Eu Sou o Banquete do Rei | Pr. Samuel Nascimento

Menu

Culto Online Web Rádio

Eu Sou o Banquete do Rei | Pr. Samuel Nascimento

O Rei preparou uma festa com duração de sete dias e ornamentada com as sete cores do arco íris do pacto, e cada uma dessas cores expressam os atributos Do Doador desse pacto. Sendo essas: Vermelho; amor, Laranja; caráter, Amarelo; juízo, Verde; vida, Azul; verdade, Anil; verdade vindicada e Violeta; realeza e sacerdócio. E nesta festa, O Rei decretou que beber era lei e que deveria ser servido vinho real em taças de ouro a todos os convidados Dele, respeitando o gosto de cada um. Ou seja, quem quisesse beber bastante que assim fosse mas quem quisesse beber pouco que assim de igual modo fosse respeitado. E os convidados começaram a beber e beber e beber, aproveitando cada gole do vinho do Rei, e assim participaram da festa e se estimularam com a revelação que estava sendo manifestada naquela festa. Também foi decretado que era para se beber em taças diferentes, elas eram todas de ouro mas diferentes uma da outra, mas o vinho tinha que ser o mesmo para todos.
No sétimo e último dia da festa, O Rei já estando alegre ordenou a sete eunucos (anjos) que trouxessem a sua esposa Vasti em Sua presença, pois Este tinha por desejo introduzir em sua esposa um filho. Mas ela se recusou ir até a presença Do Rei. Então O Rei perdeu o desejo por sua esposa e mandou chamar a sete sábios e o sétimo sábio tinha por nome Memucan (Com 7 letras em seu nome), e foi este quem sentenciou tudo o que deveria ser feito com Vasti (Ester 1: 16 ao 21) já que a mesma recusou entrar na presença do Rei pelas mãos dos eunucos. E O Rei gostou tanto daquilo que promulgou aquela sentença por todas as províncias, conforme as línguas, dialetos de cada povos. Então disseram ao Rei que ordenasse ao seus oficiais (apóstolos, profetas, evangelistas , pastores e mestres) que buscassem moças virgens por todas as suas províncias. E assim moças virgens foram reunidas em uma casa durante um ano, para que assim soubessem se as mesmas já carregavam um filho em seus ventres. E chegando o dia das moças se apresentarem ao Rei, um homem por nome de Hegai (Generoso) que fora ordenado pelo Rei para cuidar das moças e que conhecia todos os gostos Do Rei, se agradou de uma das moças que tinha por nome Ester, então ele revelava todos os gostos Do Rei a ela.
Então Ester se enfeitava como O Rei gostava e as demais com seus próprios gostos pessoais. Então chegado o dia de se apresentarem ao Rei, todas se punham perante Ele, e se Este a chamasse pelo nome, seria esta que tinha O agradado, e aquelas que não O agradasse saia de Sua presença levada por um homem que tinha por nome Saasgaz (Homem cruel). Ester conhecedora dos gostos reis, se apresentou perante O Rei e Este então se agradou dela e a chamou pelo nome. E desde então, nada tirou Ester da presença do Rei …