Tornando-nos Resistentes Para Conseguir Correr Toda A Carreira Proposta | Programa Assim Está Escrito - Ed. 349 | Assim Está Escrito

Todo trabalho é cercado por dificuldades, e muitas delas, inesperadas. Em determinados momentos é possível prever problemas no trabalho onde precisamos estar preparados para não ficarmos embaraçados, fazendo com que não venhamos a ter uma progressão na nossa fé. Ao olharmos para os problemas ao nosso redor, lembremos da necessidade e resistência do cristão; sempre olhando para o prêmio. O cristão não pode ser o tipo de pessoa que cai toda vez que o problema aparece em sua vida, não suportando a pressão, desanimando na fé, perdendo seu propósito. Todavia, o cristão que sofre agravo mesmo realizando boas ações e seguindo a carreira que lhe foi proposta, é agradável a Deus.

Leitura Bíblica: Hebreus 12:1

Estamos vivendo em dias em que muitas pessoas estão sendo consumidas, e não só elas, mas os princípios e valores. É por isso que nesse momento precisamos de ter uma fé de estrutura inabalável para passar pelas adversidades.

Quando Satanás saiu para cavalgar em seus quatro cavaleiros (Apocalipse 6), Deus também saiu com quatro unções para contrapor o seu poder. Em nossos dias Satanás tem reunido as unções dos três cavaleiros, resultando em um quarto animal: o cavalo amarelo. Mas Deus também tem unido os Seus três animais, formando a unção da águia, que possui a capacidade de enxergar as coisas distantes, em uma altura longe de ameaças. Diante disso, nós precisamos de uma unção para nos elevar acima dos acontecimentos. E o apóstolo São Paulo nos convida para compreender exatamente isso. Precisamos viver uma vida que nos foi proposta para o tempo determinado.

O que foi proposto para o Senhor Jesus Cristo que foi tão glorioso que foi capaz de compensar o sofrimento da Cruz? Jesus sabia da proposta! Por quê? Porque Ele precisava apresentar para Si mesmo uma Noiva limpa, pura, apta e capaz, da maneira que Ele queria/quer. Para isso, assim como Ele, nós também iremos passar por desafios presentes no caminho.

Todo trabalho é cercado por dificuldades, e muitas delas, inesperadas. Em determinados momentos é possível prever problemas no trabalho onde precisamos estar preparados para não ficarmos embaraçados, fazendo com que não venhamos a ter uma progressão na nossa fé. Ao olharmos para os problemas ao nosso redor, lembremos da necessidade e resistência do cristão; sempre olhando para o prêmio. O cristão não pode ser o tipo de pessoa que cai toda vez que o problema aparece em sua vida, não suportando a pressão, desanimando na fé, perdendo seu propósito. Todavia, o cristão que sofre agravo mesmo realizando boas ações e seguindo a carreira que lhe foi proposta, é agradável a Deus.

A anunciação do profeta Isaías a respeito do Senhor Jesus foi bem distinta de como Ele foi recebido. Quando esteve aqui, Jesus já começou Sua vida sendo difamado, carregando essa marca em Sua história. O Senhor Jesus precisou passar por perseguição todo o tempo, por aqueles que deveriam aceitá-Lo com alegria e reverência. Ao entrar em Jerusalém foi possível ver a reação dos diferentes grupos ali presentes: uns olharam, outros desprezaram e outros Lhe afrontaram. Mas, Ele parou diante disso? Não. Os passos do Senhor Jesus passaram por humilhações, e ainda assim, Ele foi obediente e resistente até a morte. Contudo, Jesus Cristo cumpriu todo o propósito para o qual foi enviado. Uma maratona de trinta e três anos e meio para ser exercida e voltar com o Prêmio na mão.

Quantos anos durou o ministério de Paulo? Quantos cultos presenciais de Paulo as pessoas tiveram? Tomemos cuidado. Temos muitos cultos, programas, áudios, mensagens do profeta falada e impressa. Há tantos recursos e ainda há pessoas que não conseguem valorizar. Lembramos que lá atrás houve pessoas que ficaram firmes com apenas uma carta de São Paulo. Mas hoje, ficamos sabendo que irmãos param/pararam de seguir o caminho do Evangelho porque não conseguem manter o companheirismo consigo. Assim como uma planta, eles morrem por não ter recebido a quantidade de “água” que gostariam, por ter pulgões ao seu redor. Mas também há aquelas plantas que sobrevivem no deserto, em um terreno infértil, e não precisam de tantos cuidados.

Há muita informação a respeito da Mensagem e pouca absolvição. Deus dá unção ao pregador para ajudar o povo e se o povo não fica atento, isso pode cauterizá-los. Eles não conseguirão acompanhar a unção, receber o benefício, mesmo estando empanturrados de alimento. Por isso há pouca resistência. Assim eles não precisam de pastor e nem das mensagens.

Se nós pegarmos uma grande árvore e deixarmos um cipó enrolar em seu tronco, em pouco tempo ela estará tão embaraçada que chegará a morrer. De igual forma, ações e acontecimentos pequenos que nós não conseguimos resistir e progredir, podem causar uma morte paulatinamente (algo que acontece progressivamente).

O parasita é astuto como a erva de um passarinho. Mesmo a planta tendo uma aparência bonita, ele está ali dentro, comendo a seiva/vida dela. Através disso, vemos que precisamos arrancar todos os embaraços que dificultam a existência dos frutos, ao longo do caminho.

Ao tomarmos os conselhos Bíblicos nossas vidas ficam mais resistentes, caminhamos vencendo e seguindo ao alvo da soberana vocação. Em II Coríntios 4:8, São Paulo diz: “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados”. Portanto, tiremos as razões, os porquês, os motivos… Deus tem tirado de nós todas as desculpas.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Sigamos sempre olhando para Jesus! Deixemos as coisas que para trás ficam e sigamos para o nosso alvo. Olhemos para o nosso Alvo da soberana vocação, e as outras coisas perderão o valor.

Ministério

Ministério


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657