Correção Significa Livramento E Não Revolta | Programa Assim Está Escrito 206 | 22/12/17

Menu

Culto Online Web Rádio

Correção Significa Livramento E Não Revolta | Programa Assim Está Escrito 206 | 22/12/17

Leitura Bíblica: II Timóteo 3

Sintetizando os dois cultos de Comemoração de 40 anos de Ministério do Pastor Raimundo Maia, o pastor Wanderley e seus ministros falaram do quanto é preciso e importante a correção.
A igreja de BH tem pelo pastor Raimundo a mesma consideração que eles têm por nós, e o pastor Wanderley ficou impactado com a linha de consciência do que realmente é ser pai, mãe e filho de fato, em especial a educação da família.
Correção não é agressão e sim livramento da deformação do caráter e da delinquência. O apóstolo Paulo nos diz, em Hebreus 12:7: “Que filho há a quem o pai não corrija?” Existem momentos em que a correção é pela Palavra, mas especificamente em provérbios 23:13 essa correção (vara) é literal .
Ser corrigido não é bom e, às vezes, até ficamos bravos, mas ao ver onde iríamos cair mudamos nossa atitude.
O testemunho dos filhos do pastor Raimundo derrotou a máxima de satanás de que não se pode corrigir filhos. Mas, para que a correção seja eficiente, os pais precisam conhecer a mensagem do profeta William Branham.
Se o filho é malcriado, a culpa é dos pais. Mas, onde criá-los? Somente na Abertura da Palavra.
Correção verbal de pai e mãe hoje não adianta nada. Só o diabo tem essa mente “brilhante” de que não se pode corrigir um ser que ainda não sabe nada, sendo que a falta de correção e tutela desses pais é que deixam as crianças vulneráveis.
Vimos, no testemunho presenciado em Curitiba, filhos corrigidos que não esboçaram nenhuma palavra ou sentimento de revolta pelo pai, devido às correções recebidas, muito pelo contrário.
Só o eleito escapa da profecia de II Timóteo 3. Qual o problema dos pais hoje? Filhos desobedientes a pais e mães.
O profeta nos ensinou o que é correção e o que é espancamento. Os filhos que são corrigidos estão recebendo livramento e tem que ser agradecidos, ao invés de despertarem revolta.
Infelizmente, muitos pais trocam a correção por presente, e esse é o demônio da hora: corrupção e propina.
Adolescentes da época de São Paulo comparados com os de hoje eram querubins, mas quem vive a Bíblia hoje para que os filhos vejam o sermão vivido?
O nosso ministério educa nossos filhos sem vara, ou seja, pela Palavra, e deveríamos ser mais gratos a ele. O pastor Wanderley ensinou nossos pais a nos corrigir e nos educar dentro da Palavra.
Educação é a convivência dos pais pelo exemplo.
Que tipo de lar um latrocida foi educado? Por isso são delinquentes (pessoa que comete delito, crime).
Devemos chamar os pais à responsabilidade para com os filhos, ensinando-os o caminho que devem andar.
A máxima do Espírito Santo é a Palavra, a instância superior a que recorremos para lidarmos com nossos filhos ensinando-os a obedecer somente o que a Palavra diz. Assim, estaremos livrando-os do inferno, mas para isso precisamos de habilidade para ouvir de Deus.
O profeta William Branham nos diz que a delinquência hoje não é dos filhos, mas sim dos pais. Baseado nessa citação do profeta, um pai que não corrige seu filho é um delinquente, assim como uma pessoa que ainda tem televisão dentro de sua casa.
Programa dedicado a todos os pais, mães e filhos.