A Invisibilidade da Igreja é Uma Grande Proteção | Programa Assim Está Escrito 188 | 18/08/2017

Menu

Culto Online Web Rádio

A Invisibilidade da Igreja é Uma Grande Proteção | Programa Assim Está Escrito 188 | 18/08/2017

Programa Assim Está Escrito 188 – 18/08/2017 – Ministério Assim Está Escrito
Mateus 2 – 13 ao 23.
Satanás tem uma forma sorrateira de trabalhar; ele anda ao redor das pessoas, forjando uma armadilha para tragá-las. E uma de suas armas de trabalho é um radar com capacidade de detectar sutis sinais presente no povo de Deus. E esta é a razão pela qual devemos estar constantemente envolvidos com a Palavra. Pois a blindagem, a imunização, a vacina de Deus para nós contra as ciladas de Satanás é a Sua Palavra.
Satanás nos observa de forma camuflada e por isso, qualquer sinal de discordância, insatisfação, rejeição, desconforto e dúvida é uma porta aberta para que ele possa nos tragar, já que cada palavra ou ação nossa é levada em consideração por ele.
Nós fomos constituídos para ser e agir de forma alegre. Deus quer que sejamos assim. O andar frustrado, preocupado, insatisfeito com coisas adversas, é um sinal alarmante que damos ao radar de Satanás.
O semblante dos cristãos é receptivo, espontâneo, é constante, pois a alegria do Senhor é a força deles. As suas ações não dependem do que está à volta destes, mas depende do que está em seu interior: Deus.
Deus tem falado com quem está possuindo a terra, com quem está vivendo a Palavra, e não com aqueles que ainda estão no deserto. Não é tempo mais de Egito, não é tempo de deserto, o que temos ouvido e crido já não faz parte de um maná passado, maná é no deserto.
É hora de crescermos e entendermos que agora é tempo de possuirmos todas as coisas, de possuirmos aquilo que já colhemos. E se “já colhemos” quer dizer que já vencemos o inimigo, já fizemos morada e plantamos naquele lugar, e agora estamos trazendo o molho para ser movido.
Oh! A nossa fé já está acima de todas e quaisquer circunstâncias que possam intentar contra nós. Estamos subindo aos lugares altos da mensagem, os mesmos lugares que tivemos que subir para vencer determinados espíritos, mas agora subimos para trazer ramos, material para a nossa nova habitação: um corpo transformado. Agindo assim, somos imperceptíveis perante o radar de Satanás.