Programa Assim Está Escrito 301

Quando o livro da vida de um cristão é aberto, ali não está registrado os atos de sua vida, mas está escrito sobre a sua inocência. Portanto, quando ele recebe a Jesus, seus atos não vão para o seu livro, mas para o livro de Deus. E nesse livro não é registrado pecados, pois a própria escritura diz: “Bem aventurado é o homem ao qual Deus não imputa pecado”.

Leitura Bíblica: Apocalipse 1:12 e Isaías 61

 

Dia após dia Jesus Cristo tem Se manifestado para nós através das escrituras. Podemos observar que mesmo quando tomamos uma escritura bem conhecida e explorada, há algo a mais de Deus ali para ser manifestado. E isso acontece porque Ele é um Deus vivo. Observe que quando convivemos diariamente com alguém passamos algo para essa pessoa, e a mesma passa algo para nós. E com a Palavra não é diferente. Pois, por ser viva, por mais que já tenha sido estudada Ela tem sempre o que oferecer porque é infinita.  

Ao falar sobre a sétupla glória de Jesus Cristo, o profeta William Branham nos mostra sete maneiras de ver a Jesus; sete características que identificam a Jesus de forma que Ele ainda não havia sido visto. Vemos que quando Jesus veio à beira do rio Jordão para ser batizado por João, João O identificou como sendo o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. E os discípulos e a multidão abraçaram a Jesus como sendo o Cordeiro, mas os fariseus O nomearam com nomes pejorativos. Todavia, João deu a identificação correta de Deus naquele tempo.

Atualmente no Brasil, para exercer a função de juiz é necessário fazer a prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), ter exercido uma função jurídica durante algum tempo e outros diversos fatores. De igual forma, quando o Senhor Jesus Cristo estava cuidando dos negócios de seu Pai, Ele estava sendo instruído pelo Tutor, o Espírito Santo. E durante este tempo de estudo em Sua vida, Jesus estava sendo treinado para fazer a “prova da OAB”, no calvário 

No período das sete eras da igreja Jesus advogou (foi o defensor) porque Ele ficou assentado no trono de intercessão. Podemos ver que uma das visões que João teve, o profeta diz que ele viu uma “pré-estreia” do que iria acontecer. Mas já no final das eras vemos a aparição desse mesmo Jesus, de cabeleira branca, exercendo o ofício de juiz. E cumprindo essa etapa, Jesus diz: O espírito do Senhor Deus está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos(Isaías 61), onde Ele para por um momento na sinagoga e diz: “Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.”. Diante disso todos que estavam ali perguntaram se Jesus era aquele o qual a escritura estava dizendo. E ouvindo as palavras de Jesus, o povo se encheu ira e desejou apedrejá-Lo. Mas, por que Ele não leu a segunda parte do versículo? Porque o cumprimento da escritura não era para aquele dia.

Ao pregar a mensagem ‘Dores De Parto’, o profeta se encontra procurando a escritura de São João 16 em sua Bíblia e não encontra porque a página da Bíblia que se localizava esta escritura estava colada. Então, um sacerdote católico oferece sua Bíblia para o profeta e ele toma a Bíblia da mão do sacerdote e lê. Mas, um pouco depois ao ir em um restaurante o profeta recebe a revelação do que havia acontecido e no dia seguinte ele prega a mensagem ‘Hoje Se cumpriu Esta Escritura’. Mas qual escritura? A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;” (Isaías 61). Ali, Jesus ainda era/é o Cordeiro e Redentor. Mas para as outras pessoas (os que o rejeitaram) esse mesmo dia era o dia da vingança de Deus, pois Ele é o Juiz Supremo de cabeleira branca. Todavia, Ele ainda é o Consolador para Seu povo.

Quando o livro da vida de um cristão é aberto, ali não está registrado os atos de sua vida, mas está escrito sobre a sua inocência. Portanto, quando ele recebe a Jesus, seus atos não vão para o seu livro, mas para o livro de Deus. E nesse livro não é registrado pecados, pois a própria escritura diz: “Bem aventurado é o homem ao qual Deus não imputa pecado”.

Ministério

Ministério


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias