Igrejas Pretas: Inovação no Mundo Religioso

crowd-1056764_1920
A igreja não é um entretenimento. Não é para entreter. Ela é suposta a pregar um novo nascimento que lhe fará uma nova criatura em Cristo. Mas o mundo está à procura de entretenimento, algumas festas sociais ou algum tipo de sensação..

“A inovação chegou nas igrejas. Igrejas novas ou antigas estão reformando suas estruturas, e agora apostam tudo em um novo “estilo religioso”. Ambientes pretos com iluminações peculiares impressionam os fiéis. E o que mais causa estranheza é a adesão de uma cor (preta) nada comum para um ambiente religioso.”

Muitos de nós já nos deparamos com inúmeras “igrejas” com, assim denominadas, uma “nova aparência”; suas estruturas completamente pintadas de preto, púlpitos substituídos por palcos que contam com luz estroboscópica, canhões de led, cortina de fumaça, e/ou até mesmo os púlpitos tradicionais (de madeiras) substituídos por galões de óleo reciclados. Estas estão adotando, também, estilos musicais que antes não eram tidos como composições religiosas’. É assustador até onde a modernidade têm influenciado o mundo religioso. Isso mesmo, assustador!

O que muitos não sabem, e é necessário saber, é: As cores carregam efeitos psicológicos que exercem diferentes efeitos físico e tendem a produzir variação de sentimentos e comportamentos. Inúmeras pessoas, principalmente os adeptos, defendem a nova tendência como sendo “apenas a escolha de uma cor”. E para entendermos o que pode surgir através de uma escolha de cor, vamos imaginar.

Imagine um hospital pintado inteiramente de preto. Não seria assustador? Mas e se for uma igreja? Qual adjetivo você daria?

Vamos, agora, fazer uma comparação entre a cor branca e preta:

Branco (definição e atribuição)

A cor branca vem do germânico blank (brilhante). Sua associação material está ligada a neve, casamento, lírio, batismo, areia clara. Já a associação afetiva à limpeza, paz, pureza, alma, divindade, ordem, infância.

Preto (definição e atribuição)

A cor preta vem do latim niger (negro, escuro, preto). A associação material remete a enterro, morto, sujeira, coisas escondidas e muitos outros. Na associação afetiva refere a tristeza, desgraça, melancolia, angústia, dor, intriga, renúncia.

Estamos familiarizados com ambientes “cleans” (palavra inglesa que remete a limpeza, mas que na sua forma popular de uso no Brasil está associada a algo claro/“luminoso”). E certamente, ao nos depararmos com uma igreja com um ambiente escuro, o sentimento de estranhamento é inevitável, pois inegavelmente, e até de forma inconsciente, associamos a cor preta com as definições mencionadas acima.

E biblicamente falando podemos nos lembrar de inúmeros versículos que fazem aplicações entre as trevas e a luz. Então de onde será que vem tal inspiração?

Fala-se que estas mudanças foram inspiradas nas igrejas australianas. E mais especificamente pode ter suas raízes derivadas da Denominação Cristã Carismática chamada Hillsong, fundada em 1983. É uma igreja evangélica, originada na Nova Zelândia, mas que possui inúmeras “filiais” espalhadas pelo mundo. A denominação utiliza-se, fortemente, da música para atingir seus fiéis; com estilos que não são nada comuns para um ambiente religioso. Várias versões de suas músicas tornaram-se sucesso no Brasil interpretadas por conhecidos grupos musicais que atuam no universo dito “Gospel”. O que mais se houve falar é que as mudanças em estruturas e conduções dos cultos objetivam cativar e prender a atenção do público. Provavelmente intentando oferecer um local mais carismático, intimista e com personalidade.

Esses novos estilos de Igrejas estão cativando pelo mundo inteiro, cada vez mais, o público jovem e os chamados “famosos”. Basta pesquisar para encontrar inúmeros “ídolos” do futebol, da música e da TV que são adeptos a contemporaneidade religiosa.

Não devemos aplicar radicalmente as informações citadas em contextos diferentes como em uso de roupas pretas ou brancas. Como vocês podem observar, a aplicação tem caráter informativo quanto a associação material e afetiva.

Vejamos o que diz o profeta, “A igreja não é um entretenimento. Não é para entreter. Ela é suposta a pregar um novo nascimento que lhe fará uma nova criatura em Cristo. Mas o mundo está à procura de entretenimento, algumas festas sociais ou algum tipo de sensação.” Mensagem: O Que Ouviste Tu, Elias? – § 46.  E se analisarmos bem, essas igrejas possuem fortes semelhanças a casas de shows, boates, cinemas, teatros e etc. Conseguem perceber as similaridades, peculiaridades (nas referências citadas) que tornam essa “novidade” cada vez mais intrigante?

14 comentários

  • Avatar
    Isabel Freitas

    26/06/2020 as 12:27

    Meu Deus!!!!!! Que artigo maravilhoso!!!!! Deus continue abençoando essa equipe!!

    Comentar

  • Avatar
    Tiago José

    27/06/2020 as 14:16

    Um olhar sensível e explícito aos cristãos, e ‘invisível’ e sutil aos olhos do mundo (São Mateus 11:25).

    Comentar

  • Avatar
    Ione Lopes

    04/07/2020 as 00:04

    Obrigada Senhor, pelos nossos atalaias, e ajude nos a ñ negligenciarmos os avisos!

    Comentar

  • Avatar
    Cassia do Nascimento Ribeiro Soares

    08/12/2021 as 15:10

    Nada agradavel a visao igrejas Evangelicas pretas causam mau estar e impressão de trecas e morte contrárias a Luz e a Vida!

    Comentar

  • Avatar
    Saulo

    27/12/2021 as 01:10

    Doravante o meio evangélico Brasileiro de forma peculiar vem trazendo diversos movimentos ao longo do tempo alguns nocivos outros não…não vejo teologicamente essa temática como um suposto problema (fecha teu quarto fala com Deus em secreto pois em secreto ele te responderá). Secreto = Oculto = Escuro…..cada coisa tem seu contexto.

    Comentar

    • Avatar
      Edmur Gouvria

      26/04/2022 as 16:35

      Amigo esse seu e exemplo não se encaixa nesse contexto da escolha da cor de um ambiente para adorar ao Criador do universo em espírito e em verdade. Se amamos a Ele verdadeiramente tempos que nos debruçarmos em sua Palavra em oração humilde e sincera e olhar para a história para sabermos discernir cada sutileza do caráter e vontade do nosso Pai celestial para cada ato nosso. Pois os Seus pensamentos são mais altos que os nossos( isaias 55).

      Comentar

  • Avatar
    Nelma Tavares Ribeiro Miguel

    12/03/2022 as 20:57

    Pastoranelmatavares @hotmail.com.Temos que vigiar.Hoje mesmo fui em uma igreja que na hora da adoraçao apagaram as luzes.Me deu um mal estar.O pupito era um latao de oleo todo preto reformado.Me senti muito mal e sai Fui embora pois aquilo que sinto fora da palavra nao faço soma.E verdadeiramente quando o Senhor nos manda para o quarto em secreto,no escuro e eu e ele .Nao me expondo na treva para trazer escandalo para o evangelho.

    Comentar

  • Avatar
    Timoteo Tavares de Lima

    07/06/2022 as 10:42

    Bom dia! Saúdo a todos com a paz do Senhor Jesus Cristo. A igreja deve ser local de adoração a Deus, Ele deve ser o “foco”. E o ambiente de adoração deve ser uma ambiente que te permita sentir bem ao ponto de que sua adoração te leve a presença do pai. Essas igrejas que aderiram ao modismo da escuridão, alegam que no palco a pessoa que está cantando, ou pregando, tem toda a atenção voltada para si. Porém não vejo base bíblica que sustente essa linha de pensamento, pois quem deve brilhar e aparecer é Jesus e não o homem. Isso é show, não culto.

    Comentar

  • Avatar
    A.O.

    24/07/2022 as 14:40

    Então, fui 18 anos de uma igreja conservadora ,de doutrina ,até o dia em que recebi uma mensagem pornografica no meu celular de um membro (do altar) ,o que a igreja fez ? Se calou ,me falaram e sua palavra contará a dele ,fiquei despedaçada ,sai da igreja despedaçada e fui obrigada a ficar calada para não causar escândalo entres os irmãos, tem quase 5 anos nunca recebi uma visita da igreja que congregar 18 anos ,fui para outra outra e lá com meu filho adolescente ,só ele de jovem na igreja 3 anos lutando para meu filho não desviar ,aí uma amiga convidou ele para ir para igreja dela visitar ,detalhe ele tinha tinha 16 anos não tinha batizado ainda…e era a Igreja da parede preta …meu filho foi ,gostou ,fez discipulado se batizou e faz trabalhos de mídia hoje na igreja esta lá super feliz ,não quis deixar ele só, eu fui tbem …falei com Deus para não deixar que eu desviasse o olhar dele o foco dele….um dia olhando a parede preta da minha igreja me lembrei da minha tia espírita que só usava branco e ia em lugar todo branco mais que fazia sacrifício com galinhas …então parei de ficar focando na parede, quando vou na igreja começo minha adoração em casa e vou focada na palavra que que Deus tem para mim….
    Hoje depois da dolorosa decepção que tive ,eu entendi que minha salvação não depende do local onde eu estou ,depende da comunhão em que eu estou com Deus …hoje para mim a cor não faz diferença o amor faz ,hoje para mim..
    E é isso …

    Comentar

    • Avatar
      Alba Maria Ribeiro Santana

      27/08/2022 as 01:16

      Glória a Deus!!!
      O seu comentário é igual ao que estou passando .
      Sai da igreja branca e fui pra igreja não convencional de cor preta.
      Estou me adaptando fui por meus filhos.Seu comentário faço dele minhas palavras.
      A Bíblia diz todo aquele que fizer menção do Senhor será salvo.Pazzzz

      Comentar

  • Avatar
    Angélica Azeredo

    28/07/2022 as 19:19

    Somos Filhos da Luz, Andamos na Luz!
    1 Ts 5.4-8

    Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão.
    5 Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas.
    6 Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios.
    7 Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embebedam, embebedam-se de noite.
    8 Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e da caridade, e tendo por capacete a esperança da salvação.

    Comentar

  • Avatar
    Lucinar

    10/09/2022 as 21:48

    Me LEMBRA O CANDOMBLÉ ONDE FUI AO SER CRIANÇA ONDE MINHA MÃE ME LEVAVA. NAS SESSÕES ERA TUDO ESCURO COM LUZES COLORIDAS ….

    Comentar

  • Avatar
    Fernando Luiz Rocha Da Silva

    12/09/2022 as 12:39

    Você esqueceu o significado de Lúcifer? Pois é, do hebraico Heylel, significa “portador de luz” ou “aquele que brilha”.

    Desculpa, mas nenhum desses argumentos são provados. Só vejo um “Pré conceito”. Preconceito é uma opinião formulada sem a devida reflexão ou exame crítico. Regiliosida… não importa a cor, a raça, a bandeira, apenas faça uma exegese e hermeneitica correta e leva a palavra de Deus.

    Comentar

  • Avatar
    Zilpa Guedes

    14/11/2022 as 20:21

    Tão triste ver como o Evangelho está sendo destruído por dentro. Hoje, as Igrejas se transformaram em palcos de show e…acham normal. Povo de Deus, DESPERTA!

    Comentar

Deixe um Comentario

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


Sobre nós

O Tabernáculo Belo Horizonte, uma congregação cristã, firma-se sobre as bases do Ministério Assim Está Escrito, edificado com a misericórdia e graça de Deus desde 1976, quando o pastor Wanderley Pereira Lemos começou esta tão grande obra nos pilares daquela mensagem, originada do nosso Senhor Jesus, na busca daqueles que O adorem em Espírito e verdade.


[email protected]

31 2513-0657