Dizer 'Amém' Não Basta! | Assim Está Escrito

A Bíblia não é um livro de autoajuda e William Branham não é um filósofo ou um pensador. Portanto, dizer 'amém' a eles não basta; é preciso mais.

Algumas mensagens, versículos e hinos são verdadeiramente belíssimos, profundos, nos levam às lágrimas, nos fazem cantar a plenos pulmões ou dizer: “Amém. Eis-me aqui, Senhor.”, com o máximo de volume da nossa voz, como, por exemplo:

  • Deuteronômio 31:6: Sejam fortes e corajosos. Não tenham medo nem fiquem apavorados …”.
  • Mensagem O pecado da Incredulidade (paragrafo 12): “A fé é positiva. A fé não precisa de reforço, a fé é forte. A fé tem pelos no peito; ela fala e o resto cala a boca”.
  • Hino Oportunidade: “Quero apenas me sentar e ver o revoltoso mar bater contra os penhascos do meu ser, e ainda assim, somente crer que o que for melhor para mim, tu farás Senhor”.

Nós gostamos de passagens bonitas como essas; gostamos de palavras encorajadoras e composições que nos tocam. É bom cantar, falar, ouvir e ler algo do tipo, não é mesmo? O problema é o que vem depois do ‘Amém’ e do ‘Eis-me aqui, Senhor’ que soltamos ao ouvir e ler algo assim.

Deuteronômio 31:6: “Seja forte e corajoso. Não tenha medo nem fique apavorado.” Quantas palavras de encorajamento juntas numa passagem, não é mesmo?! Como não achar isso bonito? Acontece que enquanto estas palavras estão apenas no versículo que estamos lendo, é muito bonito mesmo. Porém, se pararmos para pensar, a aplicação dessa frase não cabe em momentos bonitos. Ou seja, quando elas finalmente forem usadas por nós, provavelmente a “coisa vai estar feia”.

– Quem sabe seja na hora em que o médico estiver dizendo que o estado é grave;

– Talvez seja quando você perceber que está perdendo seu filho para as drogas;

– Ou quando a sua esposa ou o seu marido estiver indo embora…

Enfim, com certeza será quando parecer que estamos prestes a perder o que mais amamos na vida. Afinal, quem sente medo diante de uma situação que tem solução? Quem precisa ser forte se o inimigo é fraco? Quem precisa ser corajoso quando tudo está sob controle? Quem é que fica apavorado quando tudo vai bem?

Que Deus nos dê discernimento e sensibilidade para meditarmos na Palavra d’Ele e entendermos a hora em que o ‘amém’ deve estar acompanhado de um pedido de ‘misericórdia’ e um pensamento sincero de: “Senhor, me ajude a estar preparado para a hora em que eu precisar usar esse versículo em minha vida”.

O profeta disse: “A fé é positiva. A fé não precisa de reforço, a fé é forte. A fé tem pelos no peito; ela fala e o resto cala a boca”. Essa é uma das coisas mais bonitas que vamos ouvir sobre a fé. A questão é: como ser positivo, quando tudo nos diz não? Como manter a fé forte quando parece que o fim chegou? Como fazer tudo se calar, se todos insistem em gritar conosco? Esse estado de fé que o profeta disse, não acontece da noite para o dia. Não acontece apenas por acharmos bonito a forma como o profeta fala e nem só por dizemos ‘amém’. Dizer ‘amém’ à Palavra é essencial, mas também é preciso meditar sobre o que estamos falando, lendo e cantando. Esse é o tipo de parágrafo que ao lermos precisamos parar e orar diante dele, e permanecer orando e chorando até alcançarmos esse patamar, para que quando for preciso usar (e podemos estar certos de que será preciso em algum momento) tenhamos esse tipo de fé.

Nós cantamos: “Quero apenas me sentar e ver o revoltoso mar bater contra os penhascos do meu ser, e ainda assim, somente crer que o que for melhor para mim, tu farás Senhor.” Oh, como isso é bonito (muito bonito), isso é grandioso. Mas, não é tão simples.

Se assentar é uma das ações mais simples e comuns que podemos executar. Se assentar em uma rocha e ver o mar bater é uma das mais belas visões que nossos olhos podem contemplar. Mas quando a onda do mar bate contra nós, contra o que amamos, contra a nossa fé, se assentar e esperar é algo impossível. Ou melhor, só é possível fazer isso quando nos debruçamos em cima de parágrafos e versículos como os que citamos acima, e choramos, e pedimos, e buscamos até termos convicção de que alcançamos de Deus tamanha fé. Se não for assim, a Bíblia se tornará para nós apenas um simples livro de autoajuda, e o nosso profeta estará reduzido a ser apenas um simples filósofo, um pensador dono de frases bonitas.

Sabe o que é um mar revolto em nossas vidas? É a doença que chega, a morte que campeia, é Satanás que adentra (com direitos que damos a ele). Como ficar sentado diante disso e apenas crer? É possível, mas não é fácil. Quando pensamos sobre isso, vemos que talvez não estejamos prontos para cantar determinados hinos. E então o que faremos? Pararemos de cantar? Não. Nós voltaremos as mensagens e versículos já lidos, voltaremos aos cultos já pregados e veremos o que deixamos passar. Vejamos qual chave do evangelho não está em nosso molho por alguma desatenção nossa e então voltaremos aonde a deixamos.

Todos queremos ser raptados, mas para ser raptados é preciso de uma fé especial: a fé de rapto. Uma fé que está nas mensagens. Quem se lembra do profeta dizendo que a ‘fé sem obras é morta’, que ‘a  fé do cristão precisa ser testada’?

O profeta disse que os testes viriam, e nós já falamos ‘amém’ para isso. ‘Amém’ quer dizer “assim seja”; assim, nós já dissemos: “Teste-nos, Senhor”. E Ele testará. Estamos prontos?

A Bíblia não é um livro de autoajuda e William Branham não é um filósofo ou um pensador. Portanto, dizer ‘amém’ a eles não basta; é preciso mais. É preciso viver cada parágrafo e versículo para que possamos cantar sem nos colocarmos em situações para as quais ainda não estamos prontos.

Se ainda não entendemos isso, é hora de entendermos que o nosso ‘amém’ é dado com uma vida vivida.

Pensemos sobre isso.

Adquira Conhecimento

Adquira Conhecimento


4 comentários

  • Avatar
    Isabel Freitas

    13/10/2021 as 16:10

    👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

    Comentar

  • Avatar
    Lázaro Pimentel

    13/10/2021 as 22:22

    Maravilhoso, é exatamente o que eu precisava ouvir/ler. Que coisa !! 👏🏼👏🏼👏🏼

    Comentar

  • Avatar
    JoãoLaudevar

    19/10/2021 as 05:04

    tudo é maravilhoso o profetade deus aenssagem e o amém. Mas juntamente com á misericórdia de Deus

    Comentar

  • Avatar
    Elias Faleiro Silverio

    24/11/2021 as 11:02

    Que grande reflexão!
    Que a nossa vida seja a expressão máxima de toda palavra de Deus.

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657



Newsletter


Categorias