem malícia. Dentro das escrituras, a pomba é colocada para tirar toda a maldade do instinto da serpente. Ela é o animal símbolo do Espírito Santo. Na pomba está a sensibilidade, qualquer movimento agressivo a faz voar. Só a mansidão é capaz de tirar a maldade da desconfiança sem fundamento, do hábito de lançar sombras sobre os outros, da incapacidade de amar, e outras tantas atitudes maléficas que podemos ter.

O equilíbrio entre as duas naturezas faz com que o cristão viva em meio ao mundo (ovelhas em meio aos lobos). Capaz de amar, mas não sendo leviano ao ponto de se deixar levar por qualquer coisa. Neste equilíbrio está a fórmula da sua vitória contra as adversidades do mundo.

Hoje as pessoas são bombardeadas com toda sorte de problemas mentais causados, muitas vezes, pelo desequilíbrio das relações. Por isso, entender e aplicar o paralelo entre a serpente e a pomba é primordial para o crescimento substancial do cristão.

Amigos, eu sempre tentei manter o equilíbrio do caminho. Se você vai para o formalismo, sendo o mais formal e ritualista possível, o povo agarra-se a essa parte. Então se você não vigiar, você segue direto para o outro lado, e torna-se o mais fanático possível. Mas existe o centro do caminho, onde o Evangelho verdadeiro, sadio, saudável é pregado, e Deus move aí, vindicando a Verdade. “Estreita é a porta, e apertado o caminho, porém são poucos os que o encontram.” Pois bem.

Mensagem: Deus Tem Um Caminho Provido – Parágrafo 162 – William Branham

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias