Dois Espíritos Ajuntando Dois Povos | Programa 292

Em nossas vidas e rotinas cotidianas todas as nossas ocupações e trabalhos não podem servir como uma escusa para Deus. Portanto, mesmo cumprindo todas as obrigações deste mundo natural é necessário que estejamos totalmente envolvidos com tudo o que diz respeito à Palavra.

Leitura Bíblica: II Tessalonicenses 2:7-14

Nos dias em que estamos vivendo o evangelho tem unido muitas pessoas através de marcas (pensamentos, doutrinas, ideologias e até mesmo afeições naturais). Porém, quando Deus separa Seu povo Ele não olha para essas marcas, pois Sua Palavra não possui marcas, e sim um genuíno companheirismo em torno da Palavra. Companheirismo o qual deve ser muito bem observado e selecionado. Policarpo é um exemplo disso. Policarpo perdeu sua posição de mensageiro por causa do companheirismo que considerou ser bom, mas que era na verdade um ardil de satanás contra ele. 

Ao observarmos as pessoas do mundo iremos ver que a maioria delas estão agindo de maneira natural, sendo totalmente ignorantes tanto ao que Deus está falando quanto ao que o diabo está  falando; elas estão vivendo suas vidas de forma “correta” através de empreendimentos, trabalhos… e sustentando suas famílias como se não estivessem rejeitando o que Deus está dizendo. É esse tipo de pensamento e conduta que o diabo tem colocado sobre as pessoas. E o motivo dele estar tendo êxito no mundo hoje, é porque ele perverteu a Palavra de Deus. 

Os trovões (a Verdade de Deus) são o que reúne a Noiva para a fé de rapto. Em paralelo a isso, o diabo possui a mentira, que é vista nas denominações, no romanismo, na ocupação natural de um cidadão de bem. Porém, o profeta William Branham diz que Jesus Cristo é O personagem principal na vida de todos como Salvador, como Redentor e como Juiz para alguns. Pois não há como anular a vida de um indivíduo da Palavra de Deus; ele receberá salvação ou condenação. 

No tempo de Noé, Deus sondou os corações dos homens e viu que eram mal continuamente. De igual forma, quando a Palavra veio a nós, Ela sondou nossos corações e nos mostrou que a evidência inicial do Espírito Santo em nossas vidas é: termos aceitado a Palavra como a mensagem do dia. Porém, só iremos nos desenvolver espiritualmente se ouvirmos culto após culto e mensagem após mensagem. E será o executar dessas coisas que irão transparecer se cremos ou não.

É necessário que cada um de nós façamos uma introspecção e perguntemos para nós mesmos: ‘Onde estaríamos se não houvéssemos crido? Por que cremos?’ A resposta é: uma chave foi virada e nós abraçamos a Mensagem da Hora. E isso só pode ser eleição! Por isso temos que nos firmar e não deixar que sejamos levados por pensamentos de que estar vivendo em condutas de uma boa vida cristã é o suficiente. Pois, ter  uma vida cristã conforme a semelhança de Cristo é viver sob o domínio da Palavra, envolvido com Deus e se alimentando d’Ela constantemente.

Há dois ajuntamentos ocorrendo em todo o tempo, e mesmo que seja imperceptível para alguns há pessoas sendo ajuntadas e marcadas com a marca da besta, que é nada mais que rejeitar o selo de Deus, e não estão percebendo. E esses dois espíritos que reinam sobre o povo e que estão por detrás desses ajuntamentos são completamente opostos em suas origens, porém, possuem uma forma de atuação similar, pois conforme São Mateus 24:24 “… se possível fora, enganariam até os eleitos”, eles teriam que ser muito semelhantes.

Quando lemos Apocalipse 16:13-14, vemos que os reis representam domínios, líderes que voltam com o mesmo espírito. O profeta irmão Branham diz que são espíritos como de rãs por estarem sempre olhando para trás. E a origem semelhante a dela é a destes espíritos oriundos de satanás, aos quais impedem com que o homem olhe para frente e/ou faz com que ele não tenha a total compreensão do que Deus está fazendo hoje. No entanto, não podemos nos esquecer que a evidência do Espírito Santo é vermos a Palavra manifestada para o dia, sem nos deslocar para frente ou para trás.

Em nossas vidas e rotinas cotidianas todas as nossas ocupações e trabalhos não podem servir como uma escusa para Deus. Portanto, mesmo cumprindo todas as obrigações deste mundo natural é necessário que estejamos totalmente envolvidos com tudo o que diz respeito à Palavra.

Ministério

Ministério


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias