O Reencontro De Melquisedeque Com Seus Atributos Manifestados Em Carne | Pr. Maurício Nize | 08/09/2019

Escritura Bíblica: Lucas 10:17-24 e I Pedro: 1:3-12
Mensagens Citadas: Adoção: A Manifestação Dos Filhos De Deus; O Princípio E O Fim Da Dispensação Gentia; Hebreus, Capítulo 1; A Posição De Um Crente Em Cristo

Em São Lucas 10, a partir do versículo 17, vemos os discípulos regozijando por terem expulsado demônios em nome de Jesus. E vendo a alegria deles Jesus chamou-lhes a atenção, dizendo-lhes que deveriam estar alegres por terem seus nomes escritos nos céus e não pelos demônios estarem sujeitos às suas ordenanças. Após advertir os discípulos Jesus também alegrou-Se, porque Ele havia dado-lhes salvação antes da fundação do mundo; e ainda deu graças ao Pai por ter escondido os Seus segredos dos sábios e entendidos e revelado aos pequeninos.

Havia algo na mente de Deus desde antes da fundação do mundo que só poderia ser revelado aos Seus filhos herdeiros. Ao tomarmos o verso 24 de São Lucas capítulo 10 e conectarmos com I Pedro 1:3-12, veremos que os profetas desejaram viver este tempo no qual estamos vivendo. Porque este seria o tempo em que os segredos de Deus iriam ser revelados e Melquisedeque iria reencontrar com Seus atributos manifestados em carne. Nós somos esses atributos manifestos! E tendo o conhecimento disso esse deve ser o real motivo da nossa alegria. Somos bem-aventurados pelo o que estamos vendo e ouvindo.

Na mensagem ‘Adoção: A Manifestação Dos Filhos De Deus’, ao falar sobre o filho pródigo o profeta nos mostra que ele esteve perdido por um tempo, mas que ao reencontrar seu pai ele recebe um anel, um manto… e em comemoração à sua volta para casa uma novilha foi morta. E de igual forma Deus tem feito conosco, Ele tem colocado o Seu manto sobre cada um de nós!

Nós estávamos nos pensamentos de Deus (Melquisedeque, O Rei das teofanias). Nós éramos as estrelas da alva que cantavam e rejubilavam antes da fundação do mundo. Ao brilharmos estávamos anunciando o nascer do sol, a Luz do dia que iria chegar. Nós regozijávamos lá porque vimos que iríamos manifestar-nos na terra. Porém, quando chegamos aqui, ao entrarmos no tempo entramos em um estado de amnésia, então Melquisedeque teve que vir da eternidade, doar Sua vida para nos redimir e nos levar de volta para Deus.

Na mensagem ‘Hebreus, Capítulo 1’, o profeta nos mostra que após guerrear contra cinco reis Abraão deu a Melquisedeque, Rei de Salém, dízimo de todos os despojos de guerra; pois o dízimo está incluído no plano de redenção. Foi por isso que Abraão deu dízimo. E o profeta também diz que, a noiva é o dízimo de Deus das Eras. E ainda ressalta que o real motivo da visita de Melquisedeque a Abraão foi para trazer-lhe um segredo: o plano de redenção.

A mulher samaritana teve uma representação lá, por isso foi necessário que Jesus passasse por Samaria para ir ao encontro dela. Jesus tinha que se encontrar com Seu atributo manifestado em carne para tirar a vontade permissiva e estabelecer a vontade perfeita. E desde então ela viveu uma vida totalmente diferente. Assim também deve ser conosco, quando nos reencontrarmos com Melquisedeque, Ele nos colocará na posição em que devemos estar no reino espiritual, e ali nem os demônios terão forças contra nós! Só iremos vencer o diabo quando estivermos no lugar que Deus predestinou para nós estarmos.

Cada um de nós temos o nosso lugar no Corpo de Cristo, assim devemos estar no lugar que pertencemos. Não podemos desejar ocupar o lugar do outro, pois, se o fizermos iremos trazer problemas para o corpo-igreja. E se cada membro do nosso corpo decidir tomar o lugar do outro, por certo teremos um desgoverno. Então devemos buscar primeiro a direção do Espírito Santo. Pois, só quando estivermos cheios do Espírito Santo que o que Deus nos chamou para fazer será colocado em ação em nossas vidas. Portanto, tomemos nossa posição e avancemos! O corpo de Cristo é unido!

Postar um comentário: