A Nossa Trajetória Até Que Aconteça o Rapto | Pastor Wanderley Lemos | Culto Escola Bíblica Dominical | 06/08/2017

Menu

Culto Online Web Rádio

A Nossa Trajetória Até Que Aconteça o Rapto | Pastor Wanderley Lemos | Culto Escola Bíblica Dominical | 06/08/2017

Quando Israel foi tirado do Egito, eles já eram o povo de Deus, foram para lá por desobediência.
E como Deus sempre seleciona seu povo, nessa caminhada de saída Ele assim fez também. Os selecionados não foram atraídos pelas palavras e festas de Datã e Coré, que provaram que expor o sinal não era suficiente, eles o fizeram e seguiram juntos até a ausência momentânea de Moisés. Essa ausência do profeta mostra a identidade das pessoas.
Hoje muitos não entendem que essa ausência física, não tem muita importância, porque o Deus do profeta continua presente em nosso meio.
Nunca houve no mundo uma mensagem com tanta interpretação, como a mensagem de William Branham. Sabemos que não é necessário ouvir a voz fonética do profeta, como também não ouvimos a voz fonética de Jesus, contudo, temos todas as escrituras e mensagens em nossas mãos!
Nosso profeta veio ligar todos os cabos soltos para entendermos que o povo desta hora é a noiva de Cristo, por isso devemos crer nos Selos abertos.
Para ser um autêntico filho de Deus é necessário ter uma escritura e um registro e, Cristo nos deu a escritura no calvário e nos deu o registro quando revelou todo Seu plano na abertura dos Selos, nos fazendo enxergar nossos nomes registrados neste livro.
Como na caminhada do Egito, Deus seleciona e prepara os Seus. Nessa saída saiu todo tipo de pessoas e, logo após algum tempo, já havia alguns reclamões. Pelo caminho, foram sendo lapidados como o ouro, onde toda escória (algumas pessoas) foram sendo tiradas. O diabo usa palavras doces para conquistar, mas Deus golpeia com sua Palavra para lapidar os Seus.
Às vezes, passamos por momentos incompreensíveis, mas nos mantendo firmes estamos refletindo mais e mais a Glória do Senhor.
Moisés desceu com as tábuas da lei nas mãos, mas nosso profeta desceu do Canion Sabino com a Espada do Rei na mão, A Palavra! Caiu na mão dele para ser distribuída para o povo de Deus. Sabemos que toda religião cristã crê em Jesus, mas é necessário crer nessa Espada do Rei na mão do profeta para cortar tudo que é contrário à Palavra.
Antes que qualquer coisa existisse, já estávamos na mente de Deus. E muitos dizem que cremos que Jesus já veio. Não! Cremos que Ele desceu para nos revelar os Selos e assim, entendermos todo plano de Deus!
Nosso Deus tem poder de nos dar tudo que queremos, mas para isso é preciso crer Nele! E nós recebemos as bênçãos não por tocar, mas por crer. A mulher do fluxo de sangue tocou, mas por uma inspiração de fé, o seu toque foi o Amém à Palavra. Também temos Hattie Moser, ela estava num patamar elevado onde não pensou em pedir coisas naturais, mas sim espirituais.
Se pensarmos nessas verdades, venceremos qualquer obstáculo!
Nesse patamar não tem mágoas, não se tem inimigos. Pode-se pensar em Jesus e Judas. Jesus era amigo dele, se Judas era traidor, era problema dele.
Dizer Amém a toda Palavra nos tira de um estado e nos coloca em outro.
Gostaríamos de estar em um estado onde podemos pedir e Deus nos atender? É nos momentos de fraqueza que devemos engrandecer A Palavra do Senhor!