Santa Ceia | Assim Está Escrito

Nós não precisamos passar anos de nossas vidas com o nosso coração cheio de sentimentos que nos roubam o companheirismo com o Senhor Jesus, que seguram o prazer de estar com Ele, de senti-Lo. Não armazenemos sentimentos mórbidos em nosso coração, pois fomos escolhidos para ser o Povo que será o próprio Amor, eternamente.

Leitura Bíblica: Mateus 6: 14 – 15
Mensagens Citadas: O Messias, P. 30; A Maior Batalha Jamais Pelejada, P. 38.

Os sentimentos mórbidos podem até existir na via de um cristão, mas eles estarão ali como um “câncer”, algo que não deveria estar no organismo. Portanto, quando esses sentimentos estão em nossas vidas, devem ser extirpados, pois o Espírito Santo não abre mão de nenhum espaço em nosso coração.

Agora, o fato d’Ele não abrir mão, não é sinal de egoísmo, é um direito adquirido. O nosso coração é d’Ele. E em Salmos 51, vemos que quando Davi percebeu que seu coração estava abrigando alguns sentimentos mórbidos, ele pediu ao Pai para criar nele outro coração. Ele não aceitou nem que Deus limpasse aquele, isso porque ele não queria que algum outro sentimento, além do que o Senhor Deus traz, tivesse visitado aquele coração.

Uma vez que somos atingidos por ações desagradáveis constantemente, torna-se difícil manter nosso coração livre desses sentimentos lúgubres, contudo, não importa quanto prejuízo as pessoas causam em nossa vida religiosa, profissional, social e na vida familiar, não importa, o nosso coração não pode abrigar sentimentos mórbidos.

Nós até podemos ser impactados pelo sentimento de ira e/ou qualquer outro sentimento, inclusive, existem momentos em que a própria Bíblia nos diz para dar lugar à ira enquanto ainda está em tempo de irar-se, porque passado esse tempo, não se pode mais. Isto é, quando estiverem nos incomodando, não sejamos passivos, fiquemos nervosos.

Jesus Cristo ficou nervoso no templo, Ele se indignou tanto que Se tornaria um falso se não quebrasse as gaiolas. Se não tivesse tido tal reação, Ele seria um passivo e o templo não seria livre dos mercadores. Ser amoroso como o Senhor Jesus Cristo é, não O impediu de chutar as gaiolas, porque aquela era a hora, era momento d’Ele ser autêntico. Portanto, se ficarmos bravos, seremos um eleito bravo naquele instante.

Todavia, sabendo que a Palavra nos concede o direito de, assim como Jesus Cristo, nos irar, precisamos cuidar com mais diligência de nosso coração, pois Satanás não é um tolo, ele sabe o momento certo de nos atacar com sentimentos. Ele sabe que se armazenarmos o sentimento de raiva dentro de nós, não teremos nosso coração apto para o Amor habitar.

Olhando para esse quadro, constatamos que não é uma tarefa fácil chegar à estatura do Senhor Jesus Cristo, no entanto, o profeta William Branham chegou a ser o primeiro grão amadurecido, ele chegou à estatura e, se ele conseguiu, também temos motivos para segui-lo e conseguir.

Na mensagem ‘O Messias’, no parágrafo 30, o profeta William Branham diz que não precisamos morrer literalmente para obter essa estatura, ele afirma que devemos morrer para o mundo. Sendo assim, nós temos que morrer espiritualmente para esses sentimentos, porque eles são demônios, eles não são físicos, não são sentimentos humanos. Nós temos que morrer no interior, porque é no interior que Deus controla.

Nós não precisamos passar anos de nossas vidas com o nosso coração cheio de sentimentos que nos roubam o companheirismo com o Senhor Jesus, que seguram o prazer de estar com Ele, de senti-Lo. Não armazenemos sentimentos mórbidos em nosso coração, pois fomos escolhidos para ser o Povo que será o próprio Amor, eternamente.

Segundo Paulo, nós podemos conhecer todos os Mistérios, mas não havendo espaço para eles em nosso coração, como irão entrar? Como o Mistério da ‘paixão de Cristo’ irá entrar em nosso coração, se ele já está ocupado por sentimentos doentios? Não tem tal possibilidade. Esse é o motivo pelo qual muitas pessoas não serão arrebatados.

O desejo de Deus é que valorizemos mais o Seu Espírito, do que os espíritos mórbidos.

Pr. Wanderley Lemos

Pr. Wanderley Lemos

Um ministério aprovado e vindicado por Deus. Está na presidência do Ministério Assim Está Escrito, trazendo com todo temor e tremor à totalidade da Palavra Aberta. Dando segurança e tranquilidade ao seu povo para que digam: “Nisto nós estamos confiados!”


Um comentário

  • Avatar
    Alessandra Policarpo

    28/11/2020 as 14:28

    É verdade meu querido Pastor. Peço a Deus um coração puro e novo.Que esses sentimentos horríveis não permaneça nunca em nossos corações. Amém Deus Ti abençoe

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias