Última Semana de Janeiro 2020: Um alerta à Noiva, ‘quem tem ouvidos, ouça!’

Cuide das vestes, exerça os exames periódicos, veja a majestosidade da morte, conheça o que realmente é guerra...

Oh quão necessário é a limpeza das vestes na nossas vidas! Conforto, segurança e bem estar completo. Não é a marca. É a roupa. É a vestimenta.

Como sabemos, o Sumo Sacerdote necessitava de uma túnica para uma vez por ano adentrar no Santíssimo lugar (Hebreus 9:7); o cuidado era zeloso, e cada detalhe, representativo. Sabemos também que São Pedro, ao se encontrar com o Senhor Jesus Cristo, em um momento de sua vida, se amparou de suas vestes (São João 21:7). Já aquele rapaz, o gadareno, tendo um transtorno incomum, desfez-se de suas roupas. E Salomão nos conduz de forma ordeira a este respeito: ‘em todo tempo sejam alvas as tuas vestes, e nunca falte óleo sobre sua cabeça’ (Eclesiastes 9:8).

No domingo, dia 26 de janeiro de 2020, o pastor Maurício Nize, em sua visita à nós, cita a escritura de Apocalipse 16:15, onde podemos encontrar que no tempo da Vinda do Senhor, ‘manter as vestes intactas seria considerado uma bem-aventurança’.  E isso está correspondendo com Apocalipse capítulo 19, verso 7, escritura que nos mostrou, que, ‘o significado das vestes é nada menos do que a Justiça dos Santos’.

“Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas vestes”, isso é dito porque neste tempo no qual estamos vivendo o maior objetivo dos espíritos satânicos é rasgar as vestes de justiça da Noiva1 de Cristo. A quantidade de espíritos que desejam deixar a Noiva de Cristo nua nunca foi registrada na história! E como vemos ser cotidianamente alertado pelos ministros e pelo nosso profeta, todos estes espíritos são especialistas em assuntos os quais nós não fazemos ideia de sua magnitude.

No culto de oração ministrado pelo pastor Wanderley Vilaça, em 28 de Janeiro de 2020, durante a leitura dos Selos, ele acautela: ‘as pessoas acham que o diabo é bobo!’. E finalizando a escola dominical, o pastor Maurício Nize nos previne:

“É necessário que guardemos essas vestes para que os espíritos deste tempo não as tirem de nós. Precisamos nos atentar para manter as nossas vestes limpas, como diz em Hebreus 10:22, lavados com água limpa! Que possamos estar não somente vestidos, mas lavados com essa Água, não envolvendo-nos em situações que possam manchar nossas vestes”.1

No culto de oração, o qual mencionamos acima, o pastor Wanderley Vilaça lê a mensagem a ‘Revelação dos Sete Selos’, e atenta-se sobre o ‘ser cristãos nessa hora derradeira’. Diz que ser um cristão por causa dos efeitos estrondosos, impactantes e ilimitados, como por exemplo a presença -destacada por ele- de volume de águas na cidade e suas consequências, isso certamente não resultará para nós em uma vida íntima com Deus! Nas palavras ministradas por ele na noite em questão, o que deveríamos mesmos, é: ‘ser cristãos porque Deus abriu Sua Palavra diante de nossos olhos’. E disse mais:Deus não abre Sua Palavra se não for aos seus herdeiros2.

Agora, não foi isso aberto no culto anterior, e mostrado para nós pelo pastor Maurício? Não é essa a Abertura integral de Sua Palavra?

A presença do Espírito Santo somente é alcançada diante de Deus, ouvindo Sua Palavra. Pois a fé vem pelo ouvir, e ouvir da Palavra. Nós ouvimos, mas, o Espírito Santo é Quem rega a Palavra, nos tornando alegres, estimulados; pentecostais por experiências e não por placa -parafraseando nosso profeta.2

Fomos advertidos quanto ao que hoje se tornou febre na sociedade: a glamorosa tecnologia. Em um mundo científico e com uma medicina tão avançada… Resultado: São tantas doenças que não se vê o fim delas. Não se limita. E então é possível ver a presença do cavalo amarelo ceifando vidas de todas as maneiras, requintes e gostos.

Recebemos o aviso sobre o que realmente significa guerra, pois enquanto nós apenas a identificamos como uma desavença entre nações e povos, ela sorrateiramente está dentro das famílias (degladiando filho contra pai, esposa contra marido…), está dentro das igrejas, e… Uma verdadeira ‘unção de conflito’ em todos os lugares. Nos fez ver que até as famigeradas Fake News (notícias falsas publicadas por veículos de comunicação como se fossem informações reais) são uma versão da guerra; pois levam um/o país a estar em guerra mesmo sem disparar nenhum tiro, apenas por causar uma crise de confiança e credibilidade, uma instabilidade que gera guerras.

Espiritualmente falando: é visível a guerra de parágrafos, de influência, oposição a ministérios…. Pessoas mutiladas por balas de palavras e parágrafos. Soldados da cruz machucados por projetos de influências. Não é o que um irmão potente vai insinuar para outro mais potente ainda que nos importa. O que nos importa é enxergar o que está se esvaindo das pessoas! Irmãos que não mais se alegram cantando hinos de revelação. Apáticos. Feridos. Coisas que ocasionam revolta, morte:

“nos últimos dias as guerras dilaceram todos os bons sentimentos das pessoas.”

Satanás não irá enganar os irmãos com problemas. Ele agora tem sido como um vírus, e quando as pessoas se assustarem, ele já as terá corroído! Pois geralmente quando as ações de um vírus são descobertas já não há mais condição de contra-atacar. Por quê? Por ausência de exames periódicos! Da mesma forma vírus espirituais crescem em nossas vidas por nossa imprudência em não fazermos exames periódicos nelas. Por causa da falta de análises no laboratório chamado altar; nas nossas casas… oração constante. Satanás entrou nas casas dos crentes através dos meios de comunicação e da tecnologia e desestruturou todos os altares. Ninguém mais faz autoanálise! Não se vê meditação! Ninguém ora e todos estão consumidos. Muita ciência, pouca eficácia.

“não sejamos meninos, não sejamos adultos bobos -a designação de adultos bobos é o mesmo significado de virgens néscias.

 

Já no culto de Ministração da Palavra, dia 30/01/2020, o ministro Adelson Santos, nos desperta com uma ‘advertência para que a noiva não seja surpreendida pelo rapto’. E esta nos chama a atenção para aquilo que desvirtua os cristãos da Palavra de Deus, que é o propósito de Satanás o tempo todo, e para isso ele vem fazendo um forte trabalho insistentemente: 

“Quanto mais Satanás nos mantiver em qualquer coisa que seja, seja ela boa o quanto seja; qualquer coisa que nos tira os olhos da Palavra é um instrumento do diabo. Tudo que nos tirar das Escrituras, do mover de Deus, para a hora em que estamos vivendo, saiba que isso é o diabo trabalhando.3         

Em um tempo tão delicado, e ao mesmo tempo de entretenimento e vasto conforto, ‘a hora em que estamos vivendo é tempo que demanda muito equilíbrio. Nós precisamos muito de equilíbrio, pois o diabo está trabalhando para nos deixar meio tonto, sem saber por onde andar3’. No capítulo 17 de São Lucas, encontramos as ações do deus desta era em seu trabalho para manter as pessoas ocupadas de todas a maneiras para que não observem o que Deus está fazendo. Analogicamente: 

“Às vezes você está em uma pista, diante de uma grande reta e de repente você olha por ali a paisagem e quando você pensa que não, já tem um curva. E se você perder o traçado da curva? E se você sair do caminho?3           

E encerrando a semana de alerta, no Programa apresentado no dia 31 de janeiro de 2020, os ministros Wanderley Vilaça e Adelson Santos, retratam mais uma vez as ações do cavaleiro amarelo nos mínimos detalhes: ‘a morte em forma amigável e reconfortante nos dias atuais’. No que diz respeito a influências, o nosso arquirrival/inimigo, invertendo um quadro legítimo de Deus, no Quarto Selo, onde os fiéis debaixo da unção do sacrifício entregavam-se voluntariamente nas arenas sob o efeito da rendição a Deus, vemos pessoas similarmente na mesma ação, porém, escoltado por uma nuvem satânica.

“Se repararmos, iremos perceber que nenhum agricultor produz grãos para matar a fome das pessoas. Ele produz grãos para vender, isto é, pensando no comércio. E já foi estatisticamente comprovado que o alimento produzido mundialmente é suficiente para alimentar a população mundial, sem que absolutamente ninguém morra de fome. Mas nenhum agricultor produz pensando em ajudar as pessoas ou acabar com a fome que há no mundo, ainda que pessoas estejam morrendo, pois estão sendo movidos por um outro tipo de unção4.”

A condição alimentar possui tendência a danificar o organismo (ingestão exacerbada de produtos – não de alimentos, mas de produtos alimentícios!). Uma unção: Homens e mulheres que possuem prazer em comer, mas não possuem vida por meio daquilo.

“Assim, é necessário que avaliemos essas coisas, pois essa unção não veio para matar aqueles que já estão mortos (o mundo), e sim os que ainda estão vivos (os filhos de Deus). É por isso que o diabo tem se camuflado em coisas como aparelhos tecnológicos, remédios, alimentação, trabalho e coisas que aparentemente são inofensivas. E com isso ele tem tirado todos os estímulos e vida que uma pessoa carrega em si. Mas para nós que temos Cristo, há uma válvula de escape. Ainda há um caminho de Deus provido para nós4!” 

Uma semana de tantos avisos! Atalaia! Os gritos que advertem quem tem ouvidos, sinaliza a quem desejar se posicionar, e se esforça com toda diligência a quem clama por fé de rapto”.

Compilando os alertas trazidos a Noiva nesta última semana, e aqui citados: ‘Cuide das vestes, exerça os exames periódicos, veja a majestosidade da morte, conheça o que realmente é guerra, perceba de e do quê você se alimenta (natural e espiritual), enxergue o mínimo de ação de um vírus, e, NÃO SAIA DA FILA!’

Alertas e mais alertas nestes últimos dias a serem vividos na terra em uma separação total. Em um momento (hoje), em um lugar (aqui), em que se fosse possível até os escolhidos seriam enganados; pois são sutís e camufladas as ações do deus desta Era maligna.

“O profeta nos conduz que é necessário termos um pouco mais de percepção profética, capacidade de ouvir de Deus e instrução sobrenatural. Instrução sobrenatural não é se tornar sabidão de parágrafos; é intimidade com Deus. É conhecimento, como Abraão, que estava certíssimo de Deus2.” 

Notas: 

1 Trechos extraídos da síntese do culto ministrado pelo pastor Maurício Nize, ocorrido no Tabernáculo Belo Horizonte. Leia e assista clicando aqui.

2 Trechos extraídos do culto ministrado pelo pastor Wanderley Vilaça, ocorrido no Tabernáculo Belo Horizonte. Leia e assista clicando aqui.

3 Trechos extraídos do culto ministrado pelo ministro Adelson Santos, ocorrido no Tabernáculo Belo Horizonte. Leia e assista clicando aqui.

4 Trechos extraídos da síntese do Programa Assim Está Escrito ministrado pelos ministros Wanderley Vilaça e Adelson Santos, ocorrido no Tabernáculo Belo Horizonte. Leia e assista clicando aqui.

Um comentário

  • Avatar
    Anderson gloria silva

    07/02/2020 as 16:50

    Queridos irmaos esta e a pura Verdade, este e o momento que estamos vivendo!

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias


%d blogueiros gostam disto: