Recebendo Revelação Para Manejar A Espada Do Rei | Programa Assim Está Escrito 209 | 12/01/2018

Menu

Culto Online Web Rádio

Recebendo Revelação Para Manejar A Espada Do Rei | Programa Assim Está Escrito 209 | 12/01/2018

Recebendo Revelação Para Manejar A Espada do Rei

Leitura Bíblica: Apocalipse 1: 17 e 18

Quando o Senhor Jesus Cristo se revela a João, em Apocalipse, apresenta-se como Aquele que está vivo para todo sempre e que venceu a morte e o inferno. João, a princípio, ficou temeroso com aquela visão, mas Cristo lhe disse: não temas! Este é o conselho que temos ouvido também neste tempo em que o Anjo Forte tem se manifestado a nós, tirando todo medo de tomarmos as promessas de Deus para nós.

O medo é a maneira pela qual Satanás tenta propagar seu poder, em forma de blefe, mas para isso foi nos dado o Espírito Santo para nos equipar através da armadura de Deus, dando-nos a maior arma que é a Sua Palavra. Com toda armadura de Deus, podemos resistir todas as ciladas do inimigo e, por isso, vencemos os domínios da maldade, reconhecendo as armadilhas do inimigo.

Na mensagem A Brecha, parágrafo 15, o profeta nos mostra que ainda que a Espada seja a Palavra, é necessária mão forte de fé para segurá-la e pelejar contra o inimigo. Não adianta a pessoa ter toda a Palavra apenas no intelecto se ela não foi treinada para manuseá-la no momento de adversidade, já que a Espada, que é a Palavra, exige uma mão forte de fé, para que o indivíduo tome posse de todas as promessas.

Quando Cristo vem a nós, a princípio, Ele nos revela quem Ele é e, num segundo momento, Ele nos mostra quem somos. Tudo isso é para que possamos manusear a Espada Palavra e tomarmos posse daquilo que Ele já conquistou por nós.

Vemos que Deus treinou o profeta por longos anos para que a Escritura de Marcos 11:23 fosse vivificada em sua vida. Mas, quando chegou o momento provido por Deus, o profeta estava com sua mão forte de fé segurando a Palavra, e Deus mostrou que Sua Palavra é uma infalível realidade quando permitiu que o profeta chamasse os esquilos à existência. O mesmo poder tem sido entregue aos eleitos nesta hora, pois a Palavra é viva e eficaz! Naquele momento, a necessidade do profeta era de esquilos, logo depois a irmã Hattie tinha necessidade da conversão de seus dois filhos. E hoje, qual é sua necessidade?

Na mensagem Unidade, parágrafo 26, observamos que devemos ter fé não apenas para conquistarmos bênçãos temporais, mas todas as promessas, sobretudo bênçãos espirituais, que são obtidas pela esposa do Cordeiro por meio da revelação que nos foi dada, falando-nos da eternidade. A necessidade da mão forte de fé é porque a revelação é que coloca a Palavra em funcionamento, sendo vivificada em nossas vidas. Por isso, o inimigo tenta nos impedir de adentrarmos no canal da revelação, pois sabe que ao reconhecermos que somos predestinados para sermos mais que vencedores, nenhum poder das hostes da maldade podem se parar em nosso caminho. Isso nos coloca numa posição de provarmos que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente! Assim, verdadeiramente estamos levantando-O e tirando-O da história!

A revelação mostra os planos do inimigo para tentar fazer com que a igreja não exerça o poder que tem sido outorgada a ela por Cristo. O inimigo, por meio do anticristo, tem feito com que a igreja de Laodiceia seja morna, formal e impotente, mas a verdadeira igreja do Deus Vivo, chamada para fora, está pegando fogo com a luz do Evangelho e não tem sido atingida pela morte, pois tem recebido o Espírito Santo! Portanto, se você se vê na Palavra Revelada, certamente você não temerá e tomará com ousadia a Espada com mão forte de fé para viver a maior promessa deste dia, que é nossa trasladação, mudança de corpos.

Em Colossenses 2 – 13, vemos que Cristo, ao derrotar o inimigo, expôs publicamente nosso adversário, mostrando que a cédula que era contra nós foi rasgada e que o inimigo não tem mais nenhum direito sobre os filhos de Deus. Satanás age como um posseiro, tentando nos impedir de vivermos em nossa herança, mas o Livro de Redenção foi aberto e o título de propriedade tem sido entregue em nossas mãos, mostrando nossos nomes como reais herdeiros de tudo que o Cordeiro comprou por nós. Somente creia, tudo é possível! Não temais!