O Que O Inimigo Destruiu, Deus Tem Nos Restituído

O gafanhoto veio depois da lagarta e destruiu as folhas; as folhas representando o companheirismo. E em nossos dias duzentos milhões de demônios (gafanhotos) foram soltos e estão destruindo o mundo. Mas Deus tem nos guardado em Sua Palavra nos protegendo de todos os seus ataques.

Leitura Bíblica: Joel 1:1-4; Joel 2:25
Mensagens Citadas: A Restauração Da Árvore Noiva; Nomes Blasfemos

“O propósito de satanás sempre foi destruir tudo o que Deus fez/faz em favor do Seu povo.”

O profeta disse que Deus havia “plantado uma árvore” no Pentecostes e ao longo do tempo essa árvore foi sendo devorada por satanás. E em Joel 1:4, lemos sobre os quatro insetos que satanás usou para destruir a árvore (lagarta, gafanhoto, locusta e o pulgão). A lagarta (demônio) foi o inseto que iniciou a destruição da árvore a partir dos frutos; sendo o primeiro fruto que ela destruiu: o amor fraternal. O amor fraternal era o que mantinha a união entre as pessoas. Tendo destruído o amor fraternal, partiu para a destruição do gozo, da paz, da longanimidade, da benignidade… e da temperança os quais estão dentre os frutos do Espírito (Gálatas 5:22).

O gafanhoto veio depois da lagarta e destruiu as folhas; as folhas representando o companheirismo. E em nossos dias duzentos milhões de demônios (gafanhotos) foram soltos e estão destruindo o mundo. Mas Deus tem nos guardado em Sua Palavra nos protegendo de todos os seus ataques.

Há três coisas que são essenciais para a manutenção da vida cristã: oração, leitura da Palavra e o companheirismo. Sendo necessário o companheirismo mesmo quando oramos e lemos a Palavra; pois por falta de companheirismo muitos perdem a fé, e isso é exatamente o que o diabo quer; pois ele sabe que uma pessoa sem companheirismo é facilmente derrubada. É por isso que devemos estar unidos!

Satanás trabalha de várias formas para destruir o amor fraternal que sentimos uns pelos outros, pois não quer que nós estejamos unidos, e sabe que se conseguir nos manter dispersos seremos presas fáceis. Assim, quanto mais juntos estivermos mais fortes estaremos. Logo, quanto mais distantes estivermos uns dos outros mais frágeis iremos estar. Se satanás conseguir colocar contendas em nosso meio, nossa fé certamente será enfraquecida. É por isso que mesmo sendo irmãos, precisamos ter muito cuidado; pois o diabo está a todo tempo criando circunstâncias para que haja contendas entre nós.

Satanás, representado por cada inseto, também comeu os frutos da árvore que representavam o gozo da salvação. E assim, ele tem trabalhado, também, para tirar nosso gozo e nossa alegria na Palavra. Ele quer destruir a nossa fé na Palavra. Ele tem tentado tirar nosso ânimo e nossa euforia ao ouvir a Palavra, sabendo que se nós não tivermos a alegria da salvação não iremos conseguir dar ouvidos à Palavra. Isso nos mostra, que quando entrarmos na Casa do Senhor precisamos nos desligar das nossas vidas seculares. Ao irmos para a Casa do Senhor não podemos, sequer, estarmos mal-humorados, uma vez que se estivermos assim não receberemos a Deus na maneira correta; como nos ensina o profeta.

Nós entendemos que fomos libertos e por isso glorificamos ao Senhor. O nosso regozijo ao ouvirmos a Palavra afugenta o inimigo. Então, nos alegremos com a mesma ‘alegria de Davi ao ir à casa do Senhor’: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor”. Todavia, devemos estar atentos; estamos andando em um campo minado. Tenhamos cuidado extremos em cada passo que damos.

Min. Adelson Santos

Min. Adelson Santos

No ano de 2003 foi chamado para integrar o corpo de diáconos o qual serviu com uma dedicação digna de ser mencionada, cumprindo com responsabilidade, disponibilidade e sempre com muita determinação para com o ministério que a ele foi outorgado até o dia 3 de janeiro de 2016; Quando foi convidado pelo pastor Wanderley Lemos, a fazer parte do corpo ministerial no qual de igual forma tem empenhado-se para contribuir com o crescimento da igreja; passando então a ministrar no Tabernáculo, nas congregações, auxiliando em visitas hospitalares e residenciais, realizando os batismos dos novos convertidos que o Senhor tem acrescentado a esta casa e recentemente passou a cuidar da congregação que está situada em São Sebastião da Barra, a 340 km de Belo Horizonte.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias