Gratidão Por Estar No Único Lugar De Salvação | Pr. Wanderley Vilaça | 18/10/2018

Leitura Bíblica: Deuteronômio 16:1-6
Mensagens Citadas: O Único Lugar De Adoração Provido Por Deus; Os Dons De Deus Sempre Encontram Seus Lugares; O Sinal

Em Deuteronômio capítulo 16, encontramos Israel se preparando para sair da terra do Egito, onde também, vemos que foi instituído que eles deveriam oferecer adoração a Deus. Porém, a adoração, deveria ser feita em um lugar ‘específico’ escolhido por Deus. Deus sempre escolhe um lugar para que possamos oferecer adoração a Ele, e este lugar é o lugar no qual Ele coloca o Seu nome: ‘seu próprio filho’. E “Este” é, a única porta onde se pode oferecer adoração sincera (todas as outras portas são denominações e nas tais não há maneira de adorar a Deus).

A adoração é um processo contínuo; onde o indivíduo adora a Deus – Deus o abençoa – o indivíduo adora em gratidão pela benção recebida – Deus o abençoa novamente …

A adoração que traz retorno ao adorador, só funciona quando o indivíduo está no lugar que Deus proveu, que é a Palavra de Deus Revelada. “O motivo pelo qual tem havido um grande esfriamento nos louvores”, é que muitos além de não estarem adorando no lugar escolhido por Deus, cantam sem a revelação. E como Deus não se manifesta através de tais louvores, concluem assim, que, Deus não se move mais por adoração.

O inimigo não tem como prevalecer sob uma adoração que é oferecida com base na revelação; ele até pode lutar… mas será apenas isso! O inimigo jamais poderá vencer o adorador! E é por isso que mesmo passando por lutas e provas a verdadeira Igreja de Deus continua o adorando. Ela está baseada na revelação, e sabe que os problemas que estão acontecendo ao seu redor, ou, mesmo que estes problemas a atinjam, serão apenas cumprimentos de escrituras. Todas as nações rejeitaram a Cristo em Sua manifestação por meio de um profeta (quando citamos um parágrafo vindicado e embasado na Bíblia eles nunca aceitam), porém, aceitam facilmente credos estabelecidos por qualquer um.

Diferente do resto do mundo, a Noiva de Cristo deve falar e cantar, palavras que falem de sua realidade; palavras do profeta, nas quais apenas se adicionam melodias. Ou seja, palavras cantadas! E ao cantar isso irá adquirir forças para viver o que está cantando.

Na mensagem ‘O Sinal’, o profeta William Branham, diz que seu ministério servia para provar que Jesus ressuscitou. E igualmente é com a noiva de Cristo (igreja); sua vida serve unicamente para identificar o Senhor Jesus Cristo. Deus trouxe para Sua noiva uma ‘Luz especial’ para que Ela pudesse entrar no único lugar de adoração provido.

Em II Crônicas 7:11, Deus escolhe o Templo de Salomão para ser Sua casa, e diz que, qualquer oração que Seu povo fizesse ali, Ele atenderia e responderia. A partir de então satanás tem trabalhado para impedir que os filhos de Deus orem até hoje. Tem trabalhado para que os cristãos se envolvam com coisas, de forma que, Deus não possa aceitar, ou responder-lhes. Quando ‘somos batizados em um único Espírito nos tornamos a Família de Deus’. A Igreja (essa) que se tornou a casa de Deus, é a mesma casa de sacrifício escolhida por Ele.

Na mensagem ‘Os Dons De Deus Sempre Encontram Seus Lugares’, o profeta diz que os 3 magos viram uma estrela, e por serem estudantes da astrologia reconheceram que aquele ‘Bebê’ que ela (o sinal) estava vindicando tinha em si a divindade corporizada. Os presentes que eles levaram até ‘Ele’, identificavam quem Jesus era; ouro incenso e mirra, falam da divindade em processo para morrer. Morrer por seu povo através do plano de redenção.

Será que já reconhecemos a mensagem que temos como sendo a única? A única que pode trazer Deus a cena. O único meio de transporte para a eternidade. Ao se preparar para uma viagem, não basta apenas ter a passagem paga. Para que a viagem aconteça é preciso entrar no transporte. Precisamos reconhecer que nós já entramos no transporte para a eternidade, e mesmo que ele ainda não tenha arrancado, estar dentro dele, como nós estamos, é importante.

A Palavra de Deus interpretada é a segurança de que estamos dentro deste transporte para a eternidade. E se estamos dentro dele, devemos cantar hinos que trazem a eternidade. Hinos que nos dê segurança! Hinos que expressam essa certeza! Existem poucos lugares neste transporte para a eternidade, e nós estamos assentados em alguns deles. E este é o único lugar provido por Deus!

O que cantamos identifica quem nós somos. O que glorificamos mostra o que em verdade recebemos. ‘A Abertura da Palavra é o único lugar no qual Deus se derrama hoje!’

Postar um comentário: