A Cegueira De Israel Se Repetindo Nos Gentios | Pr. Wanderley Vilaça | 18/11/2018

Leitura Bíblica: Atos 15:13-19; Romanos 11:10-25; Gênesis 45:1-5; Apocalipse 6

Mensagens Citadas: O Quinto Selo; Uma Exposição da Eras; Cristo é o Mistério de Deus Revelado

Quando Jesus Cristo esteve aqui, Ele veio para Israel (os judeus) e ordenou aos seus discípulos que levassem o evangelho somente às ovelhas perdidas da Casa Israel. Os gentios (todos que não eram judeus) eram considerados imundos por causa de suas práticas e costumes. Por isso, Deus os separou dos judeus para que se pudesse cumprir Gênesis 12, onde, Deus tem um plano para uma nação, começando por Abraão. No entanto, certo dia, Pedro estava em sua casa, quando teve uma visão, e nesta visão diante dele desceu um lençol e uma voz que dizia: “levanta, mata e come”. Vendo Pedro todos aqueles animais, inclusive os que eram proibidos em Levíticos, ficou receoso. Contudo, Jesus disse: “Não chame de impuro aquilo que Deus purificou”. E no mesmo momento Pedro foi chamado para ir à casa de Cornélio, um gentio.

Mesmo os gentios sendo considerados impuros, Deus os aceitou porque poderia purificá-los. E estando Deus ciente que Seu povo, mesmo em meio aos ímpios necessitava d`Ele, assumiu toda a imundície desse povo e aceitou a fé deles. Sendo nós gentios, Ele também assumiu toda nossa imundície, nossos problemas e debilidades. É como o pai querendo presentear uma criança com o seu filho por perto, tem que criar uma estratégia para que o seu próprio filho não veja; assim também, Deus tapou os olhos de um dos filhos, no caso os judeus (Israel), para trabalhar com os gentios do qual somos partes. Assim, Deus pôde nos presentear com o pão (redenção) e nos dar salvação. Deus agiu dessa maneira pois por muitas vezes Ele enviou o pão (a Palavra através dos profetas), para Israel. Porém, eles rejeitaram, menosprezaram o pão matando os profetas. Todavia, o povo gentio que era chamado de indigno, sendo tido como “cães” aceitaram o pão, e, ficaram satisfeitos com as migalhas que Deus, por misericórdia deixou cair de sua mesa.

Em Romanos 11:11, vemos que o tropeço de Israel, foi a oportunidade para os gentios cumprirem sua parte no plano de Deus; pois se Israel tivesse aceitado a Jesus, o resto da humanidade estaria perdido, nós estaríamos perdidos. Sendo assim, foi necessário que Deus tapasse os olhos dos judeus para que nós (gentios) fôssemos aceitos. De igual forma, Eva pecou para que Deus pudesse manifestar Seus atributos. Tudo que Deus fez/faz tem um objetivo por trás! Os Judeus se gloriavam por verem e por receberem anjos que traziam promessas, profecias… era uma das formas que Deus trabalhava com eles, mas, com nós, os gentios Deus trabalha na forma de Cristo. E a partir disso Paulo pregou por emulação provocando, instigando o povo, dizendo que Cristo é mais poderoso que os anjos… E Ele é mais poderoso que os anjos. Deus tem muito poder e unção! Por isso precisamos ter Deus em nós para passarmos por qualquer situação. Não mais precisamos pedir a Deus para tirar os problemas de nós. Agora é hora de Lhe pedir que vá conosco, dentro nós, e assim venceremos!

O apóstolo Paulo faz uma conexão de tempos, nos mostrando que quando Israel foi cegado/rejeitado, a salvação veio para os Gentios. E mostra que quando Israel for aceito novamente será a ressurreição dos mortos (I Tessalonicenses 4:15-17).

Na carta de Paulo aos Romanos 11:25 ele diz: “(…) o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.” Foi Deus quem trouxe Israel de volta para sua terra naquele avião que levou de volta os judeus que estavam espalhados no mundo inteiro, e impediu que o profeta pregasse em Israel. E no mesmo instante que o avião pousava em Israel, o anjo estava na caverna com o profeta, o ordenando a pregar pelo mundo. E se os Judeus estivessem espalhados pelo mundo, eles iriam reconhecer e aceitariam a mensagem, mas ainda não era o tempo deles para isso. Porém, agora, Jesus está voltando para os Judeus e o mundo natural está entrando em cena.

Atualmente, e principalmente nesses últimos dias, os judeus começaram a ter um grande destaque. Nas eleições dos EUA, depois de eleito presidente, Donald Trump, tirou a embaixada dos EUA de “Tel Aviv” e levou para Israel; tendo o conhecimento que Jerusalém era a capital de Israel.  De igual forma, o presidente do Brasil também diz que irá transferir a embaixada de “Tel Aviv” para Jerusalém. Tomando esses fatos, podemos ver que estamos dentro do capítulo 15 de Atos. Agora Deus está tapando os olhos dos gentios, e está voltando-Se para os judeus, porque Ele ainda tem que tratar três anos e meio com eles. O mesmo quadro está se repetindo. E assim como Paulo, nesses últimos dias estamos tendo que conquistar as pessoas ao evangelho mais por “emulação” que por revelação.

No dia do cumprimento de Atos 15, o tempo não acabou para os judeus. Pedro, Tiago, Judas… escrevem cartas para eles. Porém depois de um tempo eles pararam de escrever e passaram a não ter mais nada a ver com os hebreus (judeus). Até o próprio João que era judeu trouxe um Apocalipse, o qual falou sobre as Eras da Igreja, que está destinado aos gentios (Noiva). E assim como aconteceu com José e seus irmãos em Gênesis 45, tipificando perfeitamente Cristo voltando-Se para os Judeus e tratando com sua noiva gentia… Deus levará sua esposa para o palácio e voltará para tratar com os judeus. Muitos deles já receberam vestes brancas pelo testemunho que tiveram, e outros ainda receberão. Deus tapou os seus olhos, mas não os deixou sem recompensa.

E este quadro se repetirá novamente. A última chamada está sendo feita! Temos sido chamados para tomar posição! É a vez dos gentios serem cegados. Todavia, Deus nos escolheu para levarmos o Seu Nome e nos deu uma glória maior que a dos judeus. Uma glória que nenhum homem jamais teve.

Postar um comentário: