3

Adversidade, a Brecha Para o Sobrenatural

Mensagem: O Arrebatamento – 12: “Agora nós cremos que haverá um rapto. Todos os cristãos crêem nisso. Todos os que lêem a Bíblia crêem que haverá um rapto. E agora lendo nas Escrituras para obter a base, leremos no Salmo 27: O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O senhor é a força da minha vida; de quem me recearei? Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos investiram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram. Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nele confiaria. Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e aprender no seu templo. Porque no dia da ADVERSIDADE me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; por-me-á sobre uma rocha. Salmo 27:1-5

De acordo com o dicionário de sinônimos, ADVERSIDADE significa infortúnio, contratempo, obstáculo. Ser Eleito não significa que estamos imunes às adversidades que o tempo nos impõem. Mesmo ouvindo sobre o poder da Palavra, sobre o poder da Oração, quando o problema chega a nossa carne, normalmente nos manifestamos de forma negativa e racional, e esse é o primeiro erro. Abrimos uma brecha, mas não para Deus. Procuramos recursos humanos. (Vamos à médicos diversos e em cada um deles nos deparamos com uma perspectiva pior que a outra: fazemos vários exames, ultrassonografia, punção guiada por ultrassom, ressonância magnética, tomografia, exames de sangue… e a cada resultado que chega dois novos caminhos se abrem, o do medo e o da reclusão. E novamente ouvimos a carne falar mais alto: ESTOU MORRENDO!) Nessas horas ignoramos o poder da fé e acabamos a beira da incredulidade pois negligenciamos o poder de Deus e seu sacrifício por nós, como está explícito no livro de João:

“Em verdade, em verdade vos asseguro que aquele que crê em mim fará também as obras que Eu faço e outras maiores fará, pois eu vou para o meu Pai. E assim, seja o que for que vós pedirdes em meu Nome, isso Eu farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se vós pedirdes algo em meu Nome, Eu o farei.”
João 14:12-14

E então caímos exatamente na experiência que o profeta Irmão Branham nos descreve na mensagem ‘Perseverança’ pregada em 18 de fevereiro de 1962, parágrafos 238 e 239:

238:(…) Um homem aqui a algum tempo atrás estava me dizendo, disse que ele foi a… disse, “Vocês sabem, um… um diabinho mais ou menos deste tamanho se colocou diante de mim certa vez em um sonho”. Ele disse, “Aquele diabo disse, “boo”, e eu “umph”. E disse, disse, “cada vez que eu pulava para trás, ele crescia e eu diminuía”. Disse, “A primeira coisa que você sabe, “boo”, e eu pulava para trás. E ele… cada vez era “boo, boo” pulava dele. Disse que ele foi se afastando, afastando, afastando. Disse, “Ele ficou maior do que eu era”. E disse, “Eu sabia que eu tinha que lutar com ele. Então eu… eu não encontrei nada, então eu simplesmente apanhei uma Bíblia, e eu… ele fazia “boo”; eu fazia “boo” também”. Disse, “Ele foi ficando pequeno”. Isto é certo.

239: “Isto é o que você tem que fazer, tomar a Palavra de Deus. Você não tem que dizer “boo”, mas diga “Assim Diz o Senhor”. Seja perseverante, firme na Palavra! É verdade. Nós cremos na Palavra hoje. Nós cremos Nela como Micaías creu. Nós cremos Nela como o restante deles creu. Não importa quantos dizem que Ela está errada, Ela ainda é a Verdade. Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. “Aquele que crer em mim, as obras que faço também as fará”. Poderia algum homem te curar? Não, senhor. Isto já, você já foi curado. Pode algum homem te salvar? Isto já foi feito. Quantos crêem nisto? “Ele foi ferido por nossas transgressões. Ele foi moído por nossas iniqüidades”. É isto correto? Certo. “E pelas Suas pisaduras fomos sarados”, passado. Tudo que Ele pode fazer por você já está feito.”

Até que Deus vem com sua infinita misericórdia e fala conosco, e nos acorda nos fazendo perceber o Seu poder, Sua glória. E Ele então usa homens, tabernáculos viventes, para nos mostrar que Ele é o Todo Poderoso. E então nos presenteia com títulos: “Renovando As Forças Para Cumprir a Missão Com Entusiasmo”, ‘Sofrendo as Aflições Para Manifestar o Sétimo Selo’, ‘Deus Manifestado Hoje Na Noiva: Esta é a Promessa’, ‘Não Somos Salvos Pelas Obras, Mas A Salvação Manifesta Boas Obras’, ’Alcançando os Requisitos Para Usar o Poder da Palavra Falada’, ‘A Fase Presente do Ministério da Esposa de Cristo’, ‘Progredir Cada Vez Mais’, ‘O Meu Testemunho É Verdadeiro’… e dentre muitas outras pregações. (Especialmente estas fizeram-me ter uma ideia do plano de Deus em minha vida e cantar Firmado em Meu Absoluto de uma forma diferente, vivendo o que cantamos).

A serenidade toma conta novamente! A força e, a coragem para enfrentar os problemas brotam sobrenaturalmente em nossa vida nos fazendo perceber que não é necessário carregar todo o fardo sozinho. Que temos o ministério acessível; pais e mães que nos adota; irmãos de todos lugares que oram e lutam conosco… O primeiro grande passo para vencer, foi e é me/nos abrir com o ministério: os anjos de Deus aqui na Terra. Obviamente Satanás não gostou e não gosta, pois agora nós, os Eleitos, fazemos: “boo”! (Sua ira foi notória! Dizem: existe chances de amputação. Seu pulmão está todo tomado por doenças. Será metástases? Tuberculose? Você não pode operar com esses resultados. Você está fraco! Cada médico especialista lançando mensagens de desânimo e desencorajamento).

Mas irmãos, quando estamos firmados em nosso absoluto e reconhecemos as promessas de Deus em nossas vidas nada pode nos deter. E então surge uma nova brecha. A brecha do sobrenatural! Deus usando as adversidades para nos mostrar o sobrenatural, e nos levar para uma vida mais íntima com Ele. (E então a primeira cirurgia, dois nódulos retirados, um deles com todas as características de uma metástase, mas o resultado: um fungo. Deus tirou o câncer do pulmão e deixou uma pequena sujeirinha para que os médicos pudessem limpar: os médicos não entendem como Deus age! Seis foram os médicos que não acreditaram no resultado. Repetiram os exames no material retirado e foi confirmado: nem câncer nem tuberculose. Primeira vitória conquistada! Satanás para escanteio novamente e toda glória a Deus, que, mostrou-nos que é somente crer! Uma semana mediou o tempo entre uma cirurgia e a outra. Vários parágrafos me foram enviados, aumentando a convicção das promessas que Deus nos deu, e me deu. Até que chegou “O DEUS IMUTÁVEL TRABALHANDO DE UMA MANEIRA INESPERADA”, que foi mais uma prova que Deus estava comigo, e está conosco. Três parágrafos na mensagem, O Deus Imutável Trabalhando De Uma Maneira Inesperada, pregada em 20 de janeiro de 1962, firmaram ainda mais o meu fundamento).

Parágrafo 73:
“Tome posse da promessa de Deus e diga: “Deus, Tu prometeste me salvar.” Segure-se nisso. Fique bem ali até que você seja salvo. “Deus, Tu prometeste encher-me com o Espírito Santo.” Fique bem ali até que você seja cheio do Espírito Santo. Se você está enfermo, diga: “Tu prometeste me curar. Estou ficando bem aqui até que Tu me cures.” Aí está. Esta é a maneira de fazer. Fique com isto. Deus é infinito. Ele é imutável. Ele não pode mudar. E Ele o faz de maneiras inesperadas, mas aguardem até que venha. Não digam a Deus o que, ou como vocês querem que Ele faça. Ele o fará da maneira que Ele quer fazer. Veem Não Lhe digam como fazê-lo.”

(Deus deseja que façamos prova d’Ele e é isso que devemos fazer. É isso que eu faço! Este tem sido meu segredo de vitória, que, acrescentou-me temperança para não viver em altos e baixos. Venci a outra cirurgia, sem amputação, sem perda dos movimentos da mão, pouquíssima perda sensorial e uma cicatriz, que para mim é um marco. Um memorial das minhas promessas para com Deus e de Deus para comigo. O outro parágrafo está na mensagem Os Memoriais De Deus Testados Pelo Tempo, pregada em 18 de agosto de 1957).

Parágrafos 104-105 e 109:
104: “Finalmente, lá atrás na fila vinha um pequeno soldado. Ele não tinha nenhum escudo para polir, nem tinha uma plumagem para arrumar. Mas ele andou diante de César, ele nem sabia como fazer uma saudação corretamente, ele simplesmente inclinou a cabeça e passou. César disse: “espere um minuto, quem é você? Volte aqui”. Ele subiu até ali, olhou para ele, só cicatrizes em seu rosto, cortado, desfigurado e aleijado. Perguntou: “Onde você recebeu essas cicatrizes?” Ele respondeu: “Na batalha, lutando por meu senhor César”. Disse: “Suba aqui e se assente do meu lado. Você é um que foi testado e provado”.
105 Irmão, não é tempo de alisar penacho, não são dias de educação; é tempo de teste. É um tempo em que Deus está testando Sua Igreja para encontrar cicatrizes de batalhas das duras provações, lutas e batalhas.”

109: “E quando chegamos a determinado verso: “Por muitos perigos, labutas, armadilhas, que tenho passado; foi a graça que me trouxe salvo até aqui, e é a graça que me levará”. Oh, isso comoveu o coração das pessoas. Cremos que isso estava alinhado com a mensagem desta noite, que foi sobre um tempo de teste. “Através de perigos, labutas e armadilhas.” Foi para ajudar os cristãos, aquele que está se examinando agora e sabe que tem se mantido fiel pela graça de Deus.”

Redação Assim Está Escrito

Comentários(3)

  1. Responder
    Divina Maia says:

    TREMENDO,LOUVADO SEJA DEUS,é a MAIS PURA VERDADE.
    A cada estou mais perto de CRISTO.
    BÊNÇÃOS a todo ministério do AEE.
    SHALOM AMADOS.

  2. Responder
    Layla says:

    Amém

  3. Responder
    Wesley says:

    Glórias ao Senhor!!!

Postar um comentário: