Ouvindo, Reconhecendo E Agindo Sobre A Palavra De Deus. | Assim Está Escrito

profeta William Branham nos mostra que ao ouvirmos e tomarmos a Palavra de Deus, seja de boa forma ou não, aquilo produz resultados/consequências. Aquele que recebe bem a Palavra produz frutos da mesma, e a partir disso, a atitude desse indivíduo será diferente, será correta. Mas, o que é preciso para a obediência completa a Palavra? O novo nascimento.

Título: Ouvindo, Reconhecendo e Agindo Sobre A Palavra De Deus
Leitura Bíblica: São Lucas 6:46- 49
Mensagens Citadas: Necessário Vos É Nascer De Novo §140; Uma Exposição Das Sete Eras Da Igreja: A Era De Tiatira P.195; O Tempo Da Unidade E O Sinal §91 e 215; A União Invisível Da Noiva De Cristo; O Sinal §350

Ao tomarmos a Escritura de São Lucas 6:46, vemos que Jesus a inicia com uma pergunta: “E por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?”. É possível observarmos que Ele associa o “Senhor” ou senhorio a obediência, pois, assim como apresenta a Escritura, do que adianta alguém lhe chamar “Senhor, Senhor…” e não lhe obedecer?

Quando tomamos a obediência no contexto espiritual, a submissão à Palavra de Deus é algo necessário, uma vez que todas as bênçãos estão condicionadas a essa rendição à Palavra. Se continuarmos a leitura em São Lucas 6:48-49: “É semelhante ao homem que edificou uma casa, e cavou, e abriu bem fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha; e, vindo a enchente, bateu com ímpeto a corrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque estava fundada sobre a rocha. Mas o que ouve e não pratica é semelhante ao homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a corrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa”, podemos evidenciar que tanto o prudente quanto o imprudente passaram por tempestades, no entanto, aquele que obedeceu a Palavra que lhe foi dita e edificou sua casa sobre a rocha, permaneceu firme.
A partir disso, podemos nos questionar se também não é assim conosco. É correto que muitas vezes enfrentamos grandes e terríveis tempestades, mas o que nos mantém de pé? É a Rocha (Jesus Cristo) em que estamos firmados.

O profeta William Branham nos mostra que ao ouvirmos e tomarmos a Palavra de Deus, seja de boa forma ou não, aquilo produz resultados/consequências. Aquele que recebe bem a Palavra produz frutos da mesma, e a partir disso, a atitude desse indivíduo será diferente, será correta. Mas, o que é preciso para a obediência completa a Palavra? O novo nascimento.

Na escritura de São Tiago, 1:22-23, “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;”, é possível observarmos que, apesar do novo nascimento, precisamos ser diferentes, praticantes e não apenas ouvintes, e colocarmos a Palavra de Deus de forma prática em nossas vidas. Pois quando praticamos a Palavra de Deus, somos obedientes a Ele, e então abençoados.

Ao tomarmos a mensagem ‘A União Invisível Da Noiva De Cristo’, vemos a seguinte citação do profeta irmão Branham: “Oh, que união espiritual de Cristo em Sua Igreja agora, quando a carne está se convertendo na Palavra, e a Palavra está se convertendo em carne. Manifestada, vindicada – justamente o que a Bíblia diz que aconteceria neste dia. Está ocorrendo dia a dia. Claro, está se acumulando tão rapidamente fora nesses desertos… e coisas acontecem, que eu não poderia nem mesmo sobrepor a elas. Estamos próximos da Vinda de Jesus para ser unidos com Sua Igreja, onde a Palavra se converte na Palavra.”, e é a partir desse momento que entendemos que, apenas o novo nascimento e a obediência à Palavra de Deus fará com que a carne se converta em Sua Palavra. Quando o velho homem morrer, um novo corpo assumirá o controle. E isso nos dá descanso.

Min. Fernando Alves

Min. Fernando Alves

Criado nesta Mensagem por seus pais desde a infância, sob os cuidados do Pastor Wanderley Lemos, o irmão Fernando Alves, desde a juventude, participou de trabalhos evangelísticos e cooperou junto à mocidade do Tabernáculo em Belo Horizonte ao lado do pastor Wanderley Vilaça que na época era o líder. Em 2012, foi chamado a ajudar na pregação da Palavra, inicialmente em assistência às congregações do Ministério Assim Está Escrito na região metropolitana de Belo Horizonte, até que, em maio de 2017, durante uma pregação de escola dominical, foi convocado a auxiliar diretamente no Ministério.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias