Nenhum comentário ainda

Se Queres Ganhar Comece a Perder

“Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á” –  Mateus 16:25

Ainda pequenos, quando somos crianças inocentes já começamos a receber estímulos para sermos ganhadores. Desde essa fase, nas mais singelas brincadeiras, queremos sempre ser ‘o vencedor ou o mais forte’. Com o passar do tempo, na medida que vamos crescendo, essa avidez por ganhar se torna cada vez mais intensa. Ganhar vem do instinto humano, seja qual for a situação, sempre é normal do homem querer se sobressair, tirar algum proveito para obter triunfo. Pois perder traz frustração, ninguém quer ser visto como um perdedor, não existe mérito nenhum nisso.

Ser um vencedor é característica de todo cristão, estamos sempre lutando em busca de nossas vitórias. O cristão não foi chamado para viver acomodado com as adversidades da vida, e sim para lutar e vencer. Talvez surja nesse momento uma contradição com o título do artigo, que porventura parece incitar a perder, mas a grande questão é o que temos visto como perder ou ganhar. Quais têm sido as nossas batalhas? Qual é a vitória que estamos buscando? Se respondermos essas questões de um modo geral, ganhar para o cristão resume-se em salvação, em arrebatamento. Nossas batalhas consistem em vencer os deleites do mundo e as investidas de Satanás. E nós como cristãos, precisamos nos aprofundar nessas pequenas coisas, que as vezes não são perceptíveis, pois são “as pequenas raposinhas que danificam a vinha”.

Muitas das vezes, pensamos que o problema está no mundo ou em Satanás, mas não nos dando conta de que nós mesmos somos os causadores de coisas hostis em nossas vidas. Quantas vezes nos encontramos firmados em nossas próprias convicções, criando em nossas mentes interpretações das coisas da forma que nos consente. Assim, vemos apenas as coisas grandes, quando o que precisa ser visto são as coisas pequenas, como as nossas próprias atitudes. A verdadeira grande batalha do cristão está em vencer a si mesmo.

 O nosso instinto de ganhador, na maioria das vezes está em nossas conversas, pois sempre queremos impor os nossos pensamentos e concluir com os nossos argumentos, pois é difícil demais ouvirmos aos outros e nos calarmos, queremos provar que estamos certos. O dinheiro é outro grande ganho humano, sacrificamos tempo, família e até Cristo por causa dele, se não tivermos o Espírito Santo. Nossas coisas são sempre as melhores, e se outro superar, custe o que custar vamos tentar ultrapassá-lo a todo custo. Tudo pode ser motivo para ganharmos de alguém, como: aparência, popularidade, situação financeira, entre outros. Se caso o indivíduo não tiver nenhuma dessas formas de se sobressair sobre os outros, pode até usar de “humildade” para se destacar.

No mundo, grande é o homem ganhador dessas coisas, mas para o cristão a vitória está em outras coisas, e inconcebíveis para o incrédulo. O irmão Branham tinha prazer em ver os outros ganharem até em um jogo, quanto mais em uma discussão. O ganhar para nós deve ser o perder para o mundo. Podemos nos lembrar de um velho bordão que diz: “Sou crente, mas não sou bobo”, afirmamos para você que se queres de fato ser um cristão, prepare-se para ser bobo para o mundo.  O cristão vive uma vida de abnegação, como lemos em diversas vezes nas cartas do Apóstolo Paulo. Jesus obteve sua grande vitória sacrificando-se por todos nós, o que para muitos naquele tempo parecia a derrota Dele, mas era na verdade o Seu ganhar.

Todo aquele que quiser ganhar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor Dele achá-la-á, segundo as palavras de Jesus Cristo em Mateus 16:25. Perder a vida por amor de Cristo, significa renunciar todos os ganhos do mundo; ser um perdedor. Podemos perceber que as palavras ‘ganhar e perder’ têm significados contrários. Cabe a nós decidirmos se seremos ganhadores para o mundo ou para Cristo. Através do Espírito Santo em nosso ser, podemos sentir prazer em não satisfazer o próprio ego, vencendo o extinto e os estímulos do mundo, nos tornando um com Ele. Nos resta uma decisão: Ser ganhador ou perdedor? Depende! Se na visão de Cristo quiseres ganhar, comece a ser um perdedor na visão do mundo.

Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras –  Mateus 16:26-27

Redação Assim Está Escrito

Postar um comentário: