Prosseguindo, Focados No Prêmio Da Soberana Vocação | Min. Fernando Alves | 23/11/2017

Menu

Culto Online Web Rádio

Prosseguindo, Focados No Prêmio Da Soberana Vocação | Min. Fernando Alves | 23/11/2017

Leitura Bíblica: Romanos 4: 13 -25

Mensagens citadas: OLHE; OUVI, MAS AGORA VEJO.

Hoje há uma discussão sobre algo que tem atingido muitas pessoas: Síndrome de Déficit de Atenção. Este transtorno leva as pessoas a não terem foco, concentração, no que fazem. A causa disto é que são atraídas facilmente por estímulos laterais. Este é o tempo em que o profeta disse que Satanás usaria os poderes da quarta dimensão, muitos sons e imagens, para distrair a atenção das pessoas, tirando delas o foco. Através da tecnologia estamos vendo isto hoje no mundo. O natural tem repercussão no que acontece no espiritual, em proporção muito maior. Mas, a característica do eleito é estar atento e focado naquilo que Deus está fazendo hoje, pois esta é a garantia de que será transformado.
Assim aconteceu com Abraão. Ele não estava focado na condição de seu corpo. Não olhou para as circunstâncias. O que Deus prometeu era um paradoxo, mas ele estava certíssimo. Seu foco era a promessa, e a razão de não ter se enfraquecido foi porque ele glorificava a Deus, crendo que Ele era poderoso para realizar o que prometera! Confesse a bênção mesmo antes de ser materializada. O nível de fé que Deus tem nos elevado é: “Diga uma só palavra e o fato está encerrado.” E a Palavra já foi dita!
Nos dias do profeta foi assim que aconteceu. No caso do homem cego e do pai do rapaz com “difteria negra”. Eles não focaram na cegueira ou no que mostravam os aparelhos, mas eles olharam para a promessa.
A mensagem que cremos é sobrenatural. O nosso chamado é sobrenatural.
Na mensagem OLHE, o profeta disse que todo o exército cristão é sobrenatural. Diante da população mundial, a porcentagem de quem vê a manifestação da Palavra é ínfima, e isto já nos coloca em uma posição privilegiada.
O poder para sermos trasladados veio através da Abertura da Palavra. O portal para a imortalidade foi aberto. Antes foi só para Enoque, mas agora é para um povo, uma igreja.
O que acontece com a igreja hoje é um paralelo com o acontecido com Abraão. Ele se alimentou dos seios de El Shaday (Velho e Novo Testamentos) e se fortificou. Hoje, nos alimentamos do Corpo Palavra do Filho do Homem.
Quando Elohim desceu e visitou Abraão em carne, foi apenas para confirmar a promessa, pois seriam transformados e receberiam o filho prometido. O mesmo tem acontecido hoje, pois temos recebido a visita do Filho do Homem nos trazendo o poder de transformação. Já podemos glorificar a Deus por essa benção, pois estamos sendo raptados. Estamos estimulados e crendo piamente que a hora tem chegado!
Não podemos errar o alvo. O profeta nos mostra isto, dando como exemplo seu rifle Winchester. Se a arma atingiu a marca uma vez, ela tem que atingir sempre. Se uma Escritura funcionou uma vez, tem que funcionar sempre. Se estamos focados no alvo.
Jó perdeu tudo, mas não murmurou. Ele adorou a Deus! Mesmo diante das dificuldades e do que dizia sua mulher e amigos. Ao contemplar a natureza (Bíblia) percebeu que uma árvore podia renascer, e por fé, que é revelação, ele pôde dizer: Eu sei que O Meu Redentor vive! Jó prosseguiu focado na soberana vocação, e assim pode estar entre os santos na ressurreição de Mateus 27: 52.
Em Coríntios 9:24-27 Paulo dá a receita para ser um bom maratonista. Um treinador divide a corrida em três etapas. Na primeira etapa mantenha suas passadas firmes e constantes. Na segunda etapa não olhe para os lados e mantenha se junto com o primeiro pelotão. Na terceira etapa coloque toda a sua força. Descole-se do pelotão e avance! Essa é a mais gloriosa etapa, pois já podes ver a linha de chegada. Mas é a hora mais perigosa, pois você começa a ser traído por seus sentidos. Mas a voz do treinador diz: “mantenha o foco”!