Obediência | Casamento João & Isabel | Assim Está Escrito

“Lembrai dos vossos pastores que vos falam a palavra de Deus, a fé dos quais imitais, atentando para sua maneira de viver. Obedecei aos vossos pastores e sujeitai-vos a ele, porque velam por vossa alma, aqueles que hão de dar conta delas, para que façam com alegria e não gemendo, porque isso não seria útil.” (Hebreus 13: 7 e 17). Verdadeiramente isso é como um casamento!

Leitura Bíblica: Filipenses 2:1-8

A Bíblia Sagrada é um manual da vida cristã e tudo o que precisamos está dentro Dela. Ela fala de funcionários, patrões, esposa, marido, filhos, pais, nos ensina a ser verdadeiros cristãos, pregadores. A Bíblia fala sobre tudo. No entanto, o mundo está abandonando o conselho Bíblico por vê-lo como uma visão de conselho ultrapassado. Eles entendem a Bíblia como impositiva e com muitas leis e obrigações. E assim, buscam por liberdade.

Um casal que está pensando em liberdade não deveria se casar. Ambos, marido e mulher estão se vinculando um ao outro por sua própria vontade. O mundo tem propagado por essa liberdade, considerando que o cônjuge não precisa cumprir nenhuma obrigação dentro de um casamento.

Hoje a maioria das pessoas que estão passando por problemas vão requerer direitos. No casamento, por exemplo, há casais que vivem uma vida dissoluta e quando ocorre uma traição matrimonial, um dos cônjuges se vê injuriado e questionando que não poderia ocorrer isso, e se sente abalado e enfermo por tal ação. A enfermidade deveria vir no momento da decisão pela liberdade. No momento em que o casal vai olhar para um requisito bíblico e considerá-Lo como um pedido radical. Eles deveriam adoecer nesse momento, assim não tomariam a decisão errada e colheriam os frutos depois. Obedecer é a causa de todo o sucesso!

Um exemplo que podemos tomar é o Código de Trânsito, é necessário trinta horas de aulas para que se aprenda todo conteúdo. E as pessoas apenas vão lá e decoram o Código somente para passar na prova. Ele não foi feito para passar na prova, mas para uma boa influência, assim como também para salvar vidas, evitar acidentes. Há milhares de carros e em cada volante deveria ter uma pessoa capacitada sabendo em qual local pode passar, que horas a ultrapassar, o que necessita utilizar naquele momento, os equipamentos que o carro precisa para fazer uma viagem segura.

E pessoas pensam que o único momento que necessitam do Código de Trânsito é para fazer o exame. Porém, pouco tempo depois se encontram com o carro danificado por acidentes ocorridos, por não terem feito o que aprenderam de forma correta. O que poderia livrar os acidentes? O código! A vida foi simplesmente desconsiderada.

Dentro desse mesmo sentido, muitas moças pensam que a cerimônia é o único momento do casamento. O dia do casamento é a cerimônia, mas o casamento não é o evento.

Nós temos a visão de que Deus deu um profeta ao mundo para fazer o casamento de um povo com Deus. O casamento é um processo. Ele começa desde o primeiro dia em que o casal conversou a primeira vez a respeito disso, onde foram entendendo um ao outro. O casamento é realizado aos poucos e após a cerimônia ele só continua sendo casamento, dia após dia, um com o outro.

A salvação dos casamentos são os cultos! São as palavras dos pastores que, às vezes, são considerados enjoados, rasos, fora de propósito… Mas é a salvação de lares, de casamento e de condutas.

Após o acidente as pessoas correm para o escritório pastoral achando que irão resolvê-los ali, não sabendo que o auxílio muitas vezes foi através do seguro (pregações). Acidentes se resolvem, mas geram marcas.

Às vezes, o comportamento dos pais não é considerado, não sabendo que por aquele justo comportamento os filhos e a família resistem à crises. Todos os casamentos, lugares e casas possuem momentos de adversidades, mas é necessário ter alguém celestial ali, para que quando houver um instante infernal na família, se destaque ‘o homem da casa das máquinas’, como disse o profeta. Quando deixamos brechas, o inimigo aproveita para agir com todos os serviços possíveis, transformando os lares de céu a inferno. E nesse momento precisa ter alguém naquela família que tenha a estrutura de guerreiro, uma calma habilidosa.

Quando não se obedece o correto, mesmo sabendo que é o correto no fundo do coração, a desobediência pode ser manifestada em pequenos problemas. E aquilo que é pequeno no íntimo pode se tornar um grande problema.

Quando a esposa obedece o esposo, Satanás respeita aquela atmosfera. Mas sendo a esposa contenciosa, o inimigo fica à espreita aguardando uma oportunidade para agir. Qualquer ato de desobediência é corrupção. Por isso a obediência é o segredo das vitórias. Já a desobediência é o motivo de todas as derrotas. E o casamento segue desta forma, se obedecer, irão adiante.

Quando um dos cônjuges estiver certo, obedeça, mesmo que seja difícil. Por quê? Não é obedecer o esposo ou a esposa, mas o correto! Nós devemos obedecer aquilo que é correto! E muitas vezes o correto é renunciar, é “engolir” algo. Devemos obedecer a verdade.

Há casamentos, pessoas casadas que querem ir morar no céu sem cuidarem um do outro, sem ter um relacionamento saudável, sem se respeitarem… Não há como ser herdeiros da graça e vida se não houver a obediência de um para com o outro. E a Bíblia deve ser Lei no lar, e deve ser obedecida, lida, deve estar na leitura matinal todos os dias.

“Lembrai dos vossos pastores que vos falam a palavra de Deus, a fé dos quais imitais, atentando para sua maneira de viver. Obedecei aos vossos pastores e sujeitai-vos a ele, porque velam por vossa alma, aqueles que hão de dar conta delas, para que façam com alegria e não gemendo, porque isso não seria útil.” (Hebreus 13: 7 e 17). Verdadeiramente isso é como um casamento!

Nunca pensemos que Deus é responsável por nossos problemas. Às vezes, Deus é responsável pelas nossas provas. Ele nos coloca em uma prova, mas está sempre ali. E quando passamos pela prova, Ele está ali ao nosso lado, sempre!

Pr. Wanderley Vilaça

Pr. Wanderley Vilaça

Aos 21 anos se tornou líder dos jovens e também começou a pregar em praças públicas o que lhe trouxe muita experiência e amor por almas; posteriormente começou a prestar assistência às nossas congregações; em 2002 foi chamado pelo pastor Wanderley Lemos para integrar o corpo de ministros; no ano de 2011 foi consagrado a pastor; logo em seguida assumiu a igreja de Ouro Branco e desde então a vice-presidência do Tabernáculo Belo Horizonte.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias