O Verdadeiro Santuário Adentrado Pela Noiva | Pr. Wanderley Vilaça | 23/09/2018

Leitura Bíblica: Apocalipse 3:7
Mensagem Citada: Único Lugar de Adoração Provido por Deus

Existe apenas um lugar para adorar a Deus. E o único lugar provido por Deus para adoração é em Sua Palavra. Dando ao povo o ‘maná’, Deus mostrava que Sua Palavra era algo que satisfazia, e que deveria ser ‘consumida” habitualmente (tipificação). Muitos viram a manifestação física de Deus, e ainda sim, não creram em Sua Palavra, pois lhes faltavam a “Abertura da Palavra”. A “abertura dos selos” é a chave que abre todos os mistérios. Deus deseja que todos O vejam em Sua Palavra, e isso tem um efeito maior que ver anjos! Crer nisso, ou não, não depende apenas de desejo. É a teofania que tem que reconhecer Deus por detrás do véu (“corpo do profeta”). Deus se mostrando em/de uma forma que poucos O reconhecem.

Jesus não dava respostas de acordo com as perguntas que lhe eram feitas, pois Ele respondia o que não conseguiam lhe perguntar (mentes limitadas), mas desejavam saber; um fundo clamando por algo que a mente humana não consegue captar.

Deus nem sempre oferece o que desejamos. Todavia, sempre envia o que Ele quer que recebamos. Deus sabe qual é o alimento que precisamos. Muitos tentam impedir que outras pessoas ouçam nossas mensagens, por saberem que no momento em que provarem deste “alimento” (o verdadeiro), estarão “saciadas” e não irão procurar em outras fontes. Nós (ministério) não somos uma seita. Foi Deus quem nos deu esta “receita” (revelação). Somos uma parte do céu que veio ao mundo. E satanás não pode tocar naquilo que veio do Céu. Nossas almas são intocáveis porque nossas teofanias são celestiais. Satanás não tem poder sobre nós. Nossas almas são protegidas! Desta forma, podemos dizer que somos imortais, pois as nossas essências são imortais.

A mensagem e o mensageiro são um. Paulo não morreu, o irmão Branham não morreu… todos viveram na presença do Deus vivo. E ainda hoje “permanecem” conosco através da mensagem (Palavra de Deus) transmitida por eles. Ao emprestarem seus pensamentos, Deus os mostrou coisas que ninguém mais poderia nos dizer. E nos últimos dias ‘um’ se encontraria com Deus, no único lugar provido por Deus para adoração, e Deus lhe revelaria todas as coisas.

Verdadeiro é o que não é fictício, imaginário, enganoso… É aquele que diz ou exprime a verdade, a realidade… o modelo. O segredo para a vitória é dizer que está forte mesmo estando fraco. Quando triste dizer que está feliz. Quando cansado, dizer que ainda quer prosseguir. Isso é exprimir a verdadeira natureza a qual pertence. O vinho verdadeiro exprime o que a videira tem como verdade. Uma vez cristão, sempre cristão! Não é como dizem por aí “uma vez até morrer”, porque o cristão não morre. O verdadeiro cristão é eterno. Ao entrarmos na glória de Shekinah manifestaremos nossa verdadeira natureza.

O profeta diz na mensagem “O Poderoso Deus Desvelado Perante Nós”, que no dia em que crucificaram a Jesus estavam cantando o Salmo 22 dentro do templo, oferecendo sacrifício. No templo havia uma janela e sua visão estava direcionada para o “Monte Caveira”, onde estava O verdadeiro Sacrifício, o verdadeiro Sumo Sacerdote, o verdadeiro Propiciatório… Jesus era O verdadeiro santuário (lugar de adoração a Deus).

No calvário Jesus exclama: “Eli, Eli, lamá sabactâni, isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”. Ao ser crucificado Jesus estava mostrando que era o verdadeiro Davi. Quando o soldado rasgou o Seu peito o véu do templo foi rasgado, e do céu à terra ficaram expostos o propiciatório. No entanto, a presença de Deus não estava mais dentro do propiciatório. Após o véu (corpo) ser rasgado muitos foram ver a glória de Deus e não encontraram. A presença de Deus nunca mais foi vista naquele templo terreno.

Ao ser ferido em Seu coração (a mente de Deus), o véu (corpo de Jesus) foi rasgado, Hebreus 10:20. E dentro de Jesus Cristo estava verdadeira arca, a qual continha as pedras, a Palavra, o pão (apontando para o verdadeiro/permanente Pão que viria) e a vara de Arão que floresceu ao entrar na glória de Shekinah.

A imoralidade opera hoje no mundo. As mídias sociais abriram seus armazéns; podridões que antes eram escondidas. Ao ter o conhecimento das coisas que têm sido mostradas, sabemos que nada, em lugar nenhum deste mundo, possibilita uma real restauração. As águas que salvaram Noé foram as mesmas águas que condenaram aquela geração. De igual forma, a mensagem que nos salva é a mesma que condenará o mundo. Porém, Deus disse: “(…) para vós que temeis o Meu Nome nascerá o sol da justiça (…)”.

Quer trazer Deus para sua casa? Leia a Bíblia com sua família, com seus filhos… ore com eles. Diga: “aqui em casa não entra o pecado”. É preciso contrapor o pecado expressando palavras! Não se vive apenas no espírito. É preciso manifestá-lo!

Caso tenha vivido até hoje vivendo uma vida cristã parcial, não quer ser verdadeiro? Não quer adentrar de uma vez por todas dentro do Santuário (Cristo)?

Postar um comentário: