É Preciso De Fidelidade E Entusiasmo Para Ter Um Casamento Verdadeiro | Assim Está Escrito

Ao lermos as Escrituras, percebemos que no livro de Provérbios Salomão está sendo verdadeiro, pois ele está dando conselhos e outorgando leis. Já no livro de Cantares é Salomão sendo entusiasmado, é ele e sua esposa trocando palavras sinceras um com o outro, o que demonstra que eles não se amavam de forma ilusória. Portanto, semelhantemente, marido e esposa devem se amar de forma genuína, terem uma boa convivência e um casamento abrasivo, isso é o que trará um lar estruturado.

Leitura Bíblica: João 4:21-24; II Coríntios 3:17; Cantares 1:1-17; 2:1-5
Mensagens Citadas: Uma Exposição Das Sete Eras Da Igreja – A Era De Laodicéia, pág.301

No tempo em que o Senhor Jesus Cristo viveu aqui na terra, Ele conviveu com os fariseus e os fariseus eram cheios de verdades, eles viviam observando e cumprindo rigorosamente a lei. Mas embora o fizessem, quando Jesus Cristo, que era Quem eles esperavam, veio, eles não O aceitaram. E Ele era Aquele que viria para aquele tempo segundo a profecia de Isaías. O que aconteceu é que eles não tiveram espírito/entusiasmo para recebê-Lo. Meditando nisto, pensemos: De que adiantava eles serem tão ‘certinhos’ na fé, se o que realmente era necessário eles não tinham?
O oposto do que os fariseus foram foi a mulher Samaritana. Quando o Senhor Jesus a viu no poço de Jacó, Ele se aproximou e a pediu água, mas ela logo lhe respondeu que não era costume um judeu falar com um samaritano. Jesus lhe disse poucas palavras, entretanto, as poucas palavras que Ele disse foram suficientes para ela O reconhecer. No decorrer do diálogo com ela, Ele pôde Se revelar e ver o entusiasmo dela ao receber a Vida Eterna. O entusiasmo dela só pôde ser manifestado diante da Verdade.
Naquele momento, o Senhor Jesus Cristo estava Se tornando o ‘Sétimo Marido’ para a mulher Samaritana, e Ele precisava que ela manifestasse entusiasmo e fidelidade ao recebê-Lo. De igual forma, Deus, ao eleger Seus filhos, estava procurando pessoas que estivessem dispostas a cumprir a verdade, pessoas que ao sentirem Sua presença se sentissem entusiasmadas, pois esse é o meio de tê-Lo sempre.
Na vida conjugal, o casal precisa compreender que mesmo que eles levem uma vida correta, ainda assim, eles passarão por dificuldades. Contudo, se eles tiverem entusiasmo um pelo outro conseguirão passar por cima das dificuldades, eles conseguirão superar suas falhas e se manterão unidos.
Durante o período do namoro é muito fácil o casal manter a admiração e o interesse um pelo outro, pois sempre se veem em condições desejáveis e agradáveis. Porém, no casamento, além desse mesmo sentimento continuar existindo, é necessário aumentá-lo gradativamente, independente da situação. Ou seja, eles devem senti-lo quando não estiverem arrumados, quando estiverem cansados do serviço diário, com roupas amassadas… Sob qualquer circunstância o entusiasmo um pelo outro deve existir. Se não houver isso, ele vai se reduzindo cada vez mais e ligeiramente eles acabam desistindo um do outro. Às vezes, eles não se separam, mas mesmo estando juntos um fica desanimado com o outro.
Deus, O Pai, procura pessoas que O adorem em espírito e em verdade. Podemos compreender o sentido de ‘que O adorem em verdade’ não como o oposto de pessoas que são falsas ao adorar, mas, como pessoas que não são completas. Deus deseja para Si uma Noiva completa. E ser completo é dar-se por inteiro, é se manter fiel em tudo. No sentido natural podemos considerar uma verdadeira esposa como aquela que vai cuidar de cada detalhe com fidelidade. Ela observa, zela e administra muito bem cada recurso que o seu marido, através do sacrifício de seu trabalho, consegue colocar em casa.
Um casal que busca se casar, abdica de muitos desejos e dedica todos os seus recursos em prol do lar que terão. Vemos na Bíblia que Deus pegou todos os Seus recursos e empregou em apresentar para Si mesmo uma Noiva pura. E para limpá-La e redimi-La Ele mesmo se entregou/morreu por Ela. Portanto, quanto valemos? O valor da vida d’Ele. E ao se casar, o marido deve dedicar-se em totalidade por sua esposa e, de igual forma, a esposa por seu marido, eles devem trocar palavras de afeto e se respeitarem mutuamente.
Ao lermos as Escrituras, percebemos que no livro de Provérbios Salomão está sendo verdadeiro, pois ele está dando conselhos e outorgando leis. Já no livro de Cantares é Salomão sendo entusiasmado, é ele e sua esposa trocando palavras sinceras um com o outro, o que demonstra que eles não se amavam de forma ilusória. Portanto, semelhantemente, marido e esposa devem se amar de forma genuína, terem uma boa convivência e um casamento abrasivo, isso é o que trará um lar estruturado.

Pr. Wanderley Vilaça

Pr. Wanderley Vilaça

Aos 21 anos se tornou líder dos jovens e também começou a pregar em praças públicas o que lhe trouxe muita experiência e amor por almas; posteriormente começou a prestar assistência às nossas congregações; em 2002 foi chamado pelo pastor Wanderley Lemos para integrar o corpo de ministros; no ano de 2011 foi consagrado a pastor; logo em seguida assumiu a igreja de Ouro Branco e desde então a vice-presidência do Tabernáculo Belo Horizonte.


Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657