Dores Profundas Trazidas Pelo Desrespeito | Pr. Wanderley Vilaça | 19/05/2019

Leitura Bíblica: Eclesiastes 12:13

Mensagens Citadas: Respeito; A Estatura De Um Varão Perfeito; Sobrenatural: O Jovem E Seu Desespero

Em Ezequiel 4:3, vemos que Deus ordena ao profeta de Israel que ele se deite por 390 dias sobre seu lado esquerdo, apoiando-se em um tijolo; depois por mais 40 dias deveria deitar-se ainda apoiando sobre um tijolo, agora com seu lado direito. E mais tarde Deus ordena que o profeta se alimente com um bolo feito de variados grãos, porém, tal deveria ser cozido com esterco humano.

Ao lermos isso no livro de Ezequiel, fica claro que quando o povo de Deus não respeita a Palavra da Hora, o seu profeta sofre as dores mais profundas para que possa chegar diante do povo e dizer: “Se não se arrependerem, Deus colocará este tipo de dor em cada um de vocês” (dores profundas). Não é diferente hoje! Quando ainda podemos ver homens de Deus sofrendo com dores profundas… Deus trata os rins de uma pessoa como uma das partes mais profundas de seu corpo (Jeremias 17:10), e este não foi o mal que atualmente acometeu dois dos membros de “nosso corpo ministerial”? E os demais não passaram também, por vários tipos de dores Inexplicáveis? Dores Profundas!

Sempre que Deus usa Seus servos dessa maneira é por querer anunciar algo: “Anuncia a meu povo que eles têm deixado de usar a Fé!” Isso acontece quando o povo (a igreja) deixa de dar crédito à Palavra de Deus enviada por meio de nossos pastores e ministros. Essa atitude é por Deus, considerada, ‘falta de respeito’.

Desrespeito não é apenas quando usamos palavras ofensivas para com os ministros e pastores. Desrespeito é ser partidário! Desrespeito é preferir algumas mensagens desprezando outras, é escolher um pregador, é dar pequenas desculpas para não comparecer aos cultos. Respeitar não é usar título honorífico (palavra de prestígio) para se dirigir a um pastor. Respeitar é ter/dar obediência; ser obediente ao que ele está falando. Respeitar é não fugirmos quando o sermão é duro e não massageia os nossos egos. ‘Pastores foram “feitos” para ensinar ao povo atitudes de um povo celestial’!

Na mensagem “Respeito”, o profeta mostra que é necessário ter ‘temor’ diante das coisas de Deus; pois é o temor que gera o respeito. Se falar enquanto outra pessoa (qualquer pessoa) está falando já é desrespeito, e se quem estiver falando for o Deus todo poderoso? Como ainda é possível que tenhamos pessoas cochichando durante a ministração do culto? Pessoas passeando pela igreja… precisamos de temor para entrar na casa de Deus. Devemos sempre sentir temor! Não podemos nos descuidar disso!

Temor é medo. Medo de desobedecer a uma ordem que foi estabelecida não pelo pastor, mas por Deus naquele pastor. Pois quando chega a conta da desobediência, o preço a se pagar sempre é: ‘uma dor profunda’. Se passarmos dias e mais dias ouvindo e ouvindo… ouvindo a Palavra e depois a ignorarmos agindo diferente do que Ela nos ensinou, estaremos jogando tudo o que ouvimos no lixo. Jogar a Palavra no lixo também não seria falta de respeito? Todavia, os pastores também precisam de temor. Precisam ter medo de não dizer ao povo a verdade. Precisam ter medo de ficar anêmicos por não se alimentarem da Palavra que estão servindo!

Em II Reis 4, vemos que existia na cidade de Suném, uma mulher que sempre acolhia em sua casa o profeta Eliseu quando este se encontrava cansado de suas peregrinações. Ela lhe fez um quarto com uma cama, ela lhe oferecia alimento… ela o respeitava. É disso que nossos ministros e pastores precisam; de um lugar de respeito em nossos corações; onde eles possam descansar por saber que a Palavra de Deus está sendo cumprida. Eles precisam de um lar onde não tenham que ir apenas para resolverem problemas. Afinal, as pregações são para evitar que os problemas cheguem até os lares.

Ainda em II Reis, o profeta Eliseu deu à Sunamita uma recompensa pelo seu respeito. O profeta percebendo que ela tinha em si uma dor profunda por não poder ter filhos, deu a ela um filho. Vemos também, que, satanás esperou cerca de 10 anos para colocar as mãos naquele filho, tirando a vida dele… e mesmo com a situação desagradável, mesmo diante da morte de seu filho, aquela Sunamita selou uma mula e foi correndo ao encontro do profeta Eliseu. Porém, chegando até ele não o repreendeu nem o desrespeitou por ter “deixado” que satanás tirasse o que lhe havia sido concedido. Ela apenas creu que o mesmo que lhe havia dado aquele filho poderia devolver. E com isso sua criança ressuscitou. Isso é respeito.

O respeito pôde mover a Deus além da capacidade de um profeta. Certa vez, em uma reunião de cura feita pelo profeta William Marrion Branham, uma garotinha recebeu sua cura apenas por beijar o lenço que estava no bolso do terno do profeta. O profeta disse: “Ela conseguiu a cura pelo respeito que deu ao que ela pensou ser Deus”.

Em uma outra vez, o profeta William Branham disse para um homem chamado John Himmel, o qual encontrava-se na condição de ‘afastado da Fé Cristã’, que Deus curaria seu bebê que estava doente. Porém, chegando em sua cara para ministrar a oração pelo bebê, o profeta se precipitou e orou antes da hora certa; orou antes de ter o quadro, completo, com o que Deus lhe o havia mostrado em uma visão, e isso provocou uma piora significativa no bebê. Mas então, o profeta percebeu, e esperou até que tudo se colocasse em seu lugar correto, e quando chegou a hora certa para fazer a oração, o profeta perguntou a John Himmel: “Você ainda crê em mim como homem de Deus?” Quando o homem disse que cria, o profeta orou e o bebê foi curado. Este é o segredo: Respeitar e crer. Crer mesmo quando o sermão é duro! Crer quando a atitude é precipitada! Crer diante da insignificância! O segredo é respeitar e crer no homem de Deus independentemente da situação.

Deus permitiu que Seu profeta (Ezequiel) comesse comida feita no esterco para poder corrigir Seu povo. Isso aconteceu porque para Deus o povo sempre é mais importante que o profeta/pastor. Deus não quer nos ver em transgressão. E Ele também não quer nos ferir. Porém, o preço da desobediência é uma dor profunda. A desobediência e o desrespeito são como pedras que se acumulam no rim até o levar a uma dor insuportável. Nós estamos crendo nos servos de Deus? Então os respeitemos para que ‘suas’ dores profundas possam ser curadas, e para que elas não surjam novamente.

Comentários(3)

  1. Responder
    Norma Batista de Brito says:

    Deus abençoe .

  2. Responder
    Norma Batista de Brito says:

    O culto transmitido ao vivo está sem audio.

  3. Responder
    Paulo e Gleice says:

    QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO ESSE MINISTÉRIO….AMÉM

Postar um comentário: