4

Feliz dia das Mães

Como se forma uma mãe?
Uma mãe não se forma. Ela se manifesta!

Quando criança, uma menininha ao brincar com bonecas se faz mãe de mentirinha. Porém, com o passar do tempo a boneca vai perdendo atração, e um dia é jogada fora. Fica pelos cantos!

O tempo continua a passar e quando mocinha começa a carregar o bebê de uma outra mãe; o ama a ponto de brincar, carregar, beijar… mas quando ele começa a chorar, ou se suja a mocinha logo o entrega à sua mãe verdadeira.

No entanto, quando nasce o seu próprio filho(a) ela se torna mãe de verdade. São nove meses gerando uma outra vida dentro de si… meses nos quais começa a se acostumar a não viver ‘só’. A não estar sozinha. A partir de então tudo é dividido; muitas vezes em partes desiguais; pois a maior parte sempre será para o filho!

Uma mãe de verdade nunca joga seu filho (a) pelos cantos; não importa se ele está chorando ou se está sujo. Pelo contrário, nada irá separá-lo dela! Ela o ama tanto que é capaz de se render por ele.

A mãe amadurece enquanto o filho cresce.
A mãe adoece enquanto filho ganha vida e saúde.
A mãe cede para que o filho ganhe.

Porém toda essa perda é o grande segredo desse ser único, “Chamado mãe”. Pois ninguém mais tem a capacidade de enxergar nos prejuízos a oportunidade de se tornar tão melhor… tão plenamente formada como uma mãe tem.

O triste é que depois que a mãe se forma plenamente, ela se vai…. se vai da vida. Se vai da gente!

E mais triste ainda, é que alguns filhos (as) de mães formadas se vão delas. Deixam-as sós! Escanteadas numa casa vazia… às vezes chorando!

Chorando e ainda assim, orando por aquele filho que se foi. Desejando que ele tenha pleno sucesso.

Filhos, valorizem a suas mães pós-graduadas!

 

Pr. Wanderley Vilaça 

Comentários(4)

  1. Responder
    Pura verdade. Gostei muito says:

    Gostei .Pura verdade

  2. Responder
    Elenice says:

    Muito verdadeiro.

  3. Responder
    Sim meu DEUS, e a pura verdade! says:

    Muito maravilhoso!

  4. Responder
    Geralda says:

    Amei… Maravilhoso..Deus abencoe!

Postar um comentário: